G1 > Maranhão

    PRF prende motorista com mandado de prisão em aberto na BR-222 no MA

    PRF prende motorista com mandado de prisão em aberto na BR-222 no MA


    Prisão aconteceu na quarta (17) no Km 677 da BR-222, em Açailândia; Motorista de 43 anos tinha um mandado pelo crime de furto qualificado ocorrido no estado de São Paulo. Motorista foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil em...


    Prisão aconteceu na quarta (17) no Km 677 da BR-222, em Açailândia; Motorista de 43 anos tinha um mandado pelo crime de furto qualificado ocorrido no estado de São Paulo. Motorista foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil em Açailândia, onde ele ficará à disposição da Justiça Divulgação/Polícia Rodoviária Federal A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na quarta-feira (17) na BR-222, no município de Açailândia, a 562 km de São Luís, um motorista com um mandado de prisão em aberto por furto qualificado. Segundo a PRF, a prisão aconteceu no Km 677 da BR-222, quando os policiais abordaram um motorista de um caminhão, que não teve a sua identidade revelada, que seguia no sentido da cidade de Buriticupu com destino a Açailândia. Após consultarem nos sistemas de segurança os documentos de porte obrigatório, os policiais rodoviários verificaram que condutor do caminhão, um homem de 43 anos, possuía em seu desfavor um mandado de prisão em aberto decorrente de processo pelo crime de furto qualificado ocorrido na cidade de Barra Funda, no estado de São Paulo. Diante das evidências, foi dada voz de prisão e o motorista foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil em Açailândia, onde ele ficará à disposição da Justiça.
    Polícia Rodoviária inicia “Operação Semana Santa” nas estradas do MA

    Polícia Rodoviária inicia “Operação Semana Santa” nas estradas do MA


    Operação da PRF começa nesta quinta-feira (18) e termina no próximo domingo (21); PRF realizará ações educativas através de palestras com uso do cinema rodoviário. Polícia Rodoviária inicia “Operação Semana Santa” nas estradas do...


    Operação da PRF começa nesta quinta-feira (18) e termina no próximo domingo (21); PRF realizará ações educativas através de palestras com uso do cinema rodoviário. Polícia Rodoviária inicia “Operação Semana Santa” nas estradas do Maranhão Reprodução/TV Mirante A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia nesta quinta-feira (18) a “Operação Semana Santa” nas estradas que cortam o estado do Maranhão. A operação será encerrada no próximo domingo (21). Segundo a PRF, o efetivo será reforçado com o objetivo de incrementar as ações de policiamento e fiscalização com foco na segurança viária em especial na prevenção e redução da gravidade dos acidentes de trânsito, bem como aumentar a percepção de segurança nas rodovias federais e intensificar o enfrentamento à criminalidade no período da operação. A PRF também realizará ações educativas através de palestras com uso do cinema rodoviário. A fiscalização às condutas consideradas mais danosas por parte dos condutores, a exemplo do uso de álcool, ultrapassagens indevidas, o não uso do cinto de segurança e demais dispositivos de retenção serão alvos preferenciais dos agentes da PRF. O valor da multa por embriaguez é de R$ 2.934,70, além da suspensão do direito de dirigir por um ano. As ultrapassagens proibidas dão causa a muitos acidentes graves nas BRs, exigindo atenção dos condutores e da fiscalização. De acordo com a PRF, o feriado da Semana Santa é considerado um dos mais movimentados do ano nas rodovias federais de todo o país. Restrição de tráfego para veículos longos Com a finalidade de promover a fluidez do trânsito neste período de maior movimentação nas estradas, a Polícia Rodoviária Federal restringirá, em determinados dias e horários, o trânsito de Combinações de Veículos de Carga e demais veículos portadores de Autorização Especial de Trânsito (AET) durante a operação Semana Santa. As restrições são válidas apenas em rodovias federais de pista simples. Confira abaixo os dias e horários das restrições: Quinta-feira (dia 18/04): das 16h às 22h Sexta-feira (dia 19/04): das 6h às 12h Domingo (21/04): das 16h às 22h

    Veja o que funciona no feriado de Páscoa no Maranhão


    O G1 listou as principais mudanças no comércios, bancos e lazer. Por causa da Semana Santa, órgãos públicos, comércios e shoppings centers terão o funcionamento alterado em todo o Maranhão. O G1 listou as principais mudanças em alguns setores de...

    O G1 listou as principais mudanças no comércios, bancos e lazer. Por causa da Semana Santa, órgãos públicos, comércios e shoppings centers terão o funcionamento alterado em todo o Maranhão. O G1 listou as principais mudanças em alguns setores de São Luís. Confira. Órgãos públicos A Prefeitura de São Luís informou que, na quinta-feira (18), o expediente funcionará normalmente nos órgãos da administração municipal. Já na sexta (19) não funcionarão os órgãos municipais da administração direta, indireta, autarquias e fundações. No entanto, continuam os serviços relativos às áreas de urgência como saúde, limpeza pública, guarda municipal, fiscalização de trânsito e terminais de integração de passageiros. Bancos A Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN) informou que não haverá atendimento nas agências bancárias nesta sexta-feira (19), em função do feriado de Sexta-Feira da Paixão. A população poderá usar os canais alternativos de atendimento para realizar as operações bancárias - como mobile e internet banking, caixas eletrônicos, banco por telefone e correspondentes. As contas de consumo (água, luz, telefone e TV a cabo, por exemplo) e carnês com vencimento marcado para essa data poderão ser pagos no próximo dia útil (22/04) sem incidência de multa. Os tributos, normalmente, já estão com data ajustada pelo calendário de feriados (federais, estaduais e municipais). Os clientes também podem agendar o pagamento das contas de consumo ou pagá-las (as que têm código de barras) nos próprios caixas automáticos. Já os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser agendados ou pagos via DDA (Débito Direto Autorizado). Comércio A Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL) informou que as lojas de rua e os shoppings centers funcionam em horário normal na quinta feira (18). Apenas na sexta (19), todo o comércio de São Luís fecha as portas em função do feriado municipal da Paixão de Cristo. Apenas os shoppings manterão a praça de alimentação e os cinemas abertos na sexta (veja abaixo). No sábado de Aleluia todas as lojas voltam a funcionar normalmente. Já no domingo de Páscoa (21), os estabelecimentos de rua e os shoppings centers podem funcionar em horário normal, mas terão que pagar gratificações aos trabalhadores devido ao feriado de Tiradentes. Essas regras não se aplicam aos supermercados e farmácias, consideradas atividades essenciais. Shoppings Shopping da Ilha (Sexta-feira) Lojas e quiosques: Fechados Praça de Alimentação e Cinemas: 12h às 22h Supermercado: Fechado Lotérica: Fechado Rio Anil Shopping (Sexta-feira) Lojas e quiosques: Fechados Praça de Alimentação e Cinema: 12h às 22h Supermercado: Fechado Lotérica: Fechado São Luís Shopping (Sexta-feira) Lojas e Quiosques: Fechados Supermercados: Fechados Praça de Alimentação: 12h às 22h Cinemas: 13h às 22h Parque de Diversões: 12h às 22h Pátio Norte Shopping (Sexta-feira) Lojas e Quiosques: Fechados Supermercados: Fechados Praça de Alimentação: 12h às 22h Cinemas: 14h às 22h Parque de Diversões: 12h às 22h

    Foragido do Maranhão é preso em Altamira, no Pará


    O homem é suspeito de matar João Marcos Morais de Oliveira em julho de 2017 na cidade de Buriti Bravo. Um homem foragido do Maranhão foi preso em Altamira, no sudoeste do Pará, de acordo com informações divulgadas nesta quarta-feira (17) pela...

    O homem é suspeito de matar João Marcos Morais de Oliveira em julho de 2017 na cidade de Buriti Bravo. Um homem foragido do Maranhão foi preso em Altamira, no sudoeste do Pará, de acordo com informações divulgadas nesta quarta-feira (17) pela Polícia Civil. A vítima, João Marcos Morais de Oliveira, foi morta em 6 de julho de 2017, na cidade de Buriti Bravo. Segundo as investigações, o acusado estava escondido em Altamira há um ano e cinco meses. A prisão ocorreu em trabalho conjunto da Delegacia de Homicídios de Altamira, da Superintendência Regional do Xingu, em parceria com a delegacia de Buriti Bravo (MA). O delegado Fernando Marcolino, da DH de Altamira, disse que o preso trabalhava com a vítima e praticou o crime, junto com um comparsa. O corpo foi encontrado dois dias depois do crime, parcialmente enterrado na zona rural de Buriti Bravo, dia em que o suspeito abandonou o emprego e fugiu.
    Após 20 anos, índios que cometeram duplo assassinato são condenados no Maranhão

    Após 20 anos, índios que cometeram duplo assassinato são condenados no Maranhão


    O crime aconteceu no dia 27 de outubro de 1999 na BR-226, em Barra do Corda. Índios mataram dois comerciantes a tiros e golpes de facão. Índios são condenados 20 anos após terem cometido assassinato no Maranhão Após 20 anos, a Justiça condenou...


    O crime aconteceu no dia 27 de outubro de 1999 na BR-226, em Barra do Corda. Índios mataram dois comerciantes a tiros e golpes de facão. Índios são condenados 20 anos após terem cometido assassinato no Maranhão Após 20 anos, a Justiça condenou três índios que mataram dois comerciantes a tiros e golpes de facão na BR-226, em Barra do Corda, a 350 km de São Luís. O crime aconteceu no dia 27 de outubro de 1999. A polícia acusou os índios José Mathias Isaac Guajajaras, Argemiro Guajajaras e Valdemir Tomaz Guajajaras de serem os assassinos. Em março deste ano, todos foram condenados a 47 anos e seis meses de prisão por latrocínio. Os três estão na Unidade Prisional de Ressocialização de Barra do Corda. Valdemir Guajajaras (à esquerda), José Mathias Guajajadas (meio) e Argemiro Guajajaras (à direita) foram condenados a 47 anos de prisão pela morte dos comerciantes Jeová e Magno Reprodução/TV Mirante O crime Segundo a polícia, o crime aconteceu por volta das 10 horas da manhã. Os comerciantes Jeová Alves Palma, de 36 anos, e Magno Araújo, de 30 anos, voltavam para casa após o trabalho. Eles viram um corpo estendido à beira da estrada, pararam o carro e foram atacados por um grupo de índios armados. Os comerciantes Jeová Alves (à esquerda) e Magno Araújo (à direita) foram mortos por índios com tiros e golpes de facão na BR-226. Reprodução/TV Mirante Após serem mortos, Jeová Alves ainda chegou a ser degolado com facão, enquanto o corpo de Magno Araújo foi arrastado por mais de 200 metros no asfalto. “Eles levaram um pedaço de mim. Acabaram com a minha vida”, relatou na época a mãe de Jeová, Maria de Lourdes Palma. “A dor que eu sinto não tem tamanho. Essa dor só poderia passar pelo menos tivesse punição para eles, não ficasse impune. Fazer um negócio desse não tem condição. Ele [Jeová] não fez coisa nenhuma", disse na época João de Souza Filho, pai de Magno, que atualmente já é falecido. As irmãs de Jeová Alves comentaram a decisão da Justiça. Elas disseram que ainda recordam do crime e ficaram satisfeitas com a condenação. “Apesar de ser criança, mas eu lembro de cada detalhe daquele dia. Eu lembro das esperanças falsas de não ser eles. Eu lembro de tudo. (...) O crime estava próximo a prescrever e o juiz, sabiamente, os condenou antes que isso acontecesse. Ele exerceu a Justiça, assim como a gente esperava um dia que acontecesse", contou a irmã Gicélia Alves. "Sempre a gente espera isso né e volta tudo. As lembranças, o que aconteceu, até a dor ainda volta. Foi uma morte muito traiçoeira, mas não era só nós, eram muitas pessoas que estavam lutando para fazer justiça, mesmo quando a gente não acreditava mais", disse a irmã Josélia Alves.
    Em Teresina, pai de santo Bita do Barão continua internado em estado grave

    Em Teresina, pai de santo Bita do Barão continua internado em estado grave


    O umbandista foi removido nesta tarde para um apartamento e aguarda liberação para ser encaminhado de UTI móvel para casa dele em Codó, no Maranhão. Pai de santo Bita do Barão Reprodução/ TV Mirante Internado há 10 dias em hospital particular...


    O umbandista foi removido nesta tarde para um apartamento e aguarda liberação para ser encaminhado de UTI móvel para casa dele em Codó, no Maranhão. Pai de santo Bita do Barão Reprodução/ TV Mirante Internado há 10 dias em hospital particular de Teresina, o famoso pai de santo Bita do Barão sofreu uma piora no quadro de saúde nesta quarta-feira (17) e estava internado na UTI. A pedido da família, o umbandista foi removido nesta tarde para um apartamento e aguarda liberação para ser encaminhado de UTI móvel para casa dele em Codó, no Maranhão. "O médico falou que o quadro é irreversível, mas como era um desejo dele morrer em casa, a família quer levá-lo para Codó. Nos últimos dias estava acompanhando mais de perto o estado dele e infelizmente foi só piorando devido a idade avançada", declarou o vice-coordenador do Centro Nacional de Africanidades e Resistência Afrobrasileira, pai Rondinele Santos. Segundo o coordenador, Bita do Barão estava consciente quando foi internado devido a infecção pulmonar, agravando para um problema renal e de pressão alta. Durante a tarde desta quarta-feira, amigos e familiares chegaram a comunicar a morte cerebral do pai de santo, mas a informação foi negada pela direção do hospital, que não divulgou quando ele será transferido. Centenas aguardam na frente do hospital notícias do pai de santo e a segurança foi reforçada. Nesta quinta-feira (18), várias caravanas estão previstas para sair de Teresina com destino a Codó.
    Governo Federal anuncia recursos para complementar obra de duplicação da BR-135

    Governo Federal anuncia recursos para complementar obra de duplicação da BR-135


    Serão R$ 2 bilhões a serem aplicados em obras de todo o país, dentre eles a complementação do trecho da BR-135, da Estiva até Bacabeira. Duplicação da BR-135 custou mais que o dobro do orçamento inicial, que era de 213 milhões, e ainda não...


    Serão R$ 2 bilhões a serem aplicados em obras de todo o país, dentre eles a complementação do trecho da BR-135, da Estiva até Bacabeira. Duplicação da BR-135 custou mais que o dobro do orçamento inicial, que era de 213 milhões, e ainda não foi concluída. Reprodução/TV Mirante O Ministério da Infraestrutura anunciou nesta terça-feira (16) o investimento de R$ 2 bilhões para concluir obras e realizar a manutenção em trechos rodoviários prioritários. Dentre eles, a complementação de trecho da duplicação da BR-135, no Maranhão, de Estiva a Bacabeira. Para o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, uma recomposição orçamentária vai permitir que obras fundamentais não sejam paralisadas por falta de recursos, além de garantir a manutenção dos principais corredores logísticos. O anúncio foi feito no Palácio do Planalto. O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que, dos R$ 2 bilhões para as rodovias, cerca de R$ 900 milhões serão usados para manutenção. Ele afirmou que as chuvas intensas do verão, aliadas ao transporte rodoviário, prejudicaram estradas em todo o país. "Historicamente, há muitos anos nós não tínhamos chuvas tão intensas e tão difusas no Brasil. Nós já não tínhamos uma manutenção das rodovias brasileiras", afirmou Onyx. De acordo com Onyx, o dinheiro a ser usado para as obras nas rodovias deverá ser compensado no orçamento dos ministérios com cortes de despesas.
    Mães reclamam da falta de equipamento em hospital infantil no MA

    Mães reclamam da falta de equipamento em hospital infantil no MA


    Vários pacientes estão internados no Hospital Materno Infantil, em São Luís, sem fazer exames de ressonância magnética e sem receber diagnóstico. Mães reclamam da falta de equipamento médico em hospital infantil de São Luís Crianças...


    Vários pacientes estão internados no Hospital Materno Infantil, em São Luís, sem fazer exames de ressonância magnética e sem receber diagnóstico. Mães reclamam da falta de equipamento médico em hospital infantil de São Luís Crianças internadas no Hospital Materno Infantil de São Luís estão sem fazer exames de ressonância magnética. Segundo as mães, uma peça da máquina que possibilita o exame está quebrada e muitos pacientes estão internados há dois meses sem diagnóstico por causa do problema. Revoltadas com a situação, as mães pesquisaram sobre o aparelho que custa em média de R$ 20 mil e agora buscam saber qual órgão deve ser acionado para que a peça seja comprada para que os exames sejam realizados. A dona de casa, Jane Kelle, explica a preocupação com a situação do filho que precisa de uma ressonância magnética. O paciente João Mateus, de três anos, saiu do Hospital da Criança com suspeita de meningite e agora está internado no Hospital Materno Infantil. Ela diz que há semanas tenta conseguir que o filho faça o exame e que o hospital informa que a máquina continua quebrada. "Tem a ressonância que só está fazendo em adulto, mas não faz em criança porque não pode. Porque está faltando o oximêtro, que é uma peça, que os médicos me falaram que sem ela não pode fazer. Eles querem o resultado, mas não tem como", explica. Mães alegam que estão há mais de dois meses esperando por realização de ressonância magnética. Reprodução/TV Mirante Outras mães estão na mesma situação, Jardiane Barbosa que é natural do município de Viana, está há 20 dias no hospital com o filho que chegou com dores na cabeça e em partes do corpo e durante todo esse tempo ainda não conseguiu receber o diagnóstico. "Até agora não tem diagnóstico eu vou para minha casa. Na minha cidade não tem recurso e até agora e eu estou cansada, e eu quero ir para casa. Se ele não dá o diagnóstico, ele tem que dar para outra pessoa que saiba resolver, porque eu estou aqui esses dias todos e eles [os médicos] nunca foram no leito, só ficam mandando médicos residentes", conta Jardiane. Por meio de nota, o Hospital Materno Infantil informou que está em processo de aquisição do sensor de oximetria em fibra ótica para o monitor da ressonância magnética, que é usado para monitoramento dos sinais vitais dos pacientes pediátricos. O hospital alega que a peça é importada e a empresa fornecedora está tomando as medidas legais necessárias para o fornecimento do equipamento. Fachada do Hospital Materno Infantil em São Luís. Reprodução/TV Mirante

    Justiça determina retirada de contêineres de área usada para feira em São Luís


    Juiz Douglas de Melo Martins acrescenta que em caso de descumprimento da decisão seja fixada uma multa diária no valor de R$ 5.000. O juiz de Varas de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, Douglas de Melo Martins, determinou na terça-feira...

    Juiz Douglas de Melo Martins acrescenta que em caso de descumprimento da decisão seja fixada uma multa diária no valor de R$ 5.000. O juiz de Varas de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, Douglas de Melo Martins, determinou na terça-feira (16) que seja retirado no prazo de cinco dias os contêineres que estão disponibilizados na área situada na Avenida 01, no bairro Conjunto Habitacional Vinhais, em São Luís, onde acontecia todas as quartas-feiras a feira do bairro. A determinação judicial foi baseada em uma Ação Popular movida pelos vereadores Marcial Lima de Arruda (PRTB) e Cezar Castro Lopes (PSD) que afirmam que a posse do terreno, reivindicada por César Roberto Botelho Araújo, está prejudicando a União de Moradores do Conjunto Vinhais, feirantes e demais consumidores da conhecida “Feirinha do Vinhais”. Na Ação, que é assinado pelo advogado José Luiz Chaves de Assunção, os vereadores afirmam que o local é uma área considerada pela Prefeitura Municipal de São Luís, como área não edificante, conforme Lei Municipal de 10 de abril de 1991, ratificando a Lei promulgada nº 2, de 12 de março de 1991, mas ainda sim, são vendidas até o dia de hoje, sendo indeferido todos os pedidos de desmembramentos, construções de muros e alvarás para construção de unidades residenciais e comerciais. Diante disso, o magistrado diz que “a Lei nº 6.766/79, que regula a criação de parcelamentos, prevê a reserva de área proporcional ao loteamento para ser destinada à instituição de espaços públicos de uso comum. Essas áreas públicas se destinam a instalação de praças, áreas verdes, jardins; ou equipamentos comunitários, tais como: creches, escolas, delegacias, postos de saúde e similares. Portanto é ilegal a apropriação destas áreas por um particular, com a colocação de contêineres, em detrimento do seu usufruto pela coletividade”. O juiz Douglas de Melo Martins acrescenta que em caso de descumprimento da decisão seja fixada uma multa diária no valor de R$ 5.000.
    Recadastramento biométrico será obrigatório em mais 8 cidades no MA

    Recadastramento biométrico será obrigatório em mais 8 cidades no MA


    Eleitor que não realizar o recadastramento biométrico obrigatório junto à Justiça Eleitoral do seu município terá o título cancelado. Titulo eleitor G1 MA Os eleitores das cidades de Presidente Sarney, Bequimão, Humberto de Campos,...


    Eleitor que não realizar o recadastramento biométrico obrigatório junto à Justiça Eleitoral do seu município terá o título cancelado. Titulo eleitor G1 MA Os eleitores das cidades de Presidente Sarney, Bequimão, Humberto de Campos, Palmeirândia, Pedro do Rosário, Presidente Juscelino, Peri-Mirim e Cachoeira Grande serão obrigados a realizar o recadastramento biométrico nos próximos meses. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), os equipamentos de informática, o suporte técnico e operacional que serão cedidos pelos órgão assim como capacitar os servidores cedidos para a atividade, dar material de consumo e de limpeza, promover a divulgação e adequar as instalações elétricas e lógicas dos locais cedidos pelas Prefeituras dos municípios contemplados. As datas de recadastramento ainda serão definidas. Quem quiser acompanhar onde a biometria já é obrigatória no estado, basta acessar a página do TRE e procurar o guia eleitor.  O eleitor que não realizar o recadastramento biométrico obrigatório junto à Justiça Eleitoral do seu município terá o título cancelado.
    Polícia prende falso médico no Maranhão

    Polícia prende falso médico no Maranhão


    Otoniel de Araújo Lustosa Filho, de 25 anos, foi autuado em flagrante pelo crime de estelionato e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Itapecuru Mirim. Otoniel de Araújo Lustosa Filho se passando por um médico ortopedista e...


    Otoniel de Araújo Lustosa Filho, de 25 anos, foi autuado em flagrante pelo crime de estelionato e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Itapecuru Mirim. Otoniel de Araújo Lustosa Filho se passando por um médico ortopedista e aplicava golpes Divulgação/Polícia A polícia prendeu na terça-feira (16) no município Itapecuru Mirim, a 108 km de São Luís, Otoniel de Araújo Lustosa Filho, de 25 anos, pelo crime de estelionato. Ele estava se passando por médico e aplicando golpes no interior do estado. Segundo a polícia Otoniel de Araújo, que é natural da cidade de São Benedito do Rio Preto, a 240 km da capital, estava se passando por um médico ortopedista e já teria aplicado golpes em vários estabelecimentos de Chapadinha, Vargem Grande, Coroatá e Itapecuru Mirim. De acordo com os policiais Otoniel foi preso na agência dos Correios, situada no centro de Itapecuru Mirim, onde ele surpreendido com nomes e endereços falsos retirando mercadorias do local. Otoniel de Araújo Lustosa Filho foi autuado em flagrante pelo crime de estelionato e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Itapecuru Mirim, onde ficará à disposição da Justiça.

    Justiça concede saída temporária de Páscoa para 735 presos no Maranhão


    Detentos começam a ser liberados a partir das 9h dessa quarta-feira (17) nas unidades prisionais do Maranhão. A Justiça do Maranhão concedeu a saída temporária de Páscoa a 735 detentos regime semiaberto do sistema prisional do Maranhão, segundo...

    Detentos começam a ser liberados a partir das 9h dessa quarta-feira (17) nas unidades prisionais do Maranhão. A Justiça do Maranhão concedeu a saída temporária de Páscoa a 735 detentos regime semiaberto do sistema prisional do Maranhão, segundo decisão da 1ª Vara de Execuções Penais de São Luís. Do total de presos constantes da relação, 303 estão recebendo o benefício pela primeira vez e passarão o período utilizando tornozeleiras eletrônicas. A saída dos beneficiados começa a partir das 9h dessa quarta-feira (17), devendo os internos retornarem aos estabelecimentos prisionais até as 18h da próxima terça-feira (23). Os mesmos beneficiados, se por qualquer motivo não regredirem de regime, também estarão aptos às demais saídas temporárias de 2019 (Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal). Os presos beneficiados com a saída temporária não poderão: Ausentar-se do estado do Maranhão Devem recolher-se às suas residências até as 20h Não podem ingerir bebidas alcoólicas Não podem portar armas ou frequentas festas, bares e similares Direito Segundo a Lei de Execução Penal (LEP), a autorização para saída temporária é concedida por ato motivado do juiz, ouvidos o Ministério Público e a administração penitenciária. Para ter direito ao benefício, o interno deve: Estar cumprindo a pena em regime semiaberto Precisa ter cumprido, no mínimo, 1/6 (primários) ou 1/4 da pena (reincidentes) Ter comportamento adequado na unidade prisional Ter compatibilidade entre o benefício e os objetivos da pena A Lei de Execução Penal disciplina que o benefício da saída temporária será automaticamente revogado quando o beneficiário: Praticar fato definido como crime doloso For punido por falta grave Desatender as condições impostas na autorização Revelar baixo grau de aproveitamento do curso, quando for o caso A recuperação do direito à saída temporária dependerá da absolvição no processo penal, do cancelamento da punição disciplinar ou da demonstração do merecimento do condenado. Regime semiaberto O regime semiaberto destina-se para condenações entre quatro e oito anos, não sendo casos de reincidência. Nesse regime de cumprimento de pena, a lei garante ao recuperando o direito de trabalhar e fazer cursos fora da prisão durante o dia, devendo retornar à unidade penitenciária à noite.
    Governo divulga detalhes sobre acordo de uso da base de Alcântara pelos EUA

    Governo divulga detalhes sobre acordo de uso da base de Alcântara pelos EUA


    Uma cartilha foi elaborada para explicar o acordo e vencer a resistência contra o tratado. Governo divulga detalhes sobre acordo de uso da base de Alcântara pelos EUA O Governo Federal divulgou os detalhes do Acordo de Salvaguardas Tecnológicas...


    Uma cartilha foi elaborada para explicar o acordo e vencer a resistência contra o tratado. Governo divulga detalhes sobre acordo de uso da base de Alcântara pelos EUA O Governo Federal divulgou os detalhes do Acordo de Salvaguardas Tecnológicas (AST) com os Estados Unidos, que deverá permitir o uso comercial da base de Alcântara, no Maranhão. Uma cartilha foi elaborada para explicar o acordo e vencer a resistência contra o tratado. Veja a cartilha elaborada pelo Governo Federal com detalhes do AST com os EUA. Segundo o governo brasileiro, o acordo não permite o lançamento de mísseis ou artefatos de guerra e garante que o Brasil segue com controle do Centro de Lançamento de Alcântara. O acordo também não autoriza os Estados unidos ou outro país a fazer lançamento de Alcântara, apenas estabelece condições para lançamentos com tecnologia norte-americana embarcada. Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) Reprodução/TV Mirante O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, tem declarado que o acordo não trata da instalação da operação de uma base americana em Alcântara, mas de uma autorização dos Estados unidos para que o Brasil possa lançar foguetes e satélites nacionais ou internacionais com fins pacíficos, desde que o Brasil proteja a tecnologia americana. Artigos do acordo O Acordo de Salvaguardas Tecnológicas tem três artigos. O Brasil assume o compromisso de não permitir o lançamento de Alcântara de armas de destruição em massa que ameacem a paz e a segurança internacional, sobretudo de países que estejam sujeitos a sanções do Conselho de Segurança das Nações Unidas que tenham dado apoio a atos de terrorismo internacional. O compromisso também deixa claro que, nas áreas restritas, somente pessoas autorizadas pelos americanos podem ter acesso. O Brasil até pode autorizar acesso nas chamadas ‘áreas controladas’, mas com aval dos americanos, que podem monitorar, inspecionar, acessar, acompanhar e controlar, de modo ininterrupto, o acesso aos veículos de lançamento dos Estados unidos. O acordo também aponta que o governo brasileiro deve permitir e facilitar o monitoramento de atividades de lançamento pelo governo dos EUA nas áreas restritas. Nas áreas controladas, o Brasil não pode permitir que brasileiros sozinhos e sem autorização dos americanos tenham acesso a áreas restritas e controladas nas fases de montagem, instalação, teste, preparo e integração dos foguetes e satélites. O Brasil também fica obrigado a tomar todas as medidas necessárias para evitar a divulgação pública, como fotos e até mesmo dos destroços após os lançamentos. Território de Alcântara O acordo de salvaguardas tecnológicas não trata de questões fundiárias em Alcântara. O assunto deve ser tratado pelo Gabinete de Segurança Institucional. O acordo é assinado por três Ministérios do Brasil e pelo Departamento de Estado dos Estados unidos.
    Por melhorias na educação estadual, estudantes bloqueiam a BR-316 no Maranhão

    Por melhorias na educação estadual, estudantes bloqueiam a BR-316 no Maranhão


    Alunos da cidade de Maranhãozinho denunciam a falta de professores, energia elétrica em salas de aula, falta de água e até merenda. Estudantes bloqueiam a BR-316 por melhorias no ensino estadual no Maranhão Divulgação/PRF Na tarde desta...


    Alunos da cidade de Maranhãozinho denunciam a falta de professores, energia elétrica em salas de aula, falta de água e até merenda. Estudantes bloqueiam a BR-316 por melhorias no ensino estadual no Maranhão Divulgação/PRF Na tarde desta terça-feira (16), estudantes do ensino médio bloquearam a BR-136 em Maranhãozinho, a cerca de 177 km de São Luís. Na segunda (15), alunos do Centro de Ensino Médio Espíndola de Araújo Silva já haviam bloqueado a rodovia por várias horas. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, os alunos pedem a presença de representante do Governo do Estado na cidade para que seja feito um acordo. Eles denunciam que faltam professores, energia elétrica em salas de aula, falta de água e merenda. Estudantes tocam fogo e fecham por completo a rodovia Divulgação/PRF Os estudantes informaram ainda que não tem laboratório, não tem quadra, além de falta de carteiras em algumas salas. As aulas também só estariam ocorrendo em três dias da semana com três professores, e que no restante dos dias o prédio fica fechado. Ao G1, a Secretaria Estadual de Educação informou que, desde a semana passada, mantém diálogo com os estudantes e que esclareceu todas as medidas tomadas para atender as demandas da escola com estabelecimento de prazos, entre elas: as questões de infraestrutura, que serão sanadas em 15 dias, e a solução para a carência de professores em, no máximo, 30 dias. A Secretaria disse ainda que uma equipe técnica da Seduc fará vistorias, na próxima semana, em unidades escolares da rede estadual na região do Alto Turi.
    Operação da PF desarticula quadrilha especializada na venda de drogas sintéticas no Maranhão

    Operação da PF desarticula quadrilha especializada na venda de drogas sintéticas no Maranhão


    Foram cumpridos cinco mandados de prisão temporária e outros seis de busca e apreensão em São Luís e em Teresina, no Piauí. Quatro pessoas foram presas na capital maranhense. Polícia Federal apreendeu quantidade de LSD e ecstasy na residência...


    Foram cumpridos cinco mandados de prisão temporária e outros seis de busca e apreensão em São Luís e em Teresina, no Piauí. Quatro pessoas foram presas na capital maranhense. Polícia Federal apreendeu quantidade de LSD e ecstasy na residência de suspeitos de participação em quadrilha especializada na venda de drogas sintéticas. Polícia Federal/Divulgação A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (16), a Operação “MD”, com o objetivo de desarticular uma quadrilha especializada no tráfico de drogas sintéticas. Ao todo, foram cumpridos 11 mandados judiciais em São Luís e em Teresina, no Piauí. Em São Luís, foram cumpridos quatro mandados de prisão e seis de busca e apreensão em casas nos bairros do Cohatrac V, Cohatrac IV, Quintas do Calhau e Vinhais. Outro mandado de prisão temporária foi cumprido em Teresina. Quatro pessoas foram presas durante a operação realizada na capital. Dos presos, três pessoas foram presas em flagrante por porte de drogas sintéticas e anabolizantes e uma por porte de cocaína. Durante a operação, a polícia também apreendeu uma grande quantia de dinheiro com os suspeitos, várias porções de LSD e ecstasy e um veículo. Quatro pessoas foram presas em São Luís por envolvimento com venda de drogas sintéticas no Maranhão Polícia Federal/Divulgação De acordo com as investigações, a quadrilha é especializada na distribuição de drogas como ecstasy, LSD, cocaína, skank e maconha em festas da capital maranhense, principalmente em festas de música eletrônica onde há uma grande concentração de adolescentes e jovens. Após a prisão, os envolvidos foram conduzidos à Superintendência de Polícia Federal no Maranhão, no bairro Cohama, onde serão indiciados por tráfico de drogas e associação para o tráfico, conforme os artigos 33 e 35 da Lei nº 11.343/06. Em caso de condenação, os acusados podem responder por penas que chegam a 15 anos de reclusão. Segundo a PF, a operação foi batizada de “MD” em alusão às letras das iniciais da substância metileno-dióxido, que compõe o ecstasy. Drogas eram distribuídas em festas em São Luís, geralmente frequentadas por uma grande quantidade de jovens. Polícia Federal/Divulgação
    Flávio Dino exonera comandante da Polícia Militar no Maranhão

    Flávio Dino exonera comandante da Polícia Militar no Maranhão


    Governador anunciou no Twitter a saída do Coronel Luongo Guerra para a entrada do Coronel Ismael Fonseca no comando da PM. Coronel Ismael Fonseca vai assumir o comando da Polícia Militar no lugar do coronel Luongo Reprodução O governador Flávio...


    Governador anunciou no Twitter a saída do Coronel Luongo Guerra para a entrada do Coronel Ismael Fonseca no comando da PM. Coronel Ismael Fonseca vai assumir o comando da Polícia Militar no lugar do coronel Luongo Reprodução O governador Flávio Dino (PCdoB) anunciou nesta terça-feira (16) a exoneração do coronel Luongo Guerra do comando da Polícia Militar do Maranhão. Luongo será substituído pelo coronel Ismael Fonseca, que estava no comando do Centro Tático Aéreo (CTA) e já foi subcomandante da PM em 2016. A solenidade oficial de posse será na próxima terça-feira, às 17h, no quartel do comando geral da Polícia Militar, em São Luís. Ao G1, o coronel Ismael disse que foi pego de surpresa com a informação de que iria comandar a Polícia Militar. "Nós fomos pegos de supresa, normal, mas como coronéis temos que prestar o serviço em prol da sociedade, então estou à disposição. Fomos chamados para assumir o comando. Missão dada, vamos seguir em frente protegendo a sociedade" declarou. No anúncio pelo Twitter, o governador agradeceu, mas não informou qual será a nova função do coronel Luongo na Secretaria de Segurança Pública (SSP). Governador Flávio Dino anuncia a saída do coronel Luongo do comando da Polícia Militar Reprodução/Redes Sociais Essa é a terceira troca de comando da PM durante a gestão de Flávio Dino. No primeiro mandato, o governador exonerou o coronel Marco Antônio Alves para a entrada do coronel José Frederico Gomes Pereira, conhecido como 'Pereirão', em 13 de janeiro de 2016. Dois anos depois, o coronel Pereira deixou o cargo para se candidatar nas eleições de 2018. Com isso, o comando foi entregue ao coronel Luongo Guerra, então subcomandante. Coronel Luongo (à esquerda), exonerado nesta terça (16), e coronel Pereira (à direita), comandante da PM entre 2016 a 2018 Divulgação
    Polícia do Maranhão prende sete pessoas por aplicar golpes em políticos

    Polícia do Maranhão prende sete pessoas por aplicar golpes em políticos


    Ação foi deflagrada em quatro bairros de São Luís. Alguns alvos da polícia já estavam presos, mas quatro não foram localizados e continuam foragidos. Golpes eram por meio de aplicativo. Presos apresentados pela Polícia Civil do Maranhão por...


    Ação foi deflagrada em quatro bairros de São Luís. Alguns alvos da polícia já estavam presos, mas quatro não foram localizados e continuam foragidos. Golpes eram por meio de aplicativo. Presos apresentados pela Polícia Civil do Maranhão por golpes por meio de aplicativo Alessandra Rodrigues / Rádio Mirante AM A Polícia Civil do Maranhão prendeu sete pessoas envolvidas em golpes aplicados a políticos por meio de clonagem de contas do Whatsapp. Os mandados de prisão preventiva foram expedidos pela Vara de Combate ao Crime Organizado de São Luís e cumpridos nesta terça-feira (16) em uma operação dividida nos bairros Cidade Operária, Cidade Olímpica, Vila Riod e João Paulo, em São Luís, além do próprio Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Foram presos Hallen Deivid Cosmo Nascimento, Leonel Silva Pires Júnior, Anderson Sombra Azevedo, Markuel Pereira de Sousa, Rudson Jauário Serra, Adriano César Pereira e Hilton César Moares Costa. Destes, já estavam presos Leonel Silva Pires Júnior e Anderson Sombra Azevedo. Por outro lado, a polícia ainda não localizou Ayrton Da Silva Dias, Mauro Ségio Dinis Gaspar, Erick Raphael Reis Teixeira e Ivanilde Nogueira Amaral, portanto estes são considerados foragidos. “Era feito o cancelamento do número da vítima. Depois, este número era resgatado em um ‘chip virgem’. Com o chip com o número da vítima, o Leonel instalava o Whatsapp em um novo aparelho e a partir deste momento ela fazia o backup com os contatos e grupos da vítima e tinha ali todas as informações e ele pedia dinheiro emprestado se passando pela vítima”, disse o delegado Odilardo Muniz. O grupo fez diversas vítimas, mas passou a atacar políticos e a polícia investiga crimes no Maranhão, Paraná e até Brasília. “Em alguns casos, ele se passou por políticos, como prefeitos. Aí, ia falar com o secretário sobre as finanças do município, perguntava o saldo e pedia a transferência para outra conta se passando pelo prefeito. Ele deu prejuízos a prefeituras, ministros, políticos maranhenses e até governadora do estado do Paraná”, concluiu o delegado. As prisões desta terça-feira foram relacionadas aos crimes contra o deputado federal Gastão Vieira e a ex-governadora do Paraná, Cida Borghetti. Outras operações já foram deflagradas por conta dos crimes do bando. Em julho de 2018, por exemplo, a Polícia Federal prendeu envolvidos nos golpes, inclusive Leonel Silva Pires Júnior foi um dos alvos na oportunidade.
    Pesquisa do Procon aponta variação de 139% entre itens da Semana Santa no Maranhão

    Pesquisa do Procon aponta variação de 139% entre itens da Semana Santa no Maranhão


    Levantamento analisou o preço de chocolates, pescados e alimentos perecíveis e não-perecíveis que fazem parte do cardápio consumido durante a Semana Santa. Os chocolates apresentaram uma diferença de 58,05% a 20,04%, segundo a pesquisa realizada...


    Levantamento analisou o preço de chocolates, pescados e alimentos perecíveis e não-perecíveis que fazem parte do cardápio consumido durante a Semana Santa. Os chocolates apresentaram uma diferença de 58,05% a 20,04%, segundo a pesquisa realizada pelo Procon/MA Reprodução/TV Mirante Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (PROCON/MA), divulgada nessa segunda-feira (15) apontou uma diferença de até 139% nos preços de itens comercializados durante o período da Semana Santa. O levantamento avaliou de 212 itens distribuídos em 20 fornecedores distintos em bairros de São Luís e da Região Metropolitana, entre os dias 2 e 12 de abril. A pesquisa analisou o preço de chocolates, pescados e alimentos perecíveis e não-perecíveis como azeites, sardinhas, ovos e hortifrúti, itens que fazem parte do cardápio consumido pelos maranhenses durante a Semana Santa. Os chocolates apresentaram uma diferença de 58,05% a 20,04%, preços que sofrem variação de acordo com a marca do produto. Já em relação aos pescados, a peixe Curimatá apresentou a maior variação de preço, com 57,50%. A maior variação apontada pela pesquisa foram nos alimentos perecíveis e não-perecíveis tradicionais da Semana Santa, que apresentaram uma variação de 139%. Confira a pesquisa completa no site do PROCON. O órgão orienta os consumidores que realizem uma pesquisa prévia em diversos estabelecimentos comerciais antes de realizar a compra, para evitar transtornos e garantir economia durante a Semana Santa.
    Homem usa arma de brinquedo para praticar assalto e é preso no MA

    Homem usa arma de brinquedo para praticar assalto e é preso no MA


    Ação criminosa aconteceu na noite de segunda (15) em Ribamar Fiquene; Ele foi conduzido à Delegacia de Polícia de Ribamar Fiquene, onde ficará à disposição da Justiça. Arma de brinque e vários objetos foram apreendidos durante a prisão do...


    Ação criminosa aconteceu na noite de segunda (15) em Ribamar Fiquene; Ele foi conduzido à Delegacia de Polícia de Ribamar Fiquene, onde ficará à disposição da Justiça. Arma de brinque e vários objetos foram apreendidos durante a prisão do suspeito em Ribamar Fiquene Divulgação/Polícia Um homem, que não teve a sua identidade revelada, foi preso na noite de segunda-feira (15) no município de Ribamar Fiquene após ser flagrado praticando assalto com uma arma de brinquedo. Segundo a polícia o criminoso, de 27 anos, foi preso após assaltar a uma adolescente de 14 anos, que é moradora da cidade. Logo após a ação criminosa, a adolescente acionou a polícia que saiu à procura do suspeito. De acordo com os policiais, o suspeito fugiu para a BR-010 no sentido da cidade de Imperatriz, a 626 km de São Luís, mas foi capturado pela polícia próximo da Igreja São Francisco de Assis, que fica na rodovia estadual. Com ele a polícia encontrou o aparelho celular que ele havia roubado da adolescente, outro aparelho celular, a quantia de R$ 20,35, documentos pessoais, além da arma de brinquedo que foi utilizada no crime. O suspeito foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Ribamar Fiquene, onde ficará à disposição da Justiça.
    Caminhonete cai em rio e ocupantes morrem afogados no MA

    Caminhonete cai em rio e ocupantes morrem afogados no MA


    Acidente aconteceu na segunda-feira (15) em rio situado em uma estrada vicinal situada no município de Alto Alegre do Maranhão. Caminhonete cai em rio em ocupantes morrem afogados no Maranhão Dois ocupantes de uma caminhonete foram encontrados...


    Acidente aconteceu na segunda-feira (15) em rio situado em uma estrada vicinal situada no município de Alto Alegre do Maranhão. Caminhonete cai em rio em ocupantes morrem afogados no Maranhão Dois ocupantes de uma caminhonete foram encontrados mortos na segunda-feira (15) em rio situado em uma estrada vicinal situada no município de Alto Alegre do Maranhão, a 205 km de São Luís. Segundo informações da polícia, o acidente no Povoado Centro dos Messias, na zona rural de Alto Alegre do Maranhão, e uma das vítimas foi reconhecido como Manoel Soares da Silva, de 41 anos, que era natural da cidade de Sousa, na Paraíba, e o outro ocupante do veículo, que não foi reconhecido, seria natural do município de Alexandria, no Rio Grande do Norte . De acordo com os policiais, eles tinham passado boa parte do domingo (15) bebendo e ao voltarem para a cidade de Alto Alegre do Maranhão, onde estavam hospedados, quando a caminhonete caiu de uma ponte e eles se afogaram no rio. Os corpos dos dois homens foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML), na capital, onde ficará à espera dos familiares. Acidente aconteceu no Povoado Centro dos Messias, na zona rural de Alto Alegre do Maranhão Divulgação/Polícia
    Infraero prevê crescimento de 11,7% no fluxo de passageiros no Aeroporto de São Luís durante a Páscoa

    Infraero prevê crescimento de 11,7% no fluxo de passageiros no Aeroporto de São Luís durante a Páscoa


    Cerca de 21 mil passageiros devem passar pelo Aeroporto Internacional de São Luís/Marechal Hugo da Cunha Machado. Aeroporto Internacional de São Luís/Marechal Cunha Machado Divulgação/Infraero A Infraero divulgou nesta segunda-feira (15) que...


    Cerca de 21 mil passageiros devem passar pelo Aeroporto Internacional de São Luís/Marechal Hugo da Cunha Machado. Aeroporto Internacional de São Luís/Marechal Cunha Machado Divulgação/Infraero A Infraero divulgou nesta segunda-feira (15) que cerca de 21 mil passageiros devem passar pelo Aeroporto Internacional de São Luís/Marechal Hugo da Cunha Machado durante feriado de Páscoa, entre 18 e 22/4. O número é 11,75% maior que o registrado no feriado do ano passado, entre os dias 29/3/18 a 2/4/18, quando o aeroporto maranhense recebeu 18.809 passageiros. Este ano, também são esperados 175 pousos e decolagens, 0,8% a mais que as 162 operações registradas na Páscoa de 2018. O levantamento levou em conta a oferta de assentos das empresas aéreas para o período. Para garantir a fluidez nas operações e no funcionamento de toda infraestrutura aeroportuária durante o feriadão, a Infraero disse que reforçou as equipes de segurança, operações e de manutenção. Aeroporto de São Luís Em 2018, mais de 1,58 milhão de passageiros transitaram pelo Aeroporto de São Luís, que tem capacidade para receber até 5,1 milhões de viajantes. Operam regularmente no terminal as companhias aéreas Latam, Gol e Azul, com 24 voos diários, cujos principais destinos são Recife (PE), Imperatriz (MA), Guarulhos (SP), Belém (PA), Brasília (DF), Confins (MG), Fortaleza (CE) e Rio de Janeiro (RJ).
    Chuvas no Maranhão: Cresce o número de cidades em situação de emergência; Agora são 24

    Chuvas no Maranhão: Cresce o número de cidades em situação de emergência; Agora são 24


    Outras 17 cidades e regiões afetadas estão sendo monitoradas pela Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil do Maranhão. 24 cidades decretam estado de emergência por causa das chuvas no Maranhão O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão...


    Outras 17 cidades e regiões afetadas estão sendo monitoradas pela Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil do Maranhão. 24 cidades decretam estado de emergência por causa das chuvas no Maranhão O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) informou nesta segunda-feira (15) que 24 municípios maranhenses estão em Situação de Emergência e enviaram decreto para conhecimento da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil. São as cidades: Santo Amaro Santa Helena Boa Vista do Gurupi Itaipava do Grajaú Formosa da Serra Negra Barão de Grajaú Nina Rodrigues Sítio Novo Icatu Alto Alegre do Pindaré Paço do Lumiar Araioses São José de Ribamar Timon Conceição do Lago Açu Imperatriz Pinheiro Araguanã Turilândia Tutóia Carutapera Luís Domingues Presidente Sarney Pindaré Mirim Algumas municípios já tiveram a situação de emergência reconhecida pela Secretaria Nacional da Defesa Civil e passarão a receber assistência do Governo Federal. Outras 17 cidades e regiões afetadas estão sendo monitoradas pela Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil do Maranhão. Algumas cidades afetadas Segundo o Corpo de Bombeiros, a cidade de Codó integra a lista de áreas em risco. A cidade é cortada pelo Rio Itapecuru, que já esteve acima dos sete metros. O nível aceitável, segundo a Defesa, é de até 6,80 metros. O volume de água do rio coloca centenas de famílias em risco de alagamento e inundações. Mais de 15 famílias foram orientadas a sair de suas casas a fim de evitar acidentes. Defesa Civil diz que nível do Rio Itapecuru já ultrapassou os 7 metros após início das chuvas em Codó Reprodução/TV Mirante Em Imperatriz, segundo levantamento da Defesa Civil Estadual, aproximadamente 700 famílias foram atingidas pelas inundações por conta das chuvas. Destas, 200 estão desabrigadas. Além da montagem de barracas para abrigo de famílias, os bombeiros ajudaram a instalar um posto de saúde em acampamento para atender a comunidade ribeirinha. Após fortes chuvas, riachos em Imperatriz transbordaram e causaram transtornos na cidade Reprodução/TV Mirante Em Santa Helena, onde a situação é mais grave, a Cruz Vermelha visitou famílias em 11 abrigos no último fim de semana. A cheia do rio Turiaçu deixou casas quase encobertas e quase oito mil pessoas estão desalojadas ou desabrigadas na cidade. Cheia do rio Turiaçu provoca inundações na cidade de Santa Helena Reprodução/TV Mirante Na última semana, a cheia do rio Pindaré causou vários transtornos aos moradores de Pindaré-Mirim, a 255 km de São Luís. No total, 1.013 pessoas estavam desabrigadas e 96 desalojadas. A cidade também decretou situação de emergência. Desabrigados estão sendo levados para uma escola municipal ou para as casas de parentes. Reprodução/ TV Mirante Ajuda humanitária A Cruz Vermelha está recebendo doações para as famílias desabrigadas pelas chuvas em todo o Maranhão. De acordo com a entidade, as famílias sofrem com falta de água potável, colchões, roupas, alimentos não-perecíveis e itens básicos de higiene. É possível contribuir levando doações à sede da Cruz Vermelha Brasileira na Avenida Getúlio Vargas, 47, Monte Castelo, São Luís. Para tirar dúvidas, também é possível ligar nos números 3249-9712, 99136-7276 e 98145-3700. Initial plugin text
    Tribunal de Justiça do Maranhão anuncia concurso público previsto para 2019

    Tribunal de Justiça do Maranhão anuncia concurso público previsto para 2019


    O edital com as datas do concurso ainda serão publicados, mas o TJ já adiantou informações sobre o certame. Tribunal de Justiça do Maranhão Divulgação/CNJ O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) aprovou nesta segunda-feira (15) resolução...


    O edital com as datas do concurso ainda serão publicados, mas o TJ já adiantou informações sobre o certame. Tribunal de Justiça do Maranhão Divulgação/CNJ O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) aprovou nesta segunda-feira (15) resolução sobre o regulamento do Concurso Público para provimento de cargos efetivos de servidores do Poder Judiciário estadual. A previsão é que aconteça ainda em 2019. O edital com detalhes e as datas do concurso ainda serão publicados no Diário da Justiça e nos sites do Tribunal e da instituição que executará o certame. Dentre várias informações, o edital terá: Número de vagas a serem oferecidas em cada cargo ou indicação de que se trata de formação de cadastro de reserva Atribuições dos cargos Requisitos básicos para a investidura Jornada de trabalho Remuneração inicial Critérios de avaliação e de classificação Disciplinas e conteúdos Critérios de aprovação e da pontuação das provas A princípio, o Tribunal de Justiça adiantou que as inscrições serão realizadas apenas pela internet, por meio do site da instituição contratada e terão prazo mínimo de 15 dias. O concurso poderá ser realizado em etapa única ou em etapas distintas, mediante a aplicação de provas, de caráter eliminatório e/ou classificatório, em que serão avaliados conhecimentos gerais e específicos sobre as disciplinas e conteúdos constantes do edital. As provas para aferição de conhecimentos gerais serão objetivas, e as de conhecimentos específicos poderão ser objetivas e/ou discursivas. A prova sobr conhecimentos específicos abordará tema atual e poderá versar sobre tema relacionado à área de atividade ou à especialidade do cargo. Além dessas provas, será aplicada prova de títulos de caráter classificatório. Candidato com deficiência O candidato com deficiência terá 5% do total de vagas de cada cargo oferecido no edital ou das que surgirem no prazo de validade do concurso, que será de um ano, prorrogável por igual período, a critério do TJMA, contado da data da publicação oficial do ato homologatório do resultado final. O candidato com deficiência aprovado no concurso será submetido à perícia médica, a ser realizada pela instituição promotora do certame. Candidatos negros Serão reservadas 20% do total de vagas de cada cargo oferecido ou das que surgirem no prazo de validade do concurso para as pessoas negras. Para concorrer, o candidato deverá se autodeclarar, no momento da inscrição no concurso público, de acordo com os critérios de raça e cor utilizados pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os candidatos que se autodeclararam negros serão submetidos, obrigatoriamente antes da homologação do resultado final do concurso, ao procedimento de verificação da condição declarada para concorrer às vagas reservadas aos candidatos negros, apresentando-se à comissão avaliadora, nos termos do edital. Aprovação e classificação final Os candidatos habilitados serão nomeados por ordem de classificação por cargo e especialidade. Antes da nomeação, o candidato deverá submeter-se a exame de saúde perante a junta Médica do Tribunal de Justiça, que requisitará os exames necessários para formação do laudo. No ato da posse, o candidato que não apresentar a documentação exigida será automaticamente eliminado do concurso. Entre os documentos exigidos no regulamento para a posse estão: Comprovação da idade mínima de 18 anos Comprovação de escolaridade exigida para o cargo Prova de quitação com obrigações eleitorais Prova de quitação com obrigações militares (apenas para candidatos do sexo masculino) Prova do registro profissional, quando exigido para o cargo O candidato terá ainda que apresentar certidões criminais negativas fornecidas pelas Justiças Estadual, Eleitoral e Federal de 1º e 2º Graus, além de certidões negativas do Tribunal de Contas da União e do Tribunal de Contas do Estado, todas elas das localidades onde residiu nos últimos dez anos.

    MP move ação contra prefeitura de Imperatriz por não elaborar plano de saneamento básico


    De acordo com o órgão, município pagou R$ 264 mil reais a empresa Pavicol Service Eireli que deveria executar as obras de saneamento, mas o trabalho não foi concluído. O Ministério Público do Maranhão (MPMA) ajuizou uma ação contra a...

    De acordo com o órgão, município pagou R$ 264 mil reais a empresa Pavicol Service Eireli que deveria executar as obras de saneamento, mas o trabalho não foi concluído. O Ministério Público do Maranhão (MPMA) ajuizou uma ação contra a Prefeitura de Imperatriz e a empresa Pavicol Service Eireli por não realizarem a elaboração de um Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB). De acordo com o órgão, a empresa recebeu R$ 264 mil reais que seriam usados para executar as obras, mas o trabalho não foi concluído. Segundo o MPMA, mesmo com o inacabamento das obras, o município não aplicou uma multa ou rescindiu o contrato com a empresa. Durante a investigação dos documentos que continham os relatórios do plano de saneamento e que foram enviados pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra) e a empresa, foram encontradas várias irregularidades, deficiências e ausências de requisitos legais pelos dados. Dentre as irregularidades, não há correlação entre o diagnóstico da situação dos impactos que o plano pode ter nas condições de vida das pessoas, além de indicadores sanitários, epidemiológicos, ambientais e socioeconômicos do município de Imperatriz. As constatações foram feitas pelo Centro de Apoio Operacional de Meio Ambiente, Urbanismo e Patrimônio Cultural (CAO – UMA). Além disso, o relatório do Plano de Saneamento Básico de Imperatriz feito pela empresa, chegou a sugerir a alteração da resolução 01/12 da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Maranhão, para eliminar a exigência do licenciamento ambiental. De acordo com o MPMA, em 2017, foi realizada uma reunião com a empresa, o município e o órgão para tentar resolver o impasse. Um prazo foi dado para que o Prefeitura e a empresa apresentassem uma solução para o problema, que não foi apresentado. Com isso, foi proposta a ação pelo titular da 3ª Promotoria de Justiça Especializada de Meio Ambiente de Imperatriz, Jadilson Cirqueira. Na ação, o Ministério Público pede que a Justiça obrigue os envolvidos a elaborar ou concluir o Plano Municipal de Saneamento Básico conforme a legislação, no prazo de 120 dias. A conclusão das obras deve ter a participação popular e social efetiva em todas as etapas e produção do relatório final do plano, da minuta do Projeto de Lei e que essa seja enviada à Câmara de Vereadores para análise e a aprovação. Além disso, o órgão pede que os acusados sejam penalizados com multa a ser arbitrada judicialmente em caso de descumprimento dos pedidos.

    PF prende no Maranhão homem suspeito de fraudes em seguros de defeso de pescador artesanal no RN


    Prisão aconteceu no fim de semana na cidade de Bacabal. A Polícia Federal prendeu no Maranhão um homem suspeito de praticar fraudes em seguros de defeso de pescador artesanal no Rio Grande do Norte e mais quatro estados. A prisão aconteceu no fim de...

    Prisão aconteceu no fim de semana na cidade de Bacabal. A Polícia Federal prendeu no Maranhão um homem suspeito de praticar fraudes em seguros de defeso de pescador artesanal no Rio Grande do Norte e mais quatro estados. A prisão aconteceu no fim de semana. De acordo com a PF, o homem é suspeito de liderar uma quadrilha que atuava falsificando documentos de identidade com o objetivo de praticar as fraudes. Segundo apurado pela polícia, ele era o destinatário principal dos recursos dos crimes. As investigações tiveram início em janeiro, com a prisão em flagrante de cinco integrantes dessa organização criminosa. Todos continuam presos e respondem ação penal na 10ª Vara da Justiça Federal em Mossoró. A prisão aconteceu em Bacabal (MA). Os crimes, de acordo com a Polícia Federal, aconteceram em Mossoró, Grajau (MA), Chapadinha (MA), Belém (PA), Paulistana (PI), Fortaleza (CE) e Limoeiro do Norte (CE), onde, em três meses, também foram identificados saques ilegais praticados pelo bando que alcançaram a cifra total de R$ 50 mil. “Ademais, a organização tinha em seu modus operandi, a produção em larga escala de documentos de identificação falsos, além de locar um imóvel que servia de base para a prática dos delitos, uma verdadeira 'casa de produção' de papéis falsificados”, alega a PF, em nota. Ainda de acordo com a Polícia Federal, caso os suspeitos venham a ser condenados, as penas somadas pelos crimes de estelionato, uso de documentos públicos falsos e integrar organização criminosa podem alcançar 19 anos de reclusão, além de multa.
    Padre morre durante acidente automobilístico na BR-226 no MA

    Padre morre durante acidente automobilístico na BR-226 no MA


    Padre Odenilton Oliveira morreu na última sexta-feira (12) e pertencia a paróquia do município de Grajaú. Padre morre durante acidente automobilístico no Maranhão O padre Odenilton Oliveira morreu na última sexta-feira (12) após se envolver em...


    Padre Odenilton Oliveira morreu na última sexta-feira (12) e pertencia a paróquia do município de Grajaú. Padre morre durante acidente automobilístico no Maranhão O padre Odenilton Oliveira morreu na última sexta-feira (12) após se envolver em um acidente automobilístico na BR-226. O padre pertencia a paróquia do município de Grajaú, a 580 km de São Luís Segundo testemunhas, o carro que o padre viajava tentou desviar de um buraco que estava na rodovia quando o motorista perdeu o controle da direção do veículo. O carro saiu da pista, capotou e o padre Odenilton teria sacado do veículo e logo em seguida teria sido atropelado pelo próprio veículo. Padre Odenilton Oliveira morreu durante acidente na BR-226 no Maranhão Reprodução/TV Mirante
    Ministro Marcos Pontes explica acordo para uso da base de Alcântara pelos EUA

    Ministro Marcos Pontes explica acordo para uso da base de Alcântara pelos EUA


    Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações participa nesta segunda (15) em São Luís do seminário 'Base de Alcântara: próximos passos'. Ministro Marcos Pontes explica acordo para uso da base de Alcântara pelos Estados Unidos O...


    Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações participa nesta segunda (15) em São Luís do seminário 'Base de Alcântara: próximos passos'. Ministro Marcos Pontes explica acordo para uso da base de Alcântara pelos Estados Unidos O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, está no Maranhão para explicar às comunidades o potencial do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) e as vantagens competitivas para o estado a partir da assinatura do acordo de salva-guarda entre o Brasil e Estados Unidos. A programação da visita do ministro continua nesta segunda-feira (15) com o seminário “Base de Alcântara: próximos passos”, que será realizado em São Luís. De acordo com o ministro Marcos Pontes o interesse de assinar um acordo com norte-americanos é baseada na premissa de que cerca de 80% dos componentes instalados nos foguetes e satélites do mundo inteiro, e isso inclui o Brasil, são de origem americanos, e para seja feito o lançamento é necessário ter uma permissão dos Estados Unidos e em troca o Brasil protege a tecnologia americana, e isto seria o acordo em si “Nós temos agora a ideia de tornar o centro um centro comercial e para isso nós temos foguetes lançadores de satélites de vários países, de várias empresas de vários países e clientes de satélites de vários países também. A questão é que os Estados Unidos, a indústria americana de tecnologia, possui componentes instalados nesses satélites e foguetes do mundo em 80%, ou seja, 80% deles tem alguma peça americana. O que isso quer dizer? Para que possamos lançar esses foguetes e esses satélites nós temos que ter uma permissão dos Estados Unidos para que nós possamos lançar foguetes e satélites de quaisquer países que tenham componentes americanos e em troca a gente protege a tecnologia dos Estados Unidos. Em suma, esse é o acordo”, explicou o Marcos Pontes. Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações Marcos Pontes Reprodução/TV Mirante Sobre o acesso as pesquisas americanas em solo brasileiro, o ministro Marcos Pontes ressaltou que ocorrerá uma troca de conhecimento entre os dois países com o intuito de gerar recursos para o programa espacial e também para as comunidades que vivem próximas da base de Alcântara. “O ambiente ideal para gente fazer troca de experiências, troca de conhecimento é um ambiente das universidades, parcerias entre universidades americanas e universidades brasileiras, o ambiente dos centros de pesquisa que nós temos no país também e isto está bem avançado. Então todo esse tipo de troca de conhecimento, de troca de tecnologia é feito nessa base. As empresas elas têm interesse comercial. Então, a ideia é que nós tenhamos aqui um centro que gere recursos para o programa espacial e para as comunidades em torno”, revelou o ministro. Marcos Pontes também esclareceu que o uso militar dos Estados Unidos sobre o território brasileiro não ocorrerá, já que a base de Alcântara pertence ao Brasil e o controle é absolutamente nacional e acrescentou que o intuito do acordo é tornar o centro espacial de Alcântara para uso comercial e promover o bem-estar da população da cidade maranhense. Brasil e EUA concluem acordo para uso comercial do CLA em Alcântara Reprodução/TV Mirante “Existe um medo infundável sobre o Estados Unidos. Eu trabalho há 23 anos nos Estados Unidos, com outros países, na estação espacial internacional, com países do planeta inteiro nesse setor espacial e não há nada a temer com relação aos Estados Unidos ou qualquer desses outros países porque o Brasil é soberano no seu território. Nós dominamos a base, a base é nossa. Nós controlamos a base inteiramente. O centro de Alcântara não vai ser utilizado de nenhuma forma por outros países em contexto militar. Nós podemos lançar os nossos foguetes militares, se quisermos, mas o objetivo é um centro espacial de Alcântara para uso comercial. Então não é lançar nenhum tipo de míssil. Então a ideia é puramente civil. A noção intenção é puramente promover o bem-estar da população aqui, finalizou o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Além da visita à Alcântara, a passagem do ministro pelo estado inclui a participação no evento “Base de Alcântara: novos passos”, organizado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), que acontece nesta segunda no Multicenter Sebrae, no bairro Cohafuma, em São Luís. O evento tem como público-alvo instituições, pesquisadores e acadêmicos interessados nas temáticas que serão abordadas durante todo o dia.
    Homem suspeito de estuprar a filha de um ano é preso no MA

    Homem suspeito de estuprar a filha de um ano é preso no MA


    Pedro Henrique Santiago Ramos, de 20 anos, foi preso na madrugada de domingo (14) em Codó; Bebê de apenas 1 anos e 7 meses foi levada para o HGM e está em observação. Pedro Henrique Santiago Ramos foi encaminhado para a 4ª Delegacia de Polícia...


    Pedro Henrique Santiago Ramos, de 20 anos, foi preso na madrugada de domingo (14) em Codó; Bebê de apenas 1 anos e 7 meses foi levada para o HGM e está em observação. Pedro Henrique Santiago Ramos foi encaminhado para a 4ª Delegacia de Polícia Civil de Codó, onde foi preso e ficará à disposição da Justiça Divulgação/Polícia Um homem identificado como Pedro Henrique Santiago Ramos, de 20 anos, foi preso na madrugada de domingo (14) no município de Codó, a 290 km de São Luís, após ser suspeito de estuprar a sua própria filha, um bebê de apenas 1 anos e 7 meses. Segundo a polícia, o suspeito teria aproveitado a ausência da mãe do bebê para cometer o abuso contra sua própria filha no interior de sua residência situada no bairro Residencial Trizidela, em Codó. A mãe do bebê relatou à polícia que notou um sangramento nas partes íntimas da criança. A bebê foi levada para o Hospital Geral Municipal (HGM) e se encontra em observação. Ela será submetida ao exame de violação para que seja confirmado o estupro. Pedro Henrique Santiago Ramos foi encaminhado para a 4ª Delegacia de Polícia Civil de Codó, onde foi preso e ficará à disposição da Justiça. O Conselho Tutelar foi informado sobre a situação e está acompanhando o caso.
    Incêndio em caminhão cegonha deixa uma pessoa morta no Maranhão

    Incêndio em caminhão cegonha deixa uma pessoa morta no Maranhão


    De acordo com a PRF, caminhão perdeu o controle e colidiu com o muro de proteção de uma ponte na BR-316, em Codó. Motorista que dirigia o veículo morreu carbonizado. Cabine do caminhão e automóvel que estava sendo transportado foram...


    De acordo com a PRF, caminhão perdeu o controle e colidiu com o muro de proteção de uma ponte na BR-316, em Codó. Motorista que dirigia o veículo morreu carbonizado. Cabine do caminhão e automóvel que estava sendo transportado foram destruídos pelas chamas. Divulgação/Polícia Rodoviária Federal Na manhã deste domingo (20) um acidente envolvendo um caminhão cegonha no km 466 da BR-316, cerca de 17 km do município de Codó, no leste do Maranhão, resultou na morte do motorista do veículo. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo trafegava em alta velocidade quando o motorista, que não foi identificado, perdeu o controle do caminhão cegonha, colidindo com a mureta de proteção da ponte que rapidamente pegou fogo. Por conta da força do impacto, a cabine do caminhão ficou pendurada. Caminhão cegonha ficou pendurado na ponte na BR-316 no Maranhão Divulgação/Polícia Rodoviária Federal As chamas consumiram rapidamente a cabine do caminhão cegonha e apenas um carro que estava sendo transportado. O motorista que dirigia o caminhão morreu carbonizado. Ainda segundo a PRF, a principal suspeita é que ele teria dormido ao volante. Uma equipe da PRF do município de Peritoró foi a primeira a chegar ao local do acidente. Além disso, brigadistas do Corpo de Bombeiros também estiveram no local e apagaram o fogo. Equipes continuam no local. A PRF informou que o trânsito não foi interrompido, já que o acidente só aconteceu em uma faixa da BR-316. Caminhão cegonha se chocou contra mureta de proteção de ponte na BR-316 no Maranhão Divulgação/Polícia Rodoviária Federal
    Carro cai de barranco na Avenida Daniel de La Touche, em São Luís

    Carro cai de barranco na Avenida Daniel de La Touche, em São Luís


    Carro bate em buraco e desliza em pista com pedra brita, antes de capotar e cair em barranco em uma das principais avenidas da capital maranhense Acidente foi registrado na Avenida Daniel de La Touche em São Luís (MA) Reprodução/Redes Sociais Na...


    Carro bate em buraco e desliza em pista com pedra brita, antes de capotar e cair em barranco em uma das principais avenidas da capital maranhense Acidente foi registrado na Avenida Daniel de La Touche em São Luís (MA) Reprodução/Redes Sociais Na manhã deste domingo, um carro derrapou e caiu de um barranco na Avenida Daniel de La Touche, São Luís. O motorista, que não teve a identidade revelada, saiu sem ferimentos graves e foi encaminhado para o hospital São Domingos. De acordo com uma testemunha do acidente, o carro bateu em um buraco com pedra brita na pista e perdeu o controle do veículo. Por causa da queda, o carro capotou várias vezes, antes de cair no barranco, de aproximadamente três metros. "Na época de chuva abriram um buraco e tem um desnível com pedregulhos na pista, o que faz o veículo deslizar. Ele bateu no meio fio e saiu capotando no barranco", disse Valter Nunes, que passava no local. O motorista conseguiu sair sem ferimentos graves, pois usava cinto de segurança e os air-bags do carro foram ativados no momento do acidente.
    Homem é preso após morder e arrancar parte da orelha da esposa em Imperatriz, no Maranhão

    Homem é preso após morder e arrancar parte da orelha da esposa em Imperatriz, no Maranhão


    José Afonso Anchieta, de 26 anos, agredia a mulher no meio de uma rua da cidade. José Afonso foi preso e a esposa Daniele Gomes foi levada ao hospital sem uma parte da orelha Divulgação/Polícia Militar Policiais militares que faziam ronda nas...


    José Afonso Anchieta, de 26 anos, agredia a mulher no meio de uma rua da cidade. José Afonso foi preso e a esposa Daniele Gomes foi levada ao hospital sem uma parte da orelha Divulgação/Polícia Militar Policiais militares que faziam ronda nas proximidades da Beira Rio, em Imperatriz, prenderam no início da manhã deste sábado (13) um homem que estava agredindo a sua esposa no meio da Rua Rui Barbosa. De acordo com a PM, o homem identificado como José Afonso Anchieta Saraiva, de 26 anos, chegou a arrancar com os dentes a orelha da mulher identificada como Daniela Gomes, de 24 anos. Diante da situação, os policiais detiveram José e o prenderam. Segundo a Polícia Civil, a vítima foi encaminhada ao Hospital Municipal de Imperatriz para cuidados médicos, enquanto o acusado foi levado à Delegacia Regional e depois encaminhado à Unidade Prisional de Imperatriz.
    Sonho da casa própria durou apenas 3 meses para a família com 3 mortos na Muzema, diz amigo

    Sonho da casa própria durou apenas 3 meses para a família com 3 mortos na Muzema, diz amigo


    Hiltonberto Souza se mudou em janeiro com a família para um dos prédios que caíram. Ele, a mulher e o filho morreram. Isabele, de 4 anos, sobreviveu e está na companhia de um tio. hilton Arquivo Pessoal Um amigo do maranhense Hiltonberto Rodrigues...


    Hiltonberto Souza se mudou em janeiro com a família para um dos prédios que caíram. Ele, a mulher e o filho morreram. Isabele, de 4 anos, sobreviveu e está na companhia de um tio. hilton Arquivo Pessoal Um amigo do maranhense Hiltonberto Rodrigues Souza, que morreu junto com a mulher e o filho no desabamento de um dos prédios do Condomínio Figueira do Itanhangá, na Muzema, Zona Oeste do Rio nesta sexta-feira (12), contou que ele tinha se mudado em janeiro para o prédio e estava muito feliz de realizar o sonho da casa própria. Isabele, 4 anos, a caçula da família foi a única sobrevivente. O RJ1 desta sexta mostrou a menina na casa de vizinhos e na companhia de um tio. Isabele teve apenas ferimentos leves e foi encontrada nos escombros. A vizinha que abrigou a menina disse que ela estava em estado de choque e só falava em alguma coisa que "escorregou" e ela caiu. Veja vídeo abaixo. Menina de 4 anos sobrevivente do desabamento está com vizinha e sem notícias da família Raimundo Péres disse que a família estava começando uma nova fase da vida. Ele mora em Rio das Pedras e conhecia a família de Hiltonberto há 7 anos. "Ele estava feliz da vida. Falou comigo que era uma vitória ter saído de lá onde morava e ter conseguido um apartamento melhor. Ele falava que tava morando bem", comentou Morre em hospital menino retirado com vida dos escombros Menina de 4 anos sobrevive a queda de prédio na Muzema Morador de um quitinete em Rio das Pedras, o lanterneiro disse ao amigo que juntou as economias de 7 anos de trabalho na oficina onde era empregado e pagou R$ 60 mil por um apartamento no 4° andar de um dos prédios do Condomínio Figueira do Itanhangá, também na Zona Oeste. A menina Isabele algumas horas depois de ter sido encontrada no desabamento Reprodução/TV Globo Hiltonberto comprou o apartamento em outubro de 2018 e reformou o imóvel do seu jeito para poder levar a mulher Maria de Nazaré e os dois filhos:Hilton Guilherme, de 12 anos, e Isabele, de 4 anos, a caçula da família. "Era um cara trabalhador. Gente boa demais. Um grande amigo. Foi vizinho de parede colada. No último Natal a gente comprou um porco junto para reunir as famílias. É muito triste. O cara era um parceirão mesmo", lamentou Raimundo. Da esquerda para a direita: Maria Nazaré (mãe)/ Hiltonberto (pai); Isabele (filha) e Hilton (filho) Arquivo Pessoal Hiltonberto e Maria de Nazaré foram retirados mortos do local do desmoronamento. O filho do casal foi resgatado com vida no final desta sexta-feira, depois de mais de 15 horas soterrado. Somente Isabelle sobreviveu. Testemunhas contaram que Hiltonberto teria retirado a filha do local. Uma vizinha que deu abrigo para a menina disse que ela foi encontrada em estado de choque e Raimundo Péres, amigo de Hiltonberto Souza, um dos mortos na tragédia da Muzema, no Rio Raoni Alves/G1 Hilton Guilherme foi socorrido de ambulância para o Hospital Miguel Couto, na Gávea, Zona Sul. O adolescente de 12 anos chegou no hospital com uma fratura em uma das pernas e ferimentos no rosto, mas consciente. Morreu enquanto era submetido a uma cirurgia, já neste sábado. "O filho dele vivia na porta da minha casa brincando. Em fevereiro agora eles foram para o Maranhão rever os parentes. Ele estava muito feliz com vida nova", acrescentou. Liberação dos corpos Os parentes da família de Hiltonberto estiveram no Instituto Médico Legal neste sábado (13). Por volta das 16h, o corpo do menino ainda está no Hospital Miguel Couto. Eles informaram que um parente deles que vive no Maranhão vai pedir no cartório onde o adolescente foi registrado a segunda via da certidão de nascimento dele para a liberação do corpo. A família quer que eles sejam enterrados no Maranhão. Arte mostra local dos desabamentos na Muzema Editoria de Arte/G1 Initial plugin text
    Família que morreu em desabamento de prédio no Rio será sepultada no Maranhão

    Família que morreu em desabamento de prédio no Rio será sepultada no Maranhão


    Pai, mãe e filho devem ser sepultados na cidade de Pinheiro. Dia do velório e enterro está indefinido, já que familiares ainda tentam trazer os corpos para o estado. Menino Hilton, à esquerda, morreu na manhã deste sábado (13) no hospital para...


    Pai, mãe e filho devem ser sepultados na cidade de Pinheiro. Dia do velório e enterro está indefinido, já que familiares ainda tentam trazer os corpos para o estado. Menino Hilton, à esquerda, morreu na manhã deste sábado (13) no hospital para onde foi socorrido; a irmã dele, Isabele, escapou ilesa; a mãe dele, Maria Nazaré, e o pai, Hiltonberto, foram retirados dos escombros já sem vida. Arquivo Pessoal Parte de uma família que morreu após o desabamento de prédios na Muzema, Zona Oeste do Rio, será sepultada na cidade de Pinheiro, no Maranhão. No entanto, ainda não há uma previsão para o dia do velório e enterro, já que familiares ainda tentam trazer os corpos para o estado. Os prédios caíram na manhã desta sexta (12) e as causas ainda são investigadas. O menino Hilton Guilherme Sodré Souza, de 12 anos, morreu na manhã deste sábado (13). Ele foi retirado dos escombros com fratura em uma das pernas e ferimentos no rosto. Segundo os Bombeiros, ele estava consciente e foi levado para o Hospital Miguel Couto, na Gávea, mas não resistiu e morreu. VÍDEOS da tragédia na Muzema Menino é resgatado de escombros de prédios que desabaram no Rio de Janeiro Os pais do garoto, Maria Nazaré Sodré e Hiltonberto Rodrigues Souza, foram retirados já sem vida dos escombros. Os corpos deles, no entanto, só foram reconhecidos por parentes na manhã deste sábado (13). A caçula da família, Isabele, escapou ilesa porque foi retirada do prédio pelo pai instantes antes do prédio vir abaixo. Da esquerda para a direita: Maria Nazaré (mãe)/ Hiltonberto (pai); Isabele (filha) e Hilton (filho) Arquivo Pessoal O pai, a mãe e o menino que morreram eram da cidade de Pinheiro. A família começou a se estabelecer no Rio de Janeiro há cerca de 15 anos, quando Hiltonberto viajou para trabalhar na cidade como lanterneiro. Ao longo dos anos, ele levou a esposa e o filho Hilton para junto dele. Apenas a menina Isabele é nascida no Rio. Busca por desaparecidos A busca pelos desaparecidos entrou no segundo dia nesta manhã de sábado (13). Equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil trabalham no local, que foi isolado devido ao risco de desabamentos de construções vizinhas às que desabaram. Vista aérea dos escombros dos prédios que desabaram na Muzema, Zona Oeste do Rio de Janeiro AP Photo/Renato Spyrro Initial plugin text
    Falta de infraestrutura dificulta tráfego de veículos na BR-316 no MA

    Falta de infraestrutura dificulta tráfego de veículos na BR-316 no MA


    Principal rodovia que liga o Maranhão e o Pará está praticamente intrafegável perto da divisa entre os dois estados e nesse período chuvoso, além dos buracos, o motorista é obrigado a enfrentar muita lama. Falta de infraestrutura dificulta...


    Principal rodovia que liga o Maranhão e o Pará está praticamente intrafegável perto da divisa entre os dois estados e nesse período chuvoso, além dos buracos, o motorista é obrigado a enfrentar muita lama. Falta de infraestrutura dificulta tráfego de veículos na BR-316 no Maranhão A falta de infraestrutura está dificultando o tráfego de veículos na BR-316. A principal rodovia que liga o Maranhão e o Pará está praticamente intrafegável perto da divisa entre os dois estados e nesse período chuvoso, além dos buracos, o motorista é obrigado a enfrentar muita lama. No lado maranhense a BR-316 está cheia de buracos, mas quando o motorista chega a 50 km na divisa entre os estados toma um susto com a situação da pista que só piora. O motorista Raimundo Nonato Vieira diz está revoltado com a falta de condições. “Uma porcaria meu irmão. Uma vergonha isso” Caminho de muitas ambulâncias que levam pacientes de cidades menores para os hospitais com mais estruturas, mas o doente sofre ao passar pelo local e quando chove a situação piora por conta das crateras. Além dos buracos, a lama também toma conta da pista da BR-316 no Maranhão Reprodução/TV Mirante Além dos buracos, a lama também toma conta da pista. É um caminhão atrás do outro ficando pelo caminho e quando um atola ao lado do outro a rodovia fica fechada e a fila vai aumentando. “O Maranhão está desse jeito. Os outros estados também tem buraco, mas não está igual isso aqui não. Não tem igual a isso aqui”, finalizou Sobre a situação no trecho da BR-316, o O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) informou que a empresa responsável por esse trecho da BR-316 está realizando operação tapa-buracos, mas as chuvas intensas na região dificultam a execução dos serviços que, segundo o Dnit, só podem ser feitos em dias de sol, para garantir que o solo seja compactado na umidade correta e não provocar mais atoleiros.
    Dia D municipal de vacinação contra a gripe é realizado neste sábado em São Luís

    Dia D municipal de vacinação contra a gripe é realizado neste sábado em São Luís


    Campanha será realizada neste sábado (13) das 8h às 12h em mais de 60 unidades de saúde da capital. Dia D municipal de vacinação faz parte do calendário da Campanha Nacional de Vacinação. Maurício Alexandre/Divulgação A Secretaria...


    Campanha será realizada neste sábado (13) das 8h às 12h em mais de 60 unidades de saúde da capital. Dia D municipal de vacinação faz parte do calendário da Campanha Nacional de Vacinação. Maurício Alexandre/Divulgação A Secretaria Municipal de Saúde de São Luís (Semus) realiza neste sábado (13) o dia D municipal de Vacinação contra a Gripe. A ação será realizada das 8h às 12h nas mais de 60 unidades de saúde municipais. De acordo com a Semus, a meta é imunizar mais de 250 mil pessoas até o fim da campanha, que acontece até o dia 31 de maio. De segunda a sexta, as doses da vacina também são aplicadas em postos e unidades de saúde da capital maranhense. Este ano, a campanha foi antecipada em 15 dias em relação aos anos anteriores. De acordo com a Prefeitura de São Luís, ainda será realizado no dia 4 de maio, a edição nacional do dia D de vacinação. Para tentar atrair mais pessoas para os postos de saúde, a Semus vai disponibilizar nos dias 26 e 27 de abril, e nos dias 3, 4, 10, 11, 17, 18, 24 e 25 de maio a dose da vacina nos shoppings Rio Anil, da Ilha e São Luís. O atendimento será realizado das 14h às 19h e quem comparecer deve apresentar o cartão de vacina. Na primeira fase da campanha de vacinação terão prioridade as crianças com idade entre 1 e 6 anos, grávidas e mulher puérperas (com 45 dias após o parto). A partir do dia 22 de abril, todo o público-alvo da campanha poderá receber a dose da vacina. Veja abaixo quem são. Quem é o público-alvo Crianças (1 a 6 anos) Gestantes Puérperas (até 45 dias após o parto) Idosos Professores Trabalhadores de saúde População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis
    UEMA realiza ação de castração de animais em São Luís

    UEMA realiza ação de castração de animais em São Luís


    'Castramóvel' vai realizar neste sábado (13) serviços de castração, vacinação e orientação veterinária no Colégio São José Operário, na Cidade Operária. Vacinação de cães também está previsto para acontecer no...


    'Castramóvel' vai realizar neste sábado (13) serviços de castração, vacinação e orientação veterinária no Colégio São José Operário, na Cidade Operária. Vacinação de cães também está previsto para acontecer no 'Castramóvel' Divulgação A Universidade Estadual do Maranhão, por meio Hospital Veterinário, realizará neste sábado (13) a inauguração do primeiro Castramóvel. A ação será realizada no Colégio São José Operário, na Cidade Operária, das 8h às 17h. A UEMA informou que, durante todo o dia, serão oferecidos serviços de castração dos animais machos, vacinação contra viroses para cachorros, vacinação contra raiva, orientações de médicos veterinários. Será feito um pré-agendamento para a castração das fêmeas. “O Castramóvel veio para fazer esse trabalho de controle de população de animais errantes. O grande objetivo desse Castramóvel é trabalhar em cima desse controle, para que o número de animais seja reduzido, pelo bem estar animal e pela saúde humana”, disse o diretor do Hospital Veterinário da Universidade Estadual do Maranhão, Arnodson Campelo
    Governo divulga edital de credenciamento cultural para o São João do Maranhão

    Governo divulga edital de credenciamento cultural para o São João do Maranhão


    O credenciamento tem por objetivo a habilitação e seleção de atividades artísticas e culturais que irão compor a programação oficial dos festejos juninos. O São João é uma das festas mais populares do Maranhão Divulgação/Gilson...


    O credenciamento tem por objetivo a habilitação e seleção de atividades artísticas e culturais que irão compor a programação oficial dos festejos juninos. O São João é uma das festas mais populares do Maranhão Divulgação/Gilson Teixeira A Secretaria de Estado da Cultura (Secma) divulgou o edital de credenciamento cultural para o São João do Maranhão 2019. A inscrição está prevista para o período de 23 de abril a 2 de maio. Veja detalhes aqui. O credenciamento tem por objetivo a habilitação e seleção de atividades artísticas e culturais que irão compor a programação oficial dos festejos juninos por meio da Secma. Em 2019, novas categorias artísticas foram contempladas no edital como artes cênicas, cordel e repente. A ideia é ampliar a diversidade cultural do São João que terá ainda shows, bumba meu boi, tambor de crioula, danças regionais, forró pé de serra e grupos alternativos. Atendimento O atendimento para o edital terá prazos específicos para cada categoria artística e será realizado na Secma, no setor de Credenciamento Cultural (Av. dos Holandeses, 1803, São Marcos) no horário das 14h às 18h. O resultado preliminar da habilitação das propostas está programado para o dia 8 de maio. Bumba Meu Boi e Tambor de Crioula - 23 a 25/04/2019 Danças regionais e Grupos Alternativos - 26 e 29/04/2019 Artes Cênicas, Banda/Show, Cordel, Repente e Forró Pé de Serra - 30/04 e 02/05/2019 São João do Maranhão Segundo a Secma, o São João do Maranhão terá a presença de 400 atrações em 2019. Em São Luís, estão confirmados os arraiais do Ipem (Centro Social dos Servidores do Estado – Calhau), Praça Maria Aragão (Beira-Mar), Praça Nauro Machado (Centro Histórico de São Luís), além de apoios aos festejos tradicionais pela cidade. O evento também está previsto para acontecer em Imperatriz, com palco na Avenida Beira-Rio.
    CPT contabiliza mais de 16 mil famílias envolvidas em conflito por terra no Maranhão

    CPT contabiliza mais de 16 mil famílias envolvidas em conflito por terra no Maranhão


    Dados da Comissão Pastroral da Terra são referentes ao ano de 2018. A entidade também divulgou números sobre trabalho escravo no estado. Áreas indígenas também estão incluídas em regiões com conflitos por terra no Maranhão Reprodução/TV...


    Dados da Comissão Pastroral da Terra são referentes ao ano de 2018. A entidade também divulgou números sobre trabalho escravo no estado. Áreas indígenas também estão incluídas em regiões com conflitos por terra no Maranhão Reprodução/TV Mirante A Comissão Pastroral da Terra (CPT) divulgou nesta sexta-feira (12) um relatório com dados sobre os conflitos por terra em todo país em 2018. No Maranhão, a CPT contabilizou 16.154 famílias envolvidas nesse tipo de conflito em 69 cidades. O estado só fica atrás do Pará, com 25.547 famílias. No Maranhão, duas regiões aparecem em destaque pelo número de famílias envolvidas. A primeira é a Comunidade Alzilândia em Alto Alegre do Pindaré, que registra 2 mil famílias em conflito por terra. A segunda região compreende uma área de 92 aldeias na terra indígena Arariboia, entre Buritirana, Buriticupu e Bom Jesus das Selvas. Na região vivem índios das etnias Guajajara, Gavião e Guajá. Veja as regiões em situação de conflito de terra no MA e o tamanho das áreas envolvidas. Dados nacionais No país, segundo a CPT, 960.63 pessoas estiveram envolvidas em conflitos no campo em 2018, contra 708.520 pessoas em 2017, um aumento de 35,6%. Nos conflitos especificamente por terra, foram 118.080 famílias envolvidas contra 106.180 em 2017. Um aumento de 11%. Trabalho escravo A Comissão Pastoral da Terra também divulgou um balanço que apontou dois casos de trabalho escravo registrados no Maranhão em 2018. Um dos casos foi descoberto na região de Caxias no dia 23/07, quando 20 trabalhadores foram libertados. O outro caso foi registrado no dia 25/09 no Povoado Corisco/Madeira Cortada na região da cidade de São Bernardo, a cerca de 230 km de São Luís. Pelos dados da CPT, 13 trabalhadores foram libertados em uma área de produção da cera de carnaúba. Em janeiro, o Ministério Público do Trabalho (MPT) divulgou dados da mesma operação, onde foram contabilizados 22 trabalhadores libertos. Trabalhadores são encontrados em situação de traballho escravo em São Bernardo Divulgação/MPT Ao todo, 43 pessoas foram resgatadas em situação análoga à escravidão em 2018 no Maranhão, segundo dados da Superintendência Regional do Trabalho divulgados em janeiro. MA lidera ranking de mulheres resgatadas em situação análoga de trabalho escravo no país Mais de 100 pessoas estão ameaçadas de morte por causa de conflitos agrários no MA, diz Pastoral da Terra Maranhão é segundo no ranking de mortes no campo Fazendeiros e catadoras de babaçu entram em conflito no MA
    Polícia prende dupla com coletes, arma e munição para assaltos em São Luís

    Polícia prende dupla com coletes, arma e munição para assaltos em São Luís


    Segundo a PM, Guilherme Alves e Anderson Farias foram presos em flagrante no bairro Pedrinhas. Guilherme Alves dos Santos e Anderson Farias Oliveira foram presos com arma, coletes e munição no bairro Pedrinhas, em São Luís Divulgação/Polícia...


    Segundo a PM, Guilherme Alves e Anderson Farias foram presos em flagrante no bairro Pedrinhas. Guilherme Alves dos Santos e Anderson Farias Oliveira foram presos com arma, coletes e munição no bairro Pedrinhas, em São Luís Divulgação/Polícia Militar Agentes do Grupo Tático Móvel do 21° Batalhão da Polícia Militar prenderam na tarde desta sexta-feira (12) dois jovens que, segundo a PM, estavam em posse de vários materiais que seriam usados para assaltos. A prova estaria nos celulares aprendidos. A dupla foi presa em flagrante no bairro Pedrinhas, área rural de São Luís, e identificados como Guilherme Alves dos Santos e Anderson Farias Oliveira. Ao todo, a polícia apreendeu com os dois: Duas capas de coletes balístico de segurança privado Sete celulares Um tablet Dois relógios dourados Um revólver de calibre 38 cano longo de seis tiros Quatro munições intactas Material apreendido com a dupla que, segundo a PM, seria usado para a realização de assaltos. Divulgação/Polícia Militar Após serem presos, a dupla foi encaminhada para a 12º Delegacia de Polícia Civil do bairro Maracanã, onde serão ouvidos.
    Dois suspeitos de terem participado de assalto a ônibus na capital são presos

    Dois suspeitos de terem participado de assalto a ônibus na capital são presos


    Prisão foi realizada nesta sexta-feira (12) no bairro Vila Vitória, mesmo local onde ocorreu o crime. PM continua realizando buscas na região para localizar os outros assaltantes. Geniwellington da Silva Rogério, de 20 anos, é suspeito de ter...


    Prisão foi realizada nesta sexta-feira (12) no bairro Vila Vitória, mesmo local onde ocorreu o crime. PM continua realizando buscas na região para localizar os outros assaltantes. Geniwellington da Silva Rogério, de 20 anos, é suspeito de ter participado de assalto a ônibus que fazia linha Cajuapari em São Luís. Divulgação/Polícia Militar A Polícia Militar prendeu nesta sexta-feira (12) dois suspeitos de terem participado do assalto a ônibus que fazia linha Cajupari-Terminal, no bairro Vila Vitória na zona rural de São Luís. Um dos suspeitos foi identificado como Geniwellington da Silva Reinado, de 20 anos, foi preso no mesmo bairro onde aconteceu o assalto. O segundo suspeito que é menor de idade, também foi apreendido pela polícia. Junto com a dupla, estava uma uma arma de fogo que pode ter sido usada no assalto, munição, além de drogas que estavam enroladas em sacos plásticos. Segundo os policiais, ambos podem ter cometido outros assaltos a ônibus na região. A PM informou que continua realizando buscas na região para tentar localizar mais suspeitos de terem participado do assalto a ônibus. Uma arma de fogo e drogas foram apreendidas com o bando. Divulgação/Polícia Militar Entenda o caso Seis bandidos armados e encapuzados assaltaram na madrugada desta sexta-feira (12) um coletivo que fazia linha Cajapari-Terminal. O crime aconteceu na Avenida São Jerônimo, no bairro Vila Vitória, na zona rural de São Luís. Com pistolas, garrunchas e facas, o grupo entrou no coletivo no ponto final do Terminal São Cristóvão. De acordo com a polícia, os criminosos quebraram os vidros das janelas das portas do lado direito do ônibus fazendo com que o motorista freasse. Os bandidos anunciaram o assalto e levaram os pertences os passageiros e a renda do ônibus. Ainda durante a ação, dois disparos foram feitos causando pânico. Apesar do susto, ninguém se feriu.