G1 > Rio Grande do Norte

    Blitz da Lei Seca autua 27 motoristas por embriaguez ao volante em Natal; 4 são presos

    Blitz da Lei Seca autua 27 motoristas por embriaguez ao volante em Natal; 4 são presos


    Fiscalização aconteceu entre a noite da quinta (18) e madrugada desta sexta (19) na Av. Engenheiro Roberto Freire, uma das mais movimentadas da Zona Sul da cidade. Blitz foi realizada na Av. engenheiro Roberto Freire, uma das mais movimentadas da...


    Fiscalização aconteceu entre a noite da quinta (18) e madrugada desta sexta (19) na Av. Engenheiro Roberto Freire, uma das mais movimentadas da Zona Sul da cidade. Blitz foi realizada na Av. engenheiro Roberto Freire, uma das mais movimentadas da Zona Sul de Natal PMRN/Divulgação Vinte e sete motoristas foram autuados em uma blitz da Lei Seca montada entre a noite da quinta (18) e madrugada desta sexta-feira (19) na Av. Engenheiro Roberto Freire, uma das mais movimentadas da Zona Sul de Natal. Destes, quatro foram presos. Segundo a Polícia Militar, 661 veículos foram abordados durante a fiscalização, além de outros 11 autos de infração que foram lavrados durante a blitz, e mais três veículos que acabaram removidos ao pátio do Detran, sendo um carro e duas motos. Lei Seca não tolera nenhuma quantidade de álcool Reprodução/TV Globo
    Sonho de morar em casa sem goteiras vira projeto social de jovem potiguar que reforma imóveis

    Sonho de morar em casa sem goteiras vira projeto social de jovem potiguar que reforma imóveis


    Com cerca de 100 voluntários e um ano de atuação, ReforAmar já trabalhou na melhoria de seis casas em Natal. Fernanda Silmara é idealizadora do projeto Divulgação Ivanilda olha e elogia o desenho que representa ela mesma em frente ao Lar da...


    Com cerca de 100 voluntários e um ano de atuação, ReforAmar já trabalhou na melhoria de seis casas em Natal. Fernanda Silmara é idealizadora do projeto Divulgação Ivanilda olha e elogia o desenho que representa ela mesma em frente ao Lar da Vovozinha, onde mora, em Natal. O muro do asilo que abriga 40 idosas foi reformado ao custo de R$ 1.600 - dinheiro todo levantado pelo projeto ReforAmar, através de doações. Mesma alegria teve a dona de casa Bruna Pereira, que viu a casa da sua mãe, que teve um AVC, também reformada. As duas foram beneficiadas por um projeto de uma jovem de 22 anos, estudante de engenharia civil e tecnóloga em construção de edifícios, que reforma casas de pessoas que não têm condições de arcar com os custos. O sonho de infância de Fernanda Silmara era ter em uma casa sem goteiras e infiltrações. Hoje, ela ajuda outras pessoas a morar em imóveis com mais dignidade. Voluntários fazem obras nas casas Divulgação "A nossa porta da frente era metade madeira, embaixo era uma lona de praia. Não fechava. Era mais para cobrir mesmo a casa. Eu sempre me emociono, porque acabo lembrando daquele tempo difícil. Mas hoje eu me sinto muito grata por tudo”, lembra ela, emocionada. Com 10 meses de atuação, o ReforAmar - que une as palavras "reforma" e "amor" - já beneficiou seis casas e já tem a sétima projetada. Iniciado com cinco pessoas, atualmente o projeto conta com cerca de 100 voluntários, como a assistente social Isabelle Silva. "Ele é um projeto que não transforma só casas, mas também transforma vidas", considera. De acordo com ela, a experiência permite abrir os olhos para problemas sociais e "receber como recompensa o sorriso das pessoas". Reforma feita no Lar da Vovozinha, em Natal Divulgação Fernanda Silmara reforça essa ideia. Ela conta que parte do processo para selecionar a casa que será beneficiada é entender a história daqueles moradores, numa espécie de experiência social. "Reformamos uma casa de um senhor de 96 anos que cuidava de duas filhas que têm deficiência mental. Batizamos o lugar de 'Casa da Resiliência' por isso", conta. Trabalho feito por voluntários Os mutirões de voluntários para reformas das casas acontecem sempre nos finais de semana após um planejamento de cerca de dois meses. O processo tem início com as avaliações das casas e entrevistas com as famílias que serão beneficiadas. O grupo também pontua se há condições de fazer a obra. A partir daí, e com a análise do local, é apresentada uma maquete digital para a família. "Nós mostramos para eles, que podem fazer algumas alterações, como mudar a cor de alguma parede", explica Fernanda. Todo o processo é feito por voluntários e os valores para reformas são arrecadados através de doações. "Nossa próxima casa será a primeira que reformaremos toda a casa, não só uma parte. Ela custará R$ 6 mil", diz Fernanda. Projeto reforma casa em Natal de forma gratuita Divulgação A primeira reforma feita, inclusive, foi bancada pelos primeiros cinco integrantes do projeto. A casa escolhida ficava no bairro do Alecrim. A mulher era artesã e o marido estava desempregado e não tinham condições de reformarem a frente da casa. "Nós fizemos a fachada da casa. Mas a gratidão deles nos contagiou. Aquilo foi o nosso pagamento", diz Fernanda. A casa Quando era pequena, a casa de Fernanda sofria com goteiras e infiltrações durante as chuvas. "A casa era de taipa e de tijolo branco. A chuva infiltrava na parede e ficava aquele cheiro estranho, de uma casa abafada, durante um semana", lembra. Fernanda é a idealizadora do projeto Divulgação Certo dia, ela levou os amigos para a casa dela. "Eu tinha cerca de cinco anos. E criança não tem papas na língua. Eles falaram que minha casa fedia muito. A partir daí, eu não levei mais ninguém lá. Eu sentia vergonha da minha casa", relata. Depois de uns anos, ela pediu à mãe para se instalar num quarto que havia sido construído nos fundos da casa, que é onde ela mora até hoje. Fernanda chegou a morar com a mãe, que se mudou para ficar mais perto do trabalho, em outro bairro, mas decidiu voltar para antiga residência. Para isso, contou com a ajuda de um tio e do irmão na reforma da casa, que estava abandonada há alguns anos. Hoje, a casa já não é mais de taipa e não conta com o antigo cheiro que a incomodava. Fernanda trabalha nas reformas Divulgação Mais reformas A maioria das seis reformas feitas até o momento foram no bairro do Alecrim, em Natal, com orçamentos que chegavam até os R$ 1.700. O projeto conta voluntários de todas as áreas e são eles que colocam a mão na massa para fazer a obras nas casas. Para este ano, o projeto idealiza reformar outras seis casas - uma delas já está programada. Voluntário, o engenheiro civil Rodrigo Medeiros diz que não se incomoda em abdicar de finais de semana para dedicar um tempo a ajudar o próximo. "Ser voluntário é você pegar o que você faz bem para tentar fazer bem a alguém". O projeto tem toda a sua divulgação através das suas páginas nas redes sociais, onde também informa as formas de doação de dinheiro e material para as obras. Um das casas reformadas pelo projeto em Natal Divulgação Casa após a reforma feita em Natal Divulgação
    Obra de recuperação da Ponte de Igapó, em Natal, começa em 15 dias, afirma Dnit

    Obra de recuperação da Ponte de Igapó, em Natal, começa em 15 dias, afirma Dnit


    Contrato para início dos trabalhos foi assinado nesta quinta-feira (18). Pilares da ponte serão priorizados na obra emergencial, dado o desgaste Reprodução/Flávio Muniz/Inter TV Cabugi As obras de recuperação e reforço da Ponte de Igapó, que...


    Contrato para início dos trabalhos foi assinado nesta quinta-feira (18). Pilares da ponte serão priorizados na obra emergencial, dado o desgaste Reprodução/Flávio Muniz/Inter TV Cabugi As obras de recuperação e reforço da Ponte de Igapó, que liga as Zona Oeste e Norte de Natal, teve o contrato assinado nesta quinta-feira (18). A empresa responsável começa em 15 dias as operações. De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes no Estado do Rio Grande do Norte (Dnit), a obra deve durar 180 dias. Ainda segundo o Dnit, o valor total que será empregado na reestruturação da ponte é de R$ 1.197.143,61. O Departamento informou ainda que não haverá interferência no trânsito nesta primeira fase da obra, que se aterá à recuperação dos pilares da estrutura. Isso porque esta etapa se enquadra em uma obra de emergência, que vai contemplar as partes mais desgastadas da Ponte de Igapó.
    Declarações de Imposto de Renda recebidas pela Receita no RN chegam a 52% do esperado

    Declarações de Imposto de Renda recebidas pela Receita no RN chegam a 52% do esperado


    Até esta quinta-feira (18), foram recebidas 169.142 das 320.250 declarações aguardadas. Prazo termina no dia 30 de abril. Imposto de Renda 2019 Fernanda Zauli/G1 A Receita Federal atualizou nesta quinta-feira (18) a quantidade de declarações do...


    Até esta quinta-feira (18), foram recebidas 169.142 das 320.250 declarações aguardadas. Prazo termina no dia 30 de abril. Imposto de Renda 2019 Fernanda Zauli/G1 A Receita Federal atualizou nesta quinta-feira (18) a quantidade de declarações do Imposto de Renda 2019 já recebidas no Rio Grande do Norte. Dos 320.250 contribuintes que devem fazer a declaração no estado, 169.142 já cumpriram com a obrigação. O número equivale a pouco mais de 52% do total. O prazo termina no dia 30 deste mês. SAIBA TUDO SOBRE O IMPOSTO DE RENDA 2019 Como declarar Para acertar as contas com o leão, o contribuinte deve baixar o programa gerador do IR. Também pode declarar por meio de "tablets" ou "smartphones". Nesse caso, deve buscar os aplicativos nas lojas virtuais. A entrega pode ser feita, ainda, na página do próprio Fisco, no formato "online" - com certificado digital. O contribuinte pode importar dados de 2018 para facilitar a declaração, o que deve ser feito logo no início do preenchimento. No caso de a última declaração ter sido retificada, é preciso substituir pelo número do recibo da última retificadora online. O Receitanet (programa para o envio da declaração) foi incorporado ao programa do IR 2019, não sendo necessária sua instalação em separado. A Receita informa, porém, que o serviço de recepção de declarações não funciona no período entre 1h e 5h da manhã (horário de Brasília). Quem é obrigado Quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018. O valor é o mesmo da declaração do IR do ano passado; Contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado; Quem obteve, em qualquer mês de 2018, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas; Quem teve, em 2018, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural; Quem tinha, até 31 de dezembro de 2018, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil; Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês do ano passado e nessa condição encontrava-se em 31 de dezembro de 2018; Quem optou pela isenção do imposto incidente em valor obtido na venda de imóveis residenciais cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias, contado da celebração do contrato de venda; Quem optar pela declaração simplificada abre mão de todas as deduções admitidas na legislação tributária, como aquelas por gastos com educação e saúde, mas tem direito a uma dedução de 20% do valor dos rendimentos tributáveis, limitada a R$ 16.754,34, mesmo valor do ano passado.
    Governo do RN quer perdoar R$ 29 milhões em IPVAs atrasados de motos

    Governo do RN quer perdoar R$ 29 milhões em IPVAs atrasados de motos


    Projeto de Lei foi encaminhado à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Atualmente, 50% da frota de 530 mil motocicletas está irregular. Motocicleta apreendidas pelo Detran Divulgação/Detran-RN O Governo do Rio Grande do Norte estima...


    Projeto de Lei foi encaminhado à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Atualmente, 50% da frota de 530 mil motocicletas está irregular. Motocicleta apreendidas pelo Detran Divulgação/Detran-RN O Governo do Rio Grande do Norte estima que deverá perdoar R$ 29 milhões em IPVA de motocicletas que estão inadimplentes no estado. A remissão das dívidas só deverá ser dada aos proprietários que pagarem o IPVA de 2019 e estiverem em dia com o licenciamento e o seguro DPVAT. Um projeto sobre o tema foi enviado à Assembleia Legislativa. De acordo com o governo, cerca de 50% da frota de 530 mil motocicletas com até 150 cilindradas, que serão as atendidas pela proposta, estão irregulares. Com a medida, o secretário de Tributação do Rio Grande do Norte, Carlos Eduardo Xavier, estima que o estado deverá receber R$ 14 milhões relativos ao imposto em 2019. Ele considera que a medida vai aumentar a regularização e o pagamento do IPVA deste ano em diante. "A gente não considera uma perda, porque esses débitos estão na dívida ativa e já não receberíamos grande parte deles. É bom para todo mundo, porque há uma regularização dos bens dos proprietários e nós arrecadamos mais", afirma. De acordo com o secretário, houve uma omissão governamental quanto à fiscalização desses veículos, ao longo dos anos, especialmente no interior do RN. Isso teria comprometido o índice de regularização. "Nunca houve fiscalização, as pessoas não pagavam e os débitos se avolumaram. Em muitos casos, os valores da dívida são maiores que os preços das motos", diz. "Tanto que, quando houve a intensificação da fiscalização, houve uma repercussão negativa, porque havia um alto índice de motocicletas que nunca pagaram IPVA, nem nenhuma taxa", acrescenta. Para ele, a medida é vantajosa para o trabalhador, que poderá manter sua motocicleta sem risco de apreensão, e a polícia poderá dar continuidade às operação de segurança no interior sem precisar apreender os automóveis irregulares. Regras proposta pelo governo para os proprietários terem acesso à remissão das dívidas de IPVA: Estar regularizado com o IPVA e a Taxa de Licenciamento Anual de Veículos de 2019 Estar regular com o Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT); Não apresentar multas em aberto Não ter impedimento no Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam)

    Assaltante morre após troca de tiros com a PM na Zona Sul de Natal


    Caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (18) no conjunto Cidade Satélite. Um assaltante morreu após trocar tiros com policiais militares na manhã desta quinta-feira (18) no conjunto Cidade Satélite, na Zona Sul de Natal. De acordo com a...

    Caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (18) no conjunto Cidade Satélite. Um assaltante morreu após trocar tiros com policiais militares na manhã desta quinta-feira (18) no conjunto Cidade Satélite, na Zona Sul de Natal. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito, que estava armado com um revólver, chegou em uma moto a uma academia na Avenida Xavantes, quando o proprietário abria o estabelecimento. Porém, ao perceber a situação, o dono da academia saiu correndo. A ação foi percebida por outras pessoas, que acionaram a PM. Viaturas foram ao local e fizeram um cerco, pelas ruas do bairro. Havia a suspeita de que o assaltante tinha feito uma refém dentro de uma casa. No entanto, segundo a polícia, o homem se deparou com os policiais no meio da rua e começou a atirar. Os policiais revidaram. Ferido, o homem ainda foi encaminhado ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, na Zona Leste, mas não resistiu e morreu. Com ele, foi apreendido um revólver com quatro munições, sendo três deflagradas.
    RN é o segundo estado que mais reduziu o número de homicídios no 1º bimestre de 2019

    RN é o segundo estado que mais reduziu o número de homicídios no 1º bimestre de 2019


    Estado teve 41,9% a menos de assassinatos em comparação com os dois primeiros meses de 2018. Secretário da Segurança, coronel Araújo destaca melhor panejamento e maior integração entre as forças policiais. Número de mortes no RN diminuiu mais...


    Estado teve 41,9% a menos de assassinatos em comparação com os dois primeiros meses de 2018. Secretário da Segurança, coronel Araújo destaca melhor panejamento e maior integração entre as forças policiais. Número de mortes no RN diminuiu mais de 41% no primeiro bimestre de 2019 Ney Douglas O Rio Grande do Norte foi o segundo estado com a maior redução no número de homicídios no 1º bimestre deste ano. De acordo com o Monitor da Violência do G1 – que analisa números de assassinatos em todo o Brasil – o RN teve 41,9% a menos de assassinatos em comparação com os dois primeiros meses de 2018. O Ceará foi o estado com a maior diminuição de mortes: 57,9%. No país, a redução foi de 25%. Nos dois primeiros meses deste ano, o RN registrou 212 homicídios (119 em janeiro e 93 em fevereiro), contra 365 contabilizados em 2018 (197 em janeiro e 168 em fevereiro). Secretário de Segurança fala sobre redução do número de homicídios no RN Em entrevista ao G1 (veja vídeo acima), o coronel Francisco Araújo Silva, secretário de Segurança Pública e da Defesa Social, falou sobre a redução. Segundo ele, a queda dos índices de criminalidade no estado "deve-se a um melhor panejamento e maior integração das forças policiais". "Tanto das instituições do estado como das instituições federais que estão aqui no Rio Grande do Norte, a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, as próprias Forças Armadas – o apoio do Ministério Público, do Poder Judiciário, a abnegação dos policiais nessas ações, um maior controle do sistema prisional e, também, o apoio inconteste do governo do estado a todas essas ações de nossas instituições", ressaltou. Brasil O Brasil teve uma queda de 25% no número de assassinatos nos dois primeiros meses deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. É o que mostra o índice nacional de homicídios criado pelo G1, com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal. Essa é a primeira parcial divulgada no ano. De acordo com a ferramenta, houve 6.856 mortes violentas no primeiro bimestre de 2019. O dado só não comporta o Paraná. O governo do estado informa que os números de janeiro e fevereiro ainda estão sendo tabulados para posterior divulgação. Tirando o Paraná, houve 9.094 assassinatos no mesmo período de 2018. Ou seja, uma queda de 25%. Brasil registra redução no número de mortes violentas no 1º bimestre Rodrigo Sanches/G1
    Encontro de trombonistas e espetáculo teatral são atrações do domingo (21) no Parque das Dunas em Natal

    Encontro de trombonistas e espetáculo teatral são atrações do domingo (21) no Parque das Dunas em Natal


    Apresentações dentro dos projetos Bosque Encena e Som da Mata são gratuitas. Acesso ao parque custa R$ 1. Encontro de trombonistas é uma das atrações do fim de semana no Parque das Dunas Divulgação O Parque das Dunas tem programação...


    Apresentações dentro dos projetos Bosque Encena e Som da Mata são gratuitas. Acesso ao parque custa R$ 1. Encontro de trombonistas é uma das atrações do fim de semana no Parque das Dunas Divulgação O Parque das Dunas tem programação cultural na manhã e na tarde do próximo domingo (21), com os projetos Bosque Encena e Som da Mata. Os eventos, que acontecem no anfiteatro Pau-brasil, são gratuitos e o público só paga o acesso ao parque, que custa R$ 1. Às 10h, o palco do Bosque Encena recebe Nara Kelly, do grupo Estação de Teatro apresentando o espetáculo 1, 2, 3... Conto outra vez! Através de histórias lúdicas a atriz se comunica com o público de um jeito especial, enquanto os convida a interagir com a trama de forma envolvente e divertida. Os enredos ganham cores e são intercalados com músicas, brincadeiras e trava-línguas. No período da tarde, às 16h30, haverá a abertura do VII Encontro de Trombonistas do RN. O Encontro acontecerá nos dias 21, 22 e 23 de abril próximos, tendo seu início no Som da Mata. Coordenado pelo professor Gilvando Pereira, o Azeitona, o evento que ocorre desde 2013 recebe músicos de todas as regiões do Brasil e já faz parte do calendário cultural potiguar. O homenageado deste ano é o pernambucano de nascimento, mas potiguar de coração, Gilberto Cabral. Os projetos acontecem graças à renúncia fiscal da Prefeitura do Natal através da Lei Djalma Maranhão. Serviço Local: Anfiteatro Pau-brasil | Parque das Dunas End: Av. Alexandrino de Alencar, s/nº – Tirol Dia: 21 de abril Hora: 10h e 16h30 Acesso ao Parque: R$ 1 – os eventos são gratuitos
    Volume de água no maior reservatório do RN tem a melhor marca dos últimos 4 anos

    Volume de água no maior reservatório do RN tem a melhor marca dos últimos 4 anos


    Em abril de 2015, barragem Armando Ribeiro Gonçalves estava com 30,44% de sua capacidade. No mesmo período deste ano, nível do reservatório chegou a 31,35%. Parede da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN Bruno Andrade O...


    Em abril de 2015, barragem Armando Ribeiro Gonçalves estava com 30,44% de sua capacidade. No mesmo período deste ano, nível do reservatório chegou a 31,35%. Parede da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN Bruno Andrade O volume de água no maior reservatório do Rio Grande do Norte alcançou a melhor marca dos últimos quatro anos, o que demonstra que as reservas hídricas do estado vêm se recuperando apesar dos últimos sete anos de chuvas abaixo da média histórica. Segundo o Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), em abril de 2015 a barragem Armando Ribeiro Gonçalves - que tem capacidade para até 2,4 bilhões de metros cúbicos - estava com 730,5 milhões (30,44% do total). Agora, de acordo com medição feita nesta quarta-feira (17), o volume atual é de 752,4 milhões, ou seja, 31,35% da capacidade total de armazenamento. Abaixo, veja a evolução do nível de água na barragem (%): Armando Ribeiro Maior reservatório do Rio Grande do Norte e o segundo do Nordeste, a barragem Armando Ribeiro Gonçalves tem suas comportas localizadas na cidade de Itajá, no Vale do Açu, e capacidade para 2,4 bilhões de metros cúbicos de água. Em fevereiro de 2018, a Armando Ribeiro chegou a menos de 11% de sua capacidade - nível mais baixo desde sua construção, em 1983 Anderson Barbosa e Fred Carvalho/G1 Mais cheios Dos 43 reservatórios potiguares com capacidade superior a 5 milhões de metros cúbicos de água, 6 deles estão totalmente cheios e outros 5 bem perto da capacidade máxima. São eles: Encanto, em Encanto: 100% Riacho da Cruz II, em Riacho da Cruz: 100% Mendubim, em Assu: 100% Beldroega, em Paraú: 100% Pataxó, em Ipanguaçu: 100% Lagoa do Boqueirão, em Touros: 100% Lagoa de Extremoz, em Extremoz: 93,39% Marcelino Vieira, em Marcelino Vieira: 91,17% Rodeador, em Umarizal: 82,94% Prata, em Goianinha: 81,87% Apanha Peixe, em Caraúbas: 75,5% Menos cheios Entre os reservatórios menos cheios, 6 estão totalmente vazios e outros 10 quase secos. São eles: Gargalheiras, em Acari: 0% Santana, em Rafael Fernandes: 0% Dourado, em Currais Novos: 0% Trairi, em Tangará: 0% Inharé, em Santa Cruz: 0% Japi II, em São José do Campestre: 0% Santa Cruz do Trairi, em Santa Cruz: 0,04% Esguicho, em Ouro Branco: 0,14% Passagem das Traíras, em São José do Seridó: 0,76% Pilões, em Pilões: 1,68% Itans, em Caicó: 1,72% Pau dos Ferros, em Pau dos Ferros: 1,84% Zangarelhas, em Jardim do Seridó: 2,52% Cruzeta, em Cruzeta: 2,86% Bonito II, em São Miguel: 4,99% Boqueirão de Angicos, em Afonso Bezerra: 7,8% Seca histórica Os últimos sete anos foram castigantes no interior do Rio Grande do Norte. Com chuvas abaixo da média histórica, o estado enfrenta a seca mais severa de todos os tempos. As chuvas que caem desde o início do ano até que aliviam o sofrimento do sertanejo, mas os efeitos da estiagem ainda são preocupantes. Dos 167 municípios potiguares, 148 estão em situação de emergência por causa da escassez de água – o que representa 88% do estado. Na lavoura e pecuária, por exemplo, os prejuízos somaram R$ 2,5 bilhões em 2018, segundo o governo do estado. De acordo com a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), atualmente cinco cidades (João Dias, Paraná, Pilões, São Miguel e Cruzeta) estão em colapso no bastecimento – que é quando a cobrança da conta é suspensa por não haver fornecimento – e outras 92 possuem algum sistema de rodízio.
    Vazamento em tubulação interrompe abastecimento de água em sete bairros de Natal

    Vazamento em tubulação interrompe abastecimento de água em sete bairros de Natal


    Equipes da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) trabalham no local para consertar a tubulação. Vazamento interrompe abastecimento de água em sete bairros de Natal Adonias Silva/G1/Arquivo Sete bairros de Natal estão com o...


    Equipes da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) trabalham no local para consertar a tubulação. Vazamento interrompe abastecimento de água em sete bairros de Natal Adonias Silva/G1/Arquivo Sete bairros de Natal estão com o abastecimento de água interrompido desde as 7h desta quarta-feira (17), por causa de vazamento na rede detectado na Rua dos Tororós, na altura da Avenida Nascimento de Castro. Equipes da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) trabalham no local para consertar a tubulação. Os bairros afetados são Quintas, Bom Pastor, Bairro Nordeste, Lagoa Nova, Morro Branco, Nova Descoberta e Lagoa Seca. De acordo com a Caern, o período de suspensão no abastecimento deve durar todo o dia, quando vai ser concluído o serviço. O sistema será religado e a previsão de regularização é de até 48h após o religamento.
    Problema em registro de reservatório suspende abastecimento de água em João Câmara, RN

    Problema em registro de reservatório suspende abastecimento de água em João Câmara, RN


    Previsão é de concluir o serviço de manutenção na manhã desta quinta-feira (18). Normalização do abastecimento se dará em 48 horas de funcionamento. Problema em registro de reservatório suspende abastecimento de água em João...


    Previsão é de concluir o serviço de manutenção na manhã desta quinta-feira (18). Normalização do abastecimento se dará em 48 horas de funcionamento. Problema em registro de reservatório suspende abastecimento de água em João Câmara Agência Brasil O abastecimento de água na cidade de João Câmara, interior potiguar, nesta quarta-feira (17). O motivo, segundo a Companhia de Águas e Esgotos (Caern), é um problema técnico no registro do reservatório apoiado do município. A previsão é de concluir o serviço de manutenção na manhã desta quinta-feira (18), ainda de acordo com a Caern, quando o sistema será religado. A normalização do abastecimento se dará em 48 horas de funcionamento.
    Mulher é morta a tiros em João Câmara, RN; ex-marido é suspeito do crime

    Mulher é morta a tiros em João Câmara, RN; ex-marido é suspeito do crime


    Assassinato aconteceu nesta quarta-feira (17), no bairro IPE. Februska Emanuely Ferreira tinha 34 anos e foi morta a tiros em João Câmara Facebook/Reprodução Uma mulher foi morta a tiros na cidade de João Câmara, interior do Rio Grande do Norte,...


    Assassinato aconteceu nesta quarta-feira (17), no bairro IPE. Februska Emanuely Ferreira tinha 34 anos e foi morta a tiros em João Câmara Facebook/Reprodução Uma mulher foi morta a tiros na cidade de João Câmara, interior do Rio Grande do Norte, nesta quarta-feira (17). De acordo com a Polícia Civil, o suspeito de ter atirado nela é o seu ex-marido. A vítima é Februska Emanuely Ferreira, de 34 anos. Ela era ASG no Hospital Regional de João Câmara. O crime aconteceu no bairro IPE. A Polícia Militar informou que o homem foi até a casa da ex-mulher, pegou os dois filhos do casal e levou para uma outra residência. Depois, foi ao encontro de Fabruska e atirou nela. Em seguida, ainda segundo a PM, o homem voltou até a casa onde deixou os filhos e saiu novamente com eles, uma adolescente de 14 anos e um menino de 3. Os dois foram encontrados em um terceiro imóvel, já sem o pai. A Polícia Militar realiza buscas na região para tentar encontrar o suspeito. Polícia Militar isolou a área do assassinato o Instituto Técnico-Científico de Perícia recolheu o corpo Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi
    Projeto de lei para regulamentar aplicativos de transporte em Natal prevê taxa sobre valor das viagens

    Projeto de lei para regulamentar aplicativos de transporte em Natal prevê taxa sobre valor das viagens


    Proposta ainda exige curso de formação para motoristas e permite que prefeitura limite número de profissionais cadastrados. Texto ainda é debatido na Câmara Municipal. Câmara de Natal discute projeto de lei que regulamenta transporte por...


    Proposta ainda exige curso de formação para motoristas e permite que prefeitura limite número de profissionais cadastrados. Texto ainda é debatido na Câmara Municipal. Câmara de Natal discute projeto de lei que regulamenta transporte por aplicativos Wellington Roberto/G1 Os motoristas de aplicativo de transporte de passageiros deverão passar por um curso de formação e ser registrados na Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal, para poder exercer a atividade na cidade. Estas são algumas das propostas do projeto de lei que visa regulamentar o serviço na capital potiguar. Entre as mudanças, ela também cria uma taxa de 1% sobre o valor de cada viagem, paga ao poder público municipal. A taxa deverá ser a título de "Uso do Sistema Viário Urbano" e a soma, paga ao município mensalmente. Caso as empresas não paguem o valor, poderão perder o credenciamento junto ao poder público. Outra mudança prevista pelo texto é a possibilidade de limitação do número de motoristas exercendo a atividade na capital, que deverá ser definida pelo poder público municipal após estudos técnicos. De acordo com a proposta, após um ano da publicação da lei, a secretaria deverá fazer um trabalho técnico abordando os impactos ambientais, econômicos e de mobilidade urbana, gerado pelo serviço. "Caso a autoridade pública entenda pela necessidade da adoção de política de limitação do número de condutores no sistema dos PRTs (as empresas), as plataformas deverão cumprir a determinação no prazo razoável a ser fixado pelo órgão competente. A política de limitação mencionada (...) deverá ser revista pelo Poder Público após o seu primeiro ano de implementação, e, posteriormente, a qualquer tempo, ocasião em que poderá deliberar pela redução ou aumento do número de condutores". De acordo com a vereadora Nina Souza (PDT), que é autora do substitutivo ao projeto protocolado inicialmente pelo então vereador Sandro Pimentel (Psol), atualmente deputado estadual, as mudanças apresentadas por ela adequam a proposta à a Lei Federal nº 13.640, aprovada no ano passado. O texto já passou pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal e agora se encontra na Comissão de Finanças. Antes de ser analisada pelo plenário, a matéria ainda deverá passar pela Comissão de Planejamento Urbano e Transporte. "Nossa ideia é que ela chegue ao plenário antes do recesso parlamentar do meio do ano", afirma a vereadora. Embora a competência para legislar sobre o assunto seja dos municípios, ela também defende uma atuação do Governo do Estado para liderar politicamente a regulamentação dos serviços nos demais municípios da região metropolitana. "Os municípios, inclusive, podem usar nossa minuta para embasar suas leis", considera. A proposta também estabelece prazos. Se aprovada da forma como está, as empresas, que são denominadas Provedores de Rede de Transporte (PRTs) terão 30 dias, após a publicação da lei, para requerer credenciamento à prefeitura e 90 dias, ou três meses, para para compartilhar as informações relativas aos condutores e veículos cadastrados com a prefeitura. Os motoristas ainda terão 180 dias para adequar os veículos às exigências. Os carros só poderão ter até 10 anos, por exemplo. "A exploração do serviço de transporte remunerado privado individual de passageiros sem o cumprimento do disposto na legislação federal e nesta Lei caracterizará transporte ilegal de passageiros para todos os efeitos legais", prevê a proposta de lei.
    Operação prende 13 suspeitos e apreende adolescentes em ação contra facções e tráfico de drogas no RN

    Operação prende 13 suspeitos e apreende adolescentes em ação contra facções e tráfico de drogas no RN


    Ação conjunta da Polícia Civil e da Polícia Militar foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (17) em Goianinha, na região Agreste potiguar. Operação teve participação das polícias Civil e Militar Divulgação/Polícia Civil Uma...


    Ação conjunta da Polícia Civil e da Polícia Militar foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (17) em Goianinha, na região Agreste potiguar. Operação teve participação das polícias Civil e Militar Divulgação/Polícia Civil Uma operação conjunta deflagrada pelas Polícias Civil e Militar nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (17) terminou com a prisão de 13 adultos e apreensão de três adolescentes em Goianinha, na região Agreste potiguar. De acordo com a Polícia Civil, a ação visava a prisão de suspeitos de integrarem facções criminosas e atuarem no tráfico de drogas na cidade. A ação envolveu cerca de 150 policiais militares e civis e cumpriu 20 mandados de busca e apreensão, além de 15 de prisão. Além das prisões realizada com mandados, também houve flagrantes. De acordo com o delegado-geral adjunto, Odilon Teodósio, os presos são suspeitos de crimes contra patrimônio, arrastões, roubo de celulares, homicídios, entre outros crimes. "Foram apreendidas pequenas quantidades de drogas porque eles são varejistas, já vendem a droga que recebem dos grandes traficantes", explicou. De acordo com ele, a expectativa é de redução da criminalidade na região. Operação prendeu 13 suspeitos e apreendeu adolescentes em ação contra facções e tráfico de drogas no RN Divulgação/Polícia Civil
    Bancos e comércio de rua fecham na Sexta da Paixão em Natal; shoppings têm horário diferenciado

    Bancos e comércio de rua fecham na Sexta da Paixão em Natal; shoppings têm horário diferenciado


    Supermercados da capital devem funcionar das 7h às 21h no feriado. Comércio volta ao horário normal de funcionamento no sábado (20). Lojas na Cidade Alta fecharão durante feriado da Sexta da Paixão, em Natal Heloísa Guimarães/Inter TV...


    Supermercados da capital devem funcionar das 7h às 21h no feriado. Comércio volta ao horário normal de funcionamento no sábado (20). Lojas na Cidade Alta fecharão durante feriado da Sexta da Paixão, em Natal Heloísa Guimarães/Inter TV Cabugi O feriadão da Semana Santa será da sexta-feira (19) ao domingo (21), mas apenas a Sexta da Paixão, como a ocasião é conhecida, deverá ter alteração nos horários de funcionamento do comércio de Natal. A Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL Natal) divulgou o funcionamento dos estabelecimentos comerciais da capital, na data. Veja abaixo. No sábado (20), as atividades voltam ao horário normal de funcionamento, e no domingo, os shoppings funcionam em horário especial como de costume, com praças de alimentação abertas a partir das 11h e lojas e quiosques das 13h às 21h. Funcionamento do comércio na Páscoa Sexta-feira (19) Comércio de Rua Alecrim: Lojas fechadas. Centro da Cidade: Lojas fechadas Zona Norte: Lojas fechadas. Shopping Midway Mall Alimentação e Lazer: 11h às 22h Lojas de Departamento: de 13h às 21h Demais lojas: de 15h às 21h Natal Shopping Alimentação e Lazer: 11h às 22h Quiosques de Alimentação: 13h às 21h Âncoras | Megalojas: 13h às 21h Fórmula Academia: 09h às 15h Demais Lojas/Quiosques: 15h às 21h Praia Shopping Praça de Alimentação e Lazer: A partir das 11h. Lojas e Quiosques: 15h às 21h Shopping Cidade Jardim Praça de Alimentação: A partir das 11h Lojas e Quiosques: 15 às 21h Shopping Via Direta Totalmente fechado Partage Norte Shopping Natal Praça de Alimentação e Lazer: 12 às 21h. Lojas e Quiosques: 12 às 21h O Carrefour abrirá das 07h às 21h Smart Fit funcionará das 09h às 15h. Shopping 10 Totalmente fechado Supermercados 7h às 21h Bancos Fechados.
    Polícia Civil prende suspeito de envolvimento na morte de detento e criança de 3 anos na Grande Natal

    Polícia Civil prende suspeito de envolvimento na morte de detento e criança de 3 anos na Grande Natal


    Segundo delegado, o detento que foi morto seria de uma facção rival a do pai da criança. Um outro suspeito do crime teria sido morto como represália. Detento dentro estava dentro de um carro com uma mulher e dois filhos dela na principal rua de...


    Segundo delegado, o detento que foi morto seria de uma facção rival a do pai da criança. Um outro suspeito do crime teria sido morto como represália. Detento dentro estava dentro de um carro com uma mulher e dois filhos dela na principal rua de Cajupiranga, em Parnamirim, na Grande Natal Rafael Fernandes/Inter TV Cabugi Policiais civis prenderam na manhã desta quarta-feira (17) um homem suspeito de envolvimento na morte de um detento e de uma criança de 3 anos, crime ocorrido na noite desta terça-feira (16) em Cajupiranga, bairro de Parnamirim, na Grande Natal. As vítimas foram baleadas dentro de um carro. O veículo foi perseguido por um outro automóvel, de onde partiram os disparos. O homem morreu na hora. Já a criança, ainda chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Deoclécio Marques. O presidiário morto foi identificado como Hilton da Silva Oliveira, de 26 anos. Ele respondia por um crime de homicídio e era monitorado por uma tornozeleira eletrônica. Já a criança, foi identificada como Arthur Emanuel Alves Fernandes, de 3 anos. No carro também estavam a mãe do menino e uma outra criança. A mulher foi ferida no braço, mas não corre risco de morte. A outra criança não foi atingida. Ao G1, o delegado Cidórgeton Pinheiro confirmou que o homem preso nesta manhã participou da execução. Já um segundo suspeito, que também estava no carro, teria sido morto como represália por ter matado a criança, já que o verdadeiro alvo seria apenas o detento. A polícia trabalha na tentativa de confirmar a informação e encontrar o corpo. Ainda segundo o delegado, o detento Hilton da Silva Oliveira seria membro de uma facção rival a do pai da criança, que está preso no sistema carcerário. "São informações que também estamos investigando", acrescentou Cidórgeton.
    Missa dos Santos Óleos acontece nesta quinta (17) na Catedral Metropolitana de Natal

    Missa dos Santos Óleos acontece nesta quinta (17) na Catedral Metropolitana de Natal


    Mais de 150 sacerdotes, da Arquidiocese de Natal, devem participar da celebração religiosa, que começa às 8h. Celebração da Semana Santa na Catedral Metropolitana de Natal Divulgação/Arquidiocese O arcebispo Dom Jaime Vieira Rocha vai...


    Mais de 150 sacerdotes, da Arquidiocese de Natal, devem participar da celebração religiosa, que começa às 8h. Celebração da Semana Santa na Catedral Metropolitana de Natal Divulgação/Arquidiocese O arcebispo Dom Jaime Vieira Rocha vai presidir a Missa do Crisma, conhecida popularmente como ‘Missa dos Santos Óleos’, nesta quinta-feira (18), às 8h, na Catedral Metropolitana de Natal. A celebração tradicional na Semana Santa é a última antes do Tríduo Pascal e deve contar com a participação de todos os padres da Arquidiocese, além de diáconos, religiosos e fiéis leigos. Durante o ritual, são abençoados os óleos dos catecúmenos e dos enfermos e será consagrado o óleo do Crisma, utilizados pelas paróquias nos Sacramentos do Batismo, Unção dos Enfermos e Crisma, ao longo do ano. Nessa missa, também é celebrada a Unidade da Igreja, na qual o bispo reúne o clero, religiosos e leigos, em torno do altar. Nela, os padres renovam suas promessas sacerdotais e os fiéis leigos se compromete a rezar pelo bispo. Significado dos Santos Óleos Óleo do Crisma É uma mistura de óleo de oliveira e bálsamo do Oriente, significando plenitude do Espírito Santo, revelando que o cristão deve irradiar a força e o perfume de Cristo. É usado no sacramento da Confirmação (Crisma), quando o cristão é confirmado na graça e no dom do Espírito Santo, para viver como adulto na fé. Este óleo é usado também no Sacramento da Ordem (diaconato e sacerdócio). A cor que representa esse óleo é o branco. Assim, a ampola que o contém é revestida de um véu branco. Óleo dos Catecúmenos Catecúmenos são os que se preparam para receber o Batismo. Este óleo significa a força de Deus que penetra no catecúmeno (como o óleo que penetra em seu coração), o liberta e prepara para o nascimento pela água e pelo Espírito. A cor do véu que reveste a ampola ou o vaso que o contém é vermelha. Óleo dos Enfermos É usado no sacramento dos enfermos. Este óleo significa a força do Espírito de Deus para a provação na doença, para o fortalecimento da pessoa a fim de enfrentar a dor e, inclusive a morte, se for vontade de Deus. A cor do véu que cobre a ampola é roxa. Serviço Missa do Crisma (Santos Óleos) Data: 18 de abril, às 8 horas Local: Catedral Metropolitana de Natal
    Operação prende suspeito de assaltar agências bancárias em Porto Calvo; veja vídeo do crime

    Operação prende suspeito de assaltar agências bancárias em Porto Calvo; veja vídeo do crime


    Ação envolveu policiais de três estados. Suspeito é investigado por fazer parte de um grupo que explodiu caixas eletrônicos, metralhou delegacia e o GPM da cidade, além de fazer reféns. Vídeo mostra bandidos assaltando banco em AL Uma...


    Ação envolveu policiais de três estados. Suspeito é investigado por fazer parte de um grupo que explodiu caixas eletrônicos, metralhou delegacia e o GPM da cidade, além de fazer reféns. Vídeo mostra bandidos assaltando banco em AL Uma operação envolvendo policiais civis de três estados do Nordeste prendeu um homem suspeito de assaltar agências bancárias no município de Porto Calvo, no interior de Alagoas. A Polícia Civil divulgou gravações de câmeras de segurança que mostram as ações criminosas (veja no vídeo acima). A prisão dele foi divulgada nesta quarta-feira (17) pelo delegado Fábio Costa, da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic). A ação mobilizou agentes do Rio Grande do Norte, Pernambuco e Alagoas. Ele foi detido em São José do Mipibu, no Rio Grande do Norte. Em um vídeo gravado pela polícia ele confessa o roubo em Porto Calvo. O crime aconteceu em fevereiro deste ano. No dia, agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica foram explodidas. Além disso, a delegacia da cidade e o prédio do Grupo de Policiamento Militar (GPM) foram metralhados, grampos espalhados pela rodovia e pessoas feitas reféns pelos assaltantes. Segundo as investigações, além destes assaltos, o homem é investigado por outros roubos a bancos e também veículos. Além dele, outras pessoas também estão sendo investigadas, mas elas ainda não foram presas. O suspeito está à disposição da Justiça. A Polícia Civil informou que vai continuar investigando os outros suspeitos do grupo. A ação policial é resultado da integração entre as delegacias especializadas de repressão a ataques a bancos no Nordeste, filosofia que vem sendo implantada pela Seção de Roubo a Banco (Serb), da Deic. De acordo com o delegado Cayo Rodrigues, titular da Serb, os grupos empenhados na prática de roubos a bancos têm se apresentado a cada dia mais organizados e com a característica da interestadualidade, sendo que fundamental o intercâmbio de informações e a colaboração entre as polícias civis dos estados no enfrentamento dessa espécie de crime. Imagens dos assaltos a agências bancárias em Porto Calvo, Alagoas, foram divulgadas pela polícia Polícia Civil/Divulgação Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Acusados de planejar morte de radialista no RN são condenados a 14 anos de prisão

    Acusados de planejar morte de radialista no RN são condenados a 14 anos de prisão


    F. Gomes foi assassinado em 2010, em Caicó. Ex-pastor evangélico, Gilson Neudo segue em regime fechado. Já ao comerciante Lailson Lopes, o ‘Gordo da Rodoviária, foi concedido o direito de aguardar o recurso do julgamento em liberdade. Radialista...


    F. Gomes foi assassinado em 2010, em Caicó. Ex-pastor evangélico, Gilson Neudo segue em regime fechado. Já ao comerciante Lailson Lopes, o ‘Gordo da Rodoviária, foi concedido o direito de aguardar o recurso do julgamento em liberdade. Radialista F. Gomes foi morto em 2010, em Caicó Paulo Júnior/Cedida Após ser adiado quatro vezes, enfim foi concluído na noite desta terça-feira (16) o júri popular unificado do ex-pastor evangélico Gilson Neudo Soares do Amaral e do comerciante Lailson Lopes, o ‘Gordo da Rodoviária – ambos acusados de planejar a morte do radialista Francisco Gomes de Medeiros, o F. Gomes, assassinado a tiros em 18 de outubro de 2010 na cidade de Caicó, na região Seridó potiguar. Os réus foram condenados a 14 anos de prisão por homicídio duplamento qualificado. Gilson Neudo Soares do Amaral, ex-pastor evangélico, e Lailson Lopes, o 'Gordo da Rodoviária' Rosivan Amaral e Willacy Dantas O julgamento aconteceu no Fórum Desembargador Miguel Seabra Fagundes, no bairro de Lagoa Nova, Zona Sul de Natal. Gilson, que já estava preso, segue no regime fechado dando cumprimento à pena. Já ao comerciante, foi concedido o direito de aguardar o recurso do julgamento em liberdade. Ao todo, 14 testemunhas prestaram depoimento durante o júri. A acusação coube ao promotor Augusto Azevedo, que preferiu não comentar o caso. O crime Francisco Gomes de Medeiros tinha 46 anos e trabalhava na rádio Caicó AM. Ele foi assassinado na noite de 18 de outubro de 2010, deixando mulher e três filhos. 'F. Gomes', como era mais conhecido, foi atingido por três tiros de revólver na calçada de casa, na rua Professor Viana, no bairro Paraíba, lá mesmo em Caicó. Vizinhos ainda o socorreram ao hospital da cidade, mas o radialista não resistiu aos ferimentos. Consórcio Segundo o Ministério Público, os acusados de participação na morte de F. Gomes fazem parte de um 'consórcio' de pessoas que se uniram com um propósito: eliminar o comunicador. Inicialmente, foram denunciados o mototaxista João Francisco dos Santos, mais conhecido como 'Dão', o comerciante Lailson Lopes, o ex-pastor Gilson Neudo, o advogado Rivaldo Dantas de Farias, o tenente-coronel da PM Marcos Antônio de Jesus Moreira e o soldado da PM Evandro Medeiros. Estes dois últimos não foram pronunciados e, consequentemente, acabaram excluídos do processo. Rivaldo Dantas Também denunciado como mandante do crime, o advogado Rivaldo Dantas de Farias foi igualmente sentenciado a ir para o banco dos réus, mas aguarda em liberdade a Justiça definir uma data para o júri popular. Dão O mototaxista João Francisco dos Santos, mais conhecido como 'Dão', admitiu ter puxado o gatilho. Como autor material do crime, ele foi condenado a 27 anos de prisão em regime fechado. O julgamento aconteceu no dia 6 de agosto de 2013. A defesa dele recorreu da decisão e o Tribunal de Justiça reduziu a pena para 21 anos.
    Homem e menino de 3 anos de idade são mortos a tiros na Grande Natal

    Homem e menino de 3 anos de idade são mortos a tiros na Grande Natal


    Mãe da criança também foi atingida, no braço, e seguiu para o Hospital Deoclécio Marques. Homem estava dentro de um carro com uma mulher e as duas crianças na principal rua de Cajupiranga, em Parnamirim Rafael Fernandes/Inter TV Cabugi Um homem...


    Mãe da criança também foi atingida, no braço, e seguiu para o Hospital Deoclécio Marques. Homem estava dentro de um carro com uma mulher e as duas crianças na principal rua de Cajupiranga, em Parnamirim Rafael Fernandes/Inter TV Cabugi Um homem e uma criança de 3 anos de idade foram mortos a tiros no final da tarde desta terça-feira (16) em Cajupiranga, bairro da cidade de Parnamirim, na Grande Natal. A mãe do menino também foi atingida, no braço, e seguiu com ele para o Hospital Deoclécio Marques. O menino morreu depois de dar entrada na unidade. Uma outra criança também estava no local com os demais, mas não foi atingida pelos tiros. Polícia Civil foi acionada e enviou uma equipe até Cajupiranga Rafael Fernandes/Inter TV Cabugi De acordo com a Polícia Militar, o casal e as crianças estavam dentro de um carro, que foi perseguido por um outro veículo, de cor vermelha. Quando os quatro pararam com o automóvel na Rua Gilberto Roberto Gomes, a principal de Cajupiranga, pessoas que estavam no carro vermelho atiraram várias vezes contra eles. O homem morreu na hora. Ainda segundo a PM, ele usava uma tornozeleira eletrônica. O menino atingido foi socorrido ao hospital em estado grave junto com a mãe, no entanto morreu. A mulher não corre perigo de morte. Mãe e menino foram levados para o Hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim Alessandro Sousa/Inter TV Cabugi
    Ações impulsionam Turismo em Natal

    Ações impulsionam Turismo em Natal


    Prefeitura de Natal promove ações para impulsionar fluxo turístico. Parcerias em voos internacionais e revitalização do Centro Histórico estão entre as iniciativas. O prefeito Álvaro Dias participa ao lado de autoridades de evento de...


    Prefeitura de Natal promove ações para impulsionar fluxo turístico. Parcerias em voos internacionais e revitalização do Centro Histórico estão entre as iniciativas. O prefeito Álvaro Dias participa ao lado de autoridades de evento de divulgação do voo charter Natal-Amsterdã, que começa a ser operado em novembro PMN/Secom Principal atividade econômica da cidade, o Turismo vem sendo tratado como prioridade pela Prefeitura de Natal. Diversas ações estão em execução desde o início do ano para alavancar o destino Natal, atraindo mais visitantes e movimentando toda a cadeia produtiva. A gestão municipal ampliou as ações de divulgação em feiras e eventos do gênero, bem como tem investido em eventos e executado intervenções na cidade para ampliar o fluxo turístico na capital potiguar. O reflexo desse trabalho foi trazido em conquistas importantes. Uma delas vai garantir a Natal dois voos charters semanais diretamente da Holanda e com capacidade de 360 passageiros a cada sete dias. Os voos começam a ser operados em novembro deste ano e vão se estender até o mês de abril de 2020. A expectativa, segundo projeções da Federação do Comércio do Estado, é de movimentar cerca de R$ 56,6 milhões na economia local. Além disso, o prefeito Álvaro Dias participou  da Bolsa Internacional de Turismo de Lisboa (BTL 2019), o maior evento de promoção turística de Portugal. Na oportunidade, ele visitou o estande da Embratur e aproveitou para discutir o apoio à realização do International Travel Academy, em parceria com a Associação das Agências de Viagens de Portugal (Apavt), para trazer 300 agentes de viagens portugueses para Natal na segunda quinzena de outubro. Na BTL, o prefeito também conversou com a diretoria da TAP para buscar a implementação de um voo diário entre Natal e Lisboa. Outra iniciativa da Prefeitura em favor do Turismo foi a campanha “Tudo Começa Azul”, realizada em uma parceria entre a Secretaria Municipal de Turismo, Companhia Azul Linhas Aéreas, Governo do Estado, Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do RN (ABIH-RN) e apoio da Luck Receptivo Iniciada no último mês de novembro e indo até o final de abril, a ação está obtendo resultados muito positivos. Foi registrado um aumento de mais de 40% em vendas para o RN após a campanha. Ao todo, foram 12 cidades percorridas com workshops de capacitação para mais de 1.200 agentes de viagens, além de anúncios nas quatro primeiras edições da Azul Magazine de 2019 e o bônus de ter o Rio Grande do Norte na capa da revista de março. A Prefeitura também atua na promoção de eventos. O Carnaval é um dos símbolos dessa política voltada não só para a promoção da Cultura, como também ligada ao fortalecimento do Turismo. A edição deste ano da festa foi considerada a maior e mais organizada dos últimos anos, contando com uma pujante participação popular — quase 600 mil pessoas, ao todo — não só de natalenses, mas como de turistas que vieram até a cidade para curtir a festa. O evento também gerou uma movimentação de R$ 71,5 milhões na capital potiguar. A revitalização do Beco da Lama, na Cidade Alta, também está contribuindo para o Turismo em Natal. Desde que os serviços foram finalizados no local, notadamente houve um aumento de visitantes que vão até o espaço apreciar o grande trabalho feito pelos artistas do movimento do grafite. O prefeito de Natal, Álvaro Dias, comenta esse bom momento vivido pelo Turismo da cidade e destaca a participação da administração municipal nesse movimento de valorização e fortalecimento do setor que tem uma importância social e econômica muito forte para a cidade. “Mais de 50% do PIB de Natal é oriundo do Turismo e das mais de 50 atividades econômicas ligadas ao setor. É preciso que o poder público atue para valorizar, movimentar e fazer crescer essa rede. A nossa gestão está fazendo todo o possível para garantir Natal como um dos principais destinos Turísticos do país e do mundo. Não mediremos esforços para cumprir esse objetivo”, afirma o prefeito. O Beco da Lama é uma das ações empreendidas pela Prefeitura para tornar o Centro Histórico um novo ponto de interesse turístico Alex Régis

    Professores lançam projeto de combate a fake news em escolas públicas de Mossoró, RN


    Serão realizados oito encontros, com palestras e oficinas, com turmas do 9° ano de duas escolas estaduais. Estudantes das escolas estaduais Lavoisier Maia e Cônego Estevão Dantas, em Mossoró, Oeste potiguar, participarão de um projeto escolar de...

    Serão realizados oito encontros, com palestras e oficinas, com turmas do 9° ano de duas escolas estaduais. Estudantes das escolas estaduais Lavoisier Maia e Cônego Estevão Dantas, em Mossoró, Oeste potiguar, participarão de um projeto escolar de combate à difusão de notícias falsas. O projeto "É fake? Tô fora" será lançado nesta quarta-feira (17)), às 14h, no auditório do Sesc Mossoró. A coordenação da atividade é da professora da rede estadual de ensino Stella Sâmia, junto com o jornalista e professor do curso de Jornalismo da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, Esdras Marchezan. De acordo com a organização, o projeto consiste na realização de oito encontros, com palestras e oficinas, com turmas do 9° ano das duas escolas. Os eventos vão debater sobre temas relacionados ao combate às “fake news” e o papel cidadão na comunicação. “A ideia nasceu junto com meu projeto de dissertação, no qual estou trabalhando a questão do letramento midiático na escola. Daí nasceu a vontade de tornar este trabalho uma ação maior”, explica Stella Sâmia, que está concluindo o Mestrado Profissional em Letras na UERN. Na execução do projeto, a professora terá apoio de estudantes do curso de Jornalismo da UERN, coordenados pelo professor Esdras Marchezan. Os alunos fazem parte do Laboratório de Narrativas Hipermídia (HiperLAB UERN), projeto de extensão da graduação. “A intenção é contribuir com a formação de um leitor crítico, capaz de identificar fake news, e ético, que tenha a consciência de não propagar inverdades”, acrescenta a professora Stella.
    Consumidores de Natal e Mossoró devem gastar mais nesta Páscoa, diz Fecomércio

    Consumidores de Natal e Mossoró devem gastar mais nesta Páscoa, diz Fecomércio


    Na capital potiguar, o consumidor irá desembolsar em média R$ 94,82. Já na segunda maior cidade do estado, o valor médio ficou em R$ 88,70. Ovos de chocolate são os produtos preferidos na Páscoa Reprodução/Inter TV Consumidores de Natal e...


    Na capital potiguar, o consumidor irá desembolsar em média R$ 94,82. Já na segunda maior cidade do estado, o valor médio ficou em R$ 88,70. Ovos de chocolate são os produtos preferidos na Páscoa Reprodução/Inter TV Consumidores de Natal e Mossoró devem gastar mais nesta Páscoa. É o que aponta pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio (IPDC) da Federação do Comércio do Rio Grande do Norte (Fecomércio-RN). Na capital potiguar, o consumidor irá desembolsar em média R$ 94,82 (ano passado o valor médio foi de R$ 88,10). Já na segunda maior cidade do estado, o valor médio ficou em R$ 88,70 (ano passado foi R$ 83,91). Natal Em Natal, 652 pessoas foram entrevistadas nas quatro zonas urbanas da cidade. Deste total, 59% responderam que irão comprar produtos de páscoa este ano. Os demais entrevistados (41%) disseram que não vão gastar - ou por não terem dinheiro, ou por falta de costume de presentear nesta data, ou porque estão desempregados ou apenas preferem poupar. Os dados mostram ainda que 38,3% dos entrevistados pretendem gastar entre R$ 51 e R$ 100 com as compras de presentes de Páscoa este ano. Outros 36,3% pretendem gastar até R$ 50. Como de costume, o chocolate será o principal produto a ser comprado (90,1%), se dividindo entre ovos de páscoa (65,7%), caixas de bombons (27,4%), barras de chocolates (11%), cestas de chocolates (6,1%) e chocolates caseiros (2,3%). Os filhos (43,1%), pais (26,8%), companheiro (a) (25,7%), sobrinhos (17,7%), afilhados (9,4%), netos (8,8%), irmãos (7,5%) e amigos (3,4%) serão os mais presenteados este ano. Os locais onde 47,8% que os entrevistados irão procurar fazer suas compras serão os supermercados e as lojas especializadas em chocolates do comércio de rua, enquanto que as compras nos supermercados e em lojas especializadas localizadas nos shoppings serão a preferência de 41,4% dos consumidores. Para garantir a compra, o comerciante deve se preocupar em oferecer um bom preço, promoções e ofertas, sendo este item o que mais importa a 57,7% dos consumidores, seguidos pela marca do produto (33,5%), brindes (4,7%), localização do estabelecimento (3,4%), formas de pagamentos (2,3%). Além disso, 76,7% dos entrevistados irão realizar pesquisa de preço para a Páscoa. Outro segmento que tem movimentação econômica na Semana Santa é o de Pescados e, de acordo com o IPDC/Fecomércio RN, 74,2% dos consumidores natalenses pretendem consumir peixes e crustáceos durante essa Semana Santa, gastando em média R$ 65,51. A grande maioria dos consumidores entrevistados (72,4%) pretende comemorar a Páscoa em casa, 20% irão para casa de parentes, 2,4% para casa de amigos. Os 22,7% dos entrevistados que afirmaram terem pretensões de viajar, pretendem ir ao interior do estado (62,4%), litoral do RN (18,8%), seguidos da viagem a outros estados brasileiros (18,8%). Mossoró Dos 500 mossoroenses que foram entrevistados, 58,4% pretendem comprar algum produto para presentear durante o período da Páscoa. O número constatado na pesquisa deste ano foi maior do que no ano passado (56,7%). Seguindo os natalenses, 9 em cada 10 consumidores pretendem presentear com chocolates (89,4%), tendo a preferência por ovos de páscoa (74,8%); caixa de bombons (11%); cesta de chocolates (4,8%); barras de chocolate (3,4%); chocolates caseiros (1,7%); além de outros tipos (1,4%). Os mais lembrados para presentear nesta Páscoa serão os filhos (46,4%), seguidos do companheiro (a) (28,1%), dos sobrinhos (17,2%), dos pais (11,6%), dos netos (11,3%), dos irmãos (7%), dos amigos (5,6%) e dos afilhados (5%). Mesmo com a intenção de gastar mais, os mossoroenses (77,2%) irão fazer pesquisas de preços dos produtos antes de fazer a compra, sejam nas lojas especializadas e supermercados do comércio de rua (64,7%) ou nas lojas especializadas do shopping (24,4%). O fator que mais irá interferir na escolha do local de compra são os preços, ofertas e promoções (57%). A pesquisa indica que 77,6% dos consumidores pretendem comprar peixes para a ocasião, sendo os peixes mais desejados pelos mossoroenses: tilápia (52,3%), corvina (5,7%), bacalhau (5,2%), cioba (4,9%), dourado (4,9%), serra (3,9%) e atum (3,4%). A média dos gastos com peixes ficou em R$ 61,03. Considerando o local de celebração, 72,3% pretendem celebrar a Páscoa em casa, 21% na casa de parentes e 2,2% na casa dos amigos. Foi questionada a intenção dos mossoroenses de viajar para aproveitar o feriado prolongado, porém 77,9% não pretende viajar. A pesquisa mostra que 22,1% dos consumidores mossoroenses deverão viajar neste período, irão visitar parentes e amigos (62,5%) ou conhecer uma nova cidade (29,9%), seja ela no interior (41%), o litoral (38,9%) do estado, ou outros estados (20,1%).
    Hotelaria estima ocupação de 81% durante a Semana Santa em Natal

    Hotelaria estima ocupação de 81% durante a Semana Santa em Natal


    Já em Pipa, este ano houve queda. A ocupação é de 70%, preocupando o setor. Isso porque em 2018 a média de ocupação foi de 84%, de acordo com a ABIH-RN. Via Costeira é a região que concentra mais hoteis em Natal Canindé Soares/Cedida A...


    Já em Pipa, este ano houve queda. A ocupação é de 70%, preocupando o setor. Isso porque em 2018 a média de ocupação foi de 84%, de acordo com a ABIH-RN. Via Costeira é a região que concentra mais hoteis em Natal Canindé Soares/Cedida A expectativa da ocupação da rede hoteleira em Natal na Semana Santa é de 81%, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte (ABIH-RN). Os números foram divulgados nesta terça-feira (16). José Odécio, presidente da ABIH-RN, lembra que no ano passado as reservas chegaram a 72% em Natal. Já em Pipa, em Tibau do Sul, este ano houve queda. A ocupação é de 70%, preocupando o setor. Isso porque em 2018 a média de ocupação foi de 84%. Em Mossoró, no Oeste potiguar, os índices indicam uma elevação nos leitos e ao todo somam 75% na acomodação. Para o presidente da ABIH-RN, o futuro do turismo potiguar preocupa. “Qualquer perda, por menor que seja no setor, é significativa. O Turismo era o setor com maior participação na economia formal do estado. Infelizmente a economia está preocupada devido ao alto valor das passagens aéreas”, afirma.

    Professores do Projovem Urbano estadual estão com salários atrasados desde janeiro no RN


    De acordo com a Secretaria de Educação do Estado, recurso federal já está em caixa, mas não foi repassado por causa de "trâmite processual". Professores do programa Projovem Urbano que dão aulas dentro e fora de presídios do estado estão sem...

    De acordo com a Secretaria de Educação do Estado, recurso federal já está em caixa, mas não foi repassado por causa de "trâmite processual". Professores do programa Projovem Urbano que dão aulas dentro e fora de presídios do estado estão sem receber salários desde janeiro deste ano. A informação foi repassada ao G1 por profissionais, que reclamam da situação. Em nota, a Secretaria de Educação confirmou o atraso. O programa de educação de jovens conta com parcerias do governo federal com estados e municípios. O caso específico abrange os profissionais contratados pelo Estado. São 14 professores e 4 formadores que atuam na parte administrativa do projeto e que estão sem receber o pagamento. Eles atendem a um público de 110 estudantes, em duas turma, sendo uma dentro da penitenciária de Alcaçuz e outra na cidade de Nísia Floresta. Cada um dos profissionais recebe um salário bruto de R$ 2.400, repassado ao estado pelo Governo Federal. Em nota, a Secretaria da Educação e da Cultura informou que o recurso para pagamento dos professores está "assegurado" e que o atraso foi provocado por questões burocráticas. "O pagamento ainda não ocorreu por conta do tramite processual entre as pastas da Educação e Administração. A expectativa é que essa situação seja resolvida nos próximos dias", informou a pasta. O programa, que tem como objetivo oferecer a conclusão do ensino fundamental para jovens de 18 a 29 anos de idade, começou a ser aplicado na Penitenciária Estadual de Alcaçuz em 2013.
    Tarifas de energia do Rio Grande do Norte terão reajuste médio de 4,73%, diz Aneel

    Tarifas de energia do Rio Grande do Norte terão reajuste médio de 4,73%, diz Aneel


    Reajuste pode ser aplicado a partir do dia 22 de abril. Quitação de empréstimo da empresa distribuidora de energia, feito em 2014, permitiu que o reajuste fosse menor. Energia vai ficar mais cara a partir do dia 22 Marcello Casal/Agência Brasil A...


    Reajuste pode ser aplicado a partir do dia 22 de abril. Quitação de empréstimo da empresa distribuidora de energia, feito em 2014, permitiu que o reajuste fosse menor. Energia vai ficar mais cara a partir do dia 22 Marcello Casal/Agência Brasil A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou nesta terça-feira (16) um reajuste médio de 4,73% para as tarifas de energia dos consumidores do Rio Grande do Norte atendidos pela empresa Cosern. A tarifa pode ser aplicada a partir do dia 22 de abril. O reajuste médio para os consumidores residenciais e comerciais, atendidos em baixa tensão, será de 5,48%. Para os consumidores industriais, o reajuste médio será de 2,81%. A quitação antecipada do empréstimo feito em 2014 para ajudar as distribuidoras reduziu o reajuste previsto para a Cosern em 3,02 pontos percentuais. A antecipação do empréstimo vai retirar das tarifas de energia dos consumidores brasileiros R$ 6,4 bilhões em 2019 e R$ 2 bilhões em 2020.
    Polícia Civil prende suspeitos de matar estudante durante assalto a ônibus escolar no RN

    Polícia Civil prende suspeitos de matar estudante durante assalto a ônibus escolar no RN


    Um homem está em prisão preventiva e dois adolescentes internados no sistema socioeducativo. Eles são investigados pela morte de Mateus Gomes da Silva, de 19 anos, em Monte Alegre. Mateus Gomes da Silva, de 19 anos, foi morto a tiros dentro de...


    Um homem está em prisão preventiva e dois adolescentes internados no sistema socioeducativo. Eles são investigados pela morte de Mateus Gomes da Silva, de 19 anos, em Monte Alegre. Mateus Gomes da Silva, de 19 anos, foi morto a tiros dentro de ônibus escolar na região metropolitana de Natal Reprodução Um homem foi preso e dois adolescentes apreendidos pela Polícia Civil, suspeitos de participação na morte do estudante Mateus Gomes da Silva, de 19 anos, durante o assalto a um ônibus escolar no zona rural de Monte Alegre na região metropolitana de Natal. O crime aconteceu por volta das 22h da última quinta-feira (11). A Delegacia de Monte Alegre investiga o crime de latrocínio, porque considera que os suspeitos mataram o jovem durante um assalto. Eles fugiram do local com celulares e outros bens de vítimas que estavam dentro do coletivo. De acordo com o delegado Inácio Rodrigues, diretor de Policiamento do Interior da Polícia Civil, a polícia chegou aos suspeitos após investigação. O maior de idade foi preso sob mandado de prisão preventiva e os adolescentes tiveram internação no sistema socioeducativo determinada. "Já existe todo um conjunto comprobatório. Todos eles foram detidos em Monte Alegre, já são conhecidos por outros crimes na região", reforçou. Duas armas foram usadas no crime - uma espingarda calibre 12 de fabricação caseira e um revólver. De acordo com delegado, durante o assalto ao ônibus escolar que levava pessoas que estudam no centro de Monte Alegre para as comunidades rurais onde moram, o motorista tentado reagir fechando a porta do ônibus. "Um deles se sentiu acuado e atirou", afirmou o delegado. A polícia recuperou a moto usada pelos suspeitos, que era roubada, e está em diligência, à procura dos objetos roubados e outras provas. O crime O caso aconteceu na RN 002, próximo a uma fábrica de fraldas. A vítima identificada como Mateus Gomes da Silva, de 19 anos, estava com outros estudantes em um ônibus escolar da prefeitura do município, que leva os alunos das comunidades rurais para as escolas no centro de município e também faz o caminho inverso, diariamente. O veículo seguia para a comunidade de Timbaúba e teria parado em um dos seus pontos habituais, quando três pessoas saíram do matagal às margens da estrada de terra e entraram no ônibus. Durante a ação, o rapaz foi baleado na cabeça. "Meu filho era uma bênção. Ninguém tinha o que falar dele, só fazia amizades", contou o pai do jovem.
    Homem é preso com rifle e munição de fuzil na Grande Natal

    Homem é preso com rifle e munição de fuzil na Grande Natal


    Outras armas também foram apreendidas na casa do suspeito. Operação aconteceu no final da manhã em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal. Armas foram apreendidas com suspeito em São Gonçalo do Amarante, na região...


    Outras armas também foram apreendidas na casa do suspeito. Operação aconteceu no final da manhã em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal. Armas foram apreendidas com suspeito em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal PM/Divulgação Um homem de 27 anos foi preso pela Polícia Militar no final da manhã desta terça-feira (16) com armas de fogo, entre elas um rifle semiautomático. Também foi encontrada uma munição de fuzil calibre .762, que só pode ser usada pelas Forças Armadas e é a mesma usada em um fuzil roubado do Exército em Natal. A prisão aconteceu no final da manhã em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal. De acordo com a 2ª Companhia do 11º Batalhão da PM, a equipe chegou até a casa do suspeito, no bairro Novo Santo Antônio, após uma denúncia. O homem foi detido no local, onde estava todo o material apreendido. Além da carabina, havia um revólver, uma pistola, munição, luneta e silenciador. Algumas peças de motocicleta também foram encontradas no local, mas a polícia ainda vai investigar se elas são partes de motos roubadas. A polícia também investiga se o homem tem relação com facções criminosas. Questionado sobre o assunto, ele não respondeu nada aos policiais. De acordo com a PM, o suspeito não reagiu à prisão. Após o flagrante, ele foi encaminhado à Delegacia de São Gonçalo do Amarante e deverá responder por posse ilegal de arma.
    Tribunal de Justiça bloqueia R$ 1 milhão de municípios potiguares para pagar precatórios

    Tribunal de Justiça bloqueia R$ 1 milhão de municípios potiguares para pagar precatórios


    Repasses do Fundo de Participação dos Municípios para Guamaré, Ceará-Mirim e Grossos devem ser 'sequestrados' pela Justiça. Sede do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, em Natal Divulgação/ TJRN A Divisão de Precatórios do Tribunal...


    Repasses do Fundo de Participação dos Municípios para Guamaré, Ceará-Mirim e Grossos devem ser 'sequestrados' pela Justiça. Sede do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, em Natal Divulgação/ TJRN A Divisão de Precatórios do Tribunal de Justiça determinou o bloqueio de cerca de R$ 1,1 milhão das contas de três municípios potiguares para o pagamento de credores. De acordo com a Justiça, as prefeituras não realizaram às transferências que foram acordadas para quitar débitos com pessoas ou organizações que venceram ações contra os municípios na Justiça. Os recurso bloqueado é do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e atinge as cidades de Ceará-Mirim, Guamaré e Grossos. Grossos terá o maior valor sequestrado pela Justiça - são R$ 886.738,89. Ceará-Mirim deve cerca de R$ 190.257,18 e Grossos, R$ 76.869,48. De acordo com a Divisão de Precatórios do TJRN, Ceará-Mirim, que é do Regime Especial, estava em atraso com os repasses relativos aos meses de janeiro a março deste ano. Diante do inadimplemento, o juiz responsável pelo setor, Bruno Lacerda, estipulou o prazo de dez dias para regularizar a situação ou apresentar um plano de pagamento. "Como o inadimplemento não foi suprido, foi determinado o sequestro do valor", informou o Judiciário. Já Guamaré teve requerimento de pagamento feito pelo credor do Precatório nº 628/2017, vencido em 31 de dezembro de 2018. A justiça concedeu prazo de 30 dias para que o município pagasse o débito, mas como o prazo venceu, houve o bloqueio direto da conta. "Nesse caso de Guamaré, o requerimento foi feito pelo segundo credor da ordem cronológica e, por isso, tanto ele quando o primeiro da lista receberão seus créditos. Com isso, o saldo da conta do município será abatido dos valores pagos a esses dois credores", disse o TJ. Por fim, a inadimplência do município de Grossos vem desde dezembro de 2018, passando pelos meses de janeiro a março de 2019 com atraso. Em janeiro passado, o juiz Bruno Lacerda ordenou o bloqueio, via Secretaria do Tesouro Nacional. Entretanto, ainda sem pagamento, o magistrado reiterou a ordem, desta vez através do Bacen-Jud. O Judiciário ainda lembrou que o município assinou um termo de anuência obrigando-se a fazer os depósitos todo dia 30 de cada mês. "Inclusive, é ciente da advertência de, em caso de atraso, existir a possibilidade de bloqueios de valores para o pagamento dos precatórios, que ocorrem, preferencialmente, no Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Apenas em caso de insucesso, os bloqueios ocorrem em outras contas", complementou.
    Luau do Pajé tem show da banda Alphorria e Orquestra Greiosa em Maracajaú

    Luau do Pajé tem show da banda Alphorria e Orquestra Greiosa em Maracajaú


    Festa acontece na sexta (19) e no sábado (20) no restaurante O Pajé. Orquestra Greiosa é a atração de sábado do Luau do Pajé Divulgação O fim de semana tem Luau do Pajé, em Maracajaú, litoral norte do RN. A animação da festa fica por...


    Festa acontece na sexta (19) e no sábado (20) no restaurante O Pajé. Orquestra Greiosa é a atração de sábado do Luau do Pajé Divulgação O fim de semana tem Luau do Pajé, em Maracajaú, litoral norte do RN. A animação da festa fica por conta da banda Alphorria na sexta (19) e da Orquestra Greiosa no sábado (20). O luau acontece no restaurante O Pajé e a entrada custa R$ 20. Na sexta a apresentação começa às 18h. Prestes a fazer 25 anos de estrada, a Banda Alphorria é pioneira no reggae potiguar, e mistura as raízes do nosso folclore à linguagem universal do reggae. A banda Alphorria está preste a lançar um EP com músicas inéditas e e promete um show instigante para não deixar ninguém parado no deck do restaurante O Pajé. Já no sábado o show da Orquestra Greiosa começa às 20h. Formada por Anderson Foca (Camarones), Paulo Souto (Dusouto), Gabriel Souto (Dusouto), Simona Talma (Talma&Gadelha), Ângela Castro (Rosa de Pedra), Sílvio Franco (alforria) e Kleber Moreira (Rosa de Pedra), a orquestra é é um verdadeiro carnaval atípico a qualquer época. Serviço Evento: Luau do Pajé Datas: 19/04 às 18h e 20/04 às 20h Atrações: Banda Alphorria e Orquestra Greiosa Local: Restaurante O Pajé, em Maracajaú Ingresso: R$ 20 por dia
    Feriado da Semana Santa altera funcionamento de trens na Grande Natal

    Feriado da Semana Santa altera funcionamento de trens na Grande Natal


    Ferrovias não contarão com viagens na sexta-feira (19) e no domingo (21). Trem da CBTU, indo a Parnamirim, na Grande Natal CBTU/Divulgação A Companhia Brasileira de Trens Urbanos informou nesta terça-feira (16) que o feriado da Semana Santa...


    Ferrovias não contarão com viagens na sexta-feira (19) e no domingo (21). Trem da CBTU, indo a Parnamirim, na Grande Natal CBTU/Divulgação A Companhia Brasileira de Trens Urbanos informou nesta terça-feira (16) que o feriado da Semana Santa causará mudanças no funcionamento das linhas ferroviárias da região metropolitana de Natal. De acordo com o órgão, não haverá circulação de trens na sexta-feira (19) e no domingo (21). Na quinta (18), mesmo diante dos decretos de pontos facultativos em algumas prefeituras e fechamento de escolas, o sistema irá operar normalmente a partir das 5h20 na Linha Norte, no percurso Ceará-Mirim/Natal e das 5h40 na Linha Sul, no percurso Parnamirim/Natal; Não haverá circulação de trens na sexta (19). Já no sábado (20), haverá trens para as linhas Norte (Natal/Ceará-Mirim) e Sul (Natal/Parnamirim). O primeiro trem sai de Ceará-Mirim com destino a Natal às 5h20 e o último sai de Natal com destino a Ceará-Mirim às 15h26. Já na Linha Sul, o primeiro trem sai de Parnamirim com destino a Natal às 5h40 e o último de Natal com destino a Parnamirim às 14h. O domingo não terá circulação de trens e os trens voltam a circular normalmente na segunda-feira (22).
    Avianca anuncia novos cancelamentos  de voos entre Natal e Guarulhos

    Avianca anuncia novos cancelamentos de voos entre Natal e Guarulhos


    Viagens ocorreriam entre esta terça (16) e o sábado (20). Avião da Avianca Divulgação A companhia aérea Avianca Brasil terá outros 150 voos cancelados entre esta quinta-feira (18) e o sábado (20). Destes, 8 voos ocorreriam entre Natal (RN) e...


    Viagens ocorreriam entre esta terça (16) e o sábado (20). Avião da Avianca Divulgação A companhia aérea Avianca Brasil terá outros 150 voos cancelados entre esta quinta-feira (18) e o sábado (20). Destes, 8 voos ocorreriam entre Natal (RN) e Guarulhos (SP). O motivo é a redução de sua frota (veja lista abaixo). A nova lista se soma a outros 179 cancelamentos que já haviam sido anunciados desde sábado (13). No Rio Grande do Norte, a empresa já havia anunciado o cancelamento de sete voos entre Natal e Guarulhos (SP), que ocorreriam entre o domingo (14) e esta quarta-feira (17). A empresa está em recuperação judicial e suas operações tem sido impactadas por decisões judiciais que determinaram a devolução de aviões por falta de pagamento. Desta terça-feira (16) até sábado (20) são ao menos mais 8 voos cancelados entre Natal e Guarulhos. Veja lista: Voos da Avianca cancelados até sábado (20) A atualização dos voos cancelados também pode ser visualizada na página da Avianca Brasil.
    Receita Federal apreende mais de 60 iPhones importados de forma irregular no aeroporto de Natal

    Receita Federal apreende mais de 60 iPhones importados de forma irregular no aeroporto de Natal


    Equipamentos estavam em malas de passageiro em voo de Guarulhos para Natal. De acordo com fiscalização aduaneira, material veio de Foz do Iguaçu, no Paraná. Iphones importados de forma irregular foram apreendidos no Aeroporto de Natal Receita...


    Equipamentos estavam em malas de passageiro em voo de Guarulhos para Natal. De acordo com fiscalização aduaneira, material veio de Foz do Iguaçu, no Paraná. Iphones importados de forma irregular foram apreendidos no Aeroporto de Natal Receita Federal/Divulgação Uma operação realizada pela equipe aduaneira no Aeroporto Internacional Aluízio Alves, na região metropolitana de Natal, apreendeu cerca de 60 iPhones importados de forma irregular. De acordo com a Receita Federal, os equipamentos estavam em duas malas inspecionadas. A apreensão aconteceu no último domingo (14), mas só foi divulgada nesta terça (16) pela Receita Federal. Após receber denúncia sobre a existência de passageiro com o material, proveniente de Guarulhos, em São Paulo, foram selecionadas duas malas para inspeção não invasiva, em que se constatou a existência da grande quantidade de smartphones. De acordo com a Receita, os equipamentos tinha origem em Foz do Iguaçu. "Com a abertura das duas bagagens, a equipe constatou existência de mais de 60 iPhones, que foram objeto de retenção para aplicação da pena de perdimento", informou a corporação. Porém, o passageiro, responsável pelo transporte abandonou as malas na esteira de devolução de bagagem. Já no último dia 6, a equipa tinha tinha realizado a retenção de várias mercadoras estrangeiras, como celulares e perfumes, provenientes de Foz do Iguaçu (PR), acondicionadas nas bagagens de um casal de passageiros de voo que saiu também de Guarulhos. De acordo com a equipe aduaneira, está cada vez mais frequente as apreensões de mercadorias estrangeiras transportadas por passageiros provenientes de Foz do Iguaçu, em voos destinados a Natal, a partir de São Paulo. A cidade paranaense fica na fronteira do Brasil com Argentina e Paraguai.
    Após arrastão, criminosos são perseguidos pela PM e batem caminhonete em Natal

    Após arrastão, criminosos são perseguidos pela PM e batem caminhonete em Natal


    Crime aconteceu na noite desta segunda-feira (15) em Capim Macio, na Zona Sul, e perseguição foi até o bairro Alecrim, na Zona Leste. Um foi preso e dois fugiram. Criminosos bateram veículo durante perseguição policial na noite desta...


    Crime aconteceu na noite desta segunda-feira (15) em Capim Macio, na Zona Sul, e perseguição foi até o bairro Alecrim, na Zona Leste. Um foi preso e dois fugiram. Criminosos bateram veículo durante perseguição policial na noite desta segunda-feira (15) em Natal Reprodução/Inter TV Cabugi Criminosos invadiram a casa de um idoso de 65 anos, renderam a família dele e fizeram um arrastão, na noite desta segunda-feira (15), em Capim Macio, na Zona Sul de Natal. Os assaltantes deixaram o imóvel na caminhonete da vítima e acabaram batendo o veículo em um poste e um muro, após perseguição da Polícia Militar. Um foi preso e outros dois fugiram. O acidente aconteceu já na avenida Leão Veloso, conhecida como Avenida 5, no bairro Alecrim, Zona Leste da capital. A perseguição policial durou cerca de 10 minutos, porém, quando entrou na via, o carro bateu em um poste, derrubou um muro e ainda capotou. De acordo com a polícia, os dois suspeitos que fugiram são um homem e uma mulher. O outro ficou preso às ferragens do carro e teve que ser socorrido ao Hospital Walfredo Gurgel. Um revólver foi apreendido com ele. O Corpo de Bombeiros isolou o local para impedir um incêndio, já que o combustível da caminhonete estava sendo derramado no asfalto. Funcionários da Companhia de Energia do Rio Grande do Norte (Cosern) também foram acionados para restabelecer o abastecimento de energia. Vítima dos criminosos, o idoso relatou que estava deitado no quarto, quando os homens abriram a porta e o renderam. "Juntaram todo mundo em um quarto e começaram a pegar as coisas", lembra. A polícia fez buscas pelos suspeitos que fugiram, mas eles não foram encontrados.
    Prefeitura de Natal não tem dados sobre quantidade e características da população de rua da cidade

    Prefeitura de Natal não tem dados sobre quantidade e características da população de rua da cidade


    Município alega que levantamento é responsabilidade também do Estado. Viaduto do Baldo, em Natal, é um local em que estão se abrigando as pessoas em situação de rua Rafael Barbosa/G1 Há três anos, o auxiliar de pedreiro Sebastião Nascimento...


    Município alega que levantamento é responsabilidade também do Estado. Viaduto do Baldo, em Natal, é um local em que estão se abrigando as pessoas em situação de rua Rafael Barbosa/G1 Há três anos, o auxiliar de pedreiro Sebastião Nascimento perdeu o emprego. Foi aí que precisou entregar a casa em que morava no bairro do Alecrim, Zona Leste de Natal, porque não tinha mais como pagar o aluguel. Desde então, se abriga embaixo de um viaduto. Zinho, como é conhecido entre os amigos de calçada, é mais um entre as tantas pessoas que estão em situação de rua na capital potiguar. E a prefeitura não sabe quantas elas são, nem quem elas são. O Município tem duas unidades para atender a população de rua, entretanto nunca foi feito um levantamento para traçar um perfil dessas pessoas. A Prefeitura de Natal dispõe hoje apenas dos números referentes aos atendimentos que faz diariamente. Porém, o dado não reflete a quantidade de homens e mulheres que moram pelas ruas da cidade. Isso porque há a possibilidade de uma pessoa ser acolhida pelos projetos mais de uma vez no mês. A Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas) reconheceu a importância da realização de um censo, contudo cobra contrapartida do Poder Executivo do Estado. “É importante ressaltar que reconhecemos a importância e que este censo é do interesse desta Secretaria. No entanto, entendemos que tal medida não é, exclusivamente, responsabilidade da Semtas, visto que o município de Natal recebe pessoas em situação de rua oriundos de outros municípios, e estados, havendo a necessidade de uma contrapartida do Governo Estadual, responsável em implantar um serviço regionalizado para esse público”, argumenta a Semtas. O coordenador Movimento Nacional População de Rua no Rio Grande do Norte, Vanilson Torres, argumenta que o censo é importante para que a prefeitura possa conhecer com mais profundidade a realidade da população de rua e pensar as políticas de apoio a essa parcela da sociedade. “O censo é uma cobrança antiga do movimento”, afirma. “A população de rua tem aumentado, é só observar os canteiros, os sinais, as marquises para perceber. Muita gente tem perdido o emprego e, às vezes, o que resta para essas pessoas é a rua”, acrescenta Torres. Para o coordenador, o serviço que atualmente é ofertado pelo Município de Natal potiguar não é suficiente, não atende às demandas. Além disso, Vanilson Torres diz ainda que faltam projetos de moradia para essas pessoas, bem como se inserção delas no mercado de trabalho. “As pessoas são encaminhadas para o Centro Público de Trabalho e Emprego, mandam lá os currículos e, neles, tem o endereço de morador de rua. As empresas não querem contratar. Era necessária uma parceria entre a prefeitura e empresas dispostas a fazer essas contratações, para já direcionar as pessoas para os empregos”, sugere. Comunidade do Baldo O crescimento da população de rua em Natal é observado com a ocupação de espaços públicos por pessoas que não têm onde morar. Um exemplo é a que ocorre embaixo do viaduto do Baldo, na Zona Leste. Vinte e três pessoas dividem espaço embaixo do concreto. Catadores, pastoradores, desempregados. Os perfis são diversos. Contudo a Comunidade do Baldo, como foi apelidada a ocupação pelos próprios moradores, tem regras a serem seguidas, e uma espécie de gestor, que as determinou e cobra o cumprimento. Parte de baixo do Viaduto do Baldo foi ocupada Rafael Barbosa/G1 Sebastião do Nascimento, o Zinho, é essa pessoa. “Eles me chamam de chefe. Mas chefe é chifre. Aqui num tem chefe, não”, brinca. Zinho é catador. Mora na rua há mais de dois anos, desde que perdeu o emprego na construção civil. “Aqui a se gente chama tudo de irmão, é todo mundo irmão”. Segundo ele, não pode falar palavrão, fazer barulho tarde da noite, não pode usar droga e nem “se meter com coisa errada”. Zinho tem afastado até pessoas que não moram na Comunidade do Baldo e ficavam pelas redondezas, cometendo pequenos delitos. “Porque aí depois sobra pra gente, né? Pensam que foi alguém daqui”. Como catador, tira por mês menos de um salário mínimo. “Mas dá pra viver, graças a Deus tá dando. Por aqui, a gente vai se virando”. Centro POP e Albergue Municipal Atualmente, o Município tem duas unidades para atender a população que vive nas ruas de Natal. São o Centro de Referência Especializado para População de Rua (Centro POP) e o Alberque Municipal. Os dois serviços funcionam de forma complementar e estão vinculados ao Departamento de Proteção Social Especial da Semtas. O psicólogo Rafael Gonçalves, chefe de Serviço de Acolhimento para Pessoas em Situação de Rua da Secretaria, explica que um funciona durante o dia e o outro à noite. Em ambas as unidades, é oferecido atendimento psicossocial, com equipes de psicólogos e assistentes sociais. “O primeiro contato é o acolhimento, para tirar as pessoas dessa situação em que se encontram. Muitas vezes são pessoas que não têm nada, mesmo, só a roupa do corpo”. O psicólogo Rafael Gonçalves é chefe de Serviço de Acolhimento para Pessoas em Situação de Rua da Secretaria Rafael Barbosa/G1 Ainda de acordo com Rafael Gonçalves, a equipe identifica as demandas dos moradores de rua atendidos: se eles precisam tirar os documentos, se têm problemas de saúde, ou na Justiça, dependência química, se precisam ser alfabetizados entre outras situações. As duas unidades oferecem apoio para dar encaminhamento aos órgãos que podem resolver essas questões. No Centro POP, as pessoas em situação de rua têm acesso a oficinas artísticas, almoço e um lanche no meio da tarde. São 70 vagas fornecidas para cada uma das refeições. Por lá, também é possível tomar banho e lavar as roupas. No Albergue Municipal, é oferecido jantar e café da manhã, além da dormida. São 58 camas. “Tem pessoas que participam só do centro POP, outras só do Albergue”, explica Gonçalves. Albergue Municipal de Natal de 58 camas Cedida No Albergue de Natal também há local para banho e lavagem de roupas. Há ainda um espaço de convivência, com televisão, sinuca e totó. “Às vezes projetamos filmes na parede, para fazer um cinema para eles”, conta Rafael Gonçalves. As vagas no albergue são fixas. Só são abertas novamente para substituição. “Quando um deles termina o ciclo e vai embora, ou então quando falta três vezes sem justificativa”, esclarece Gonçalves. A unidade tem uma média de 15 atendimentos psicossociais por dia. No Centro POP são de 25 a 30 atendimentos diários. Espaço de convivência do Albergue de Natal tem sinuca e totó Cedida Ainda segundo conta Rafael Gonçalves, esses acolhimentos tiveram crescimento em 2018, se comparados a 2017, por causa do concurso público que permitiu ampliação do quadro em 30%. Atualmente, são 32 servidores no Albergue Municipal e 26 no Centro POP. Centro POP atende a pessoas em situação de rua em Natal Rafael Barbosa/G1 Questionado sobre o censo, o psicólogo Rafael Gonçalves diz que um levantamento auxiliaria no trabalho que hoje é desenvolvido, pela possibilidade de quantificar a população de rua da cidade, bem como identificar quais deles são oriundos de outros municípios. “Porque é preciso ter uma contrapartida do Estado e também a nível federal, senão o Município fica sobrecarregado”. Gonçalves conta que os repasses da União são desproporcionais à realidade, insuficientes. Censo estadual Também nunca foi feito levantamento sobre a população de rua nos demais municípios do Rio Grande do Norte. Mas a Secretaria de Estado do Trabalho e da Assistência Social (Sethas) vai iniciar no segundo semestre deste ano um mapeamento. A ideia é abranger todas as grandes e médias cidades potiguares no estudo. De acordo com Janine Baltazer, coordenadora de gestão do Sistema Único de Assistência Social do Estado, o trabalho está sendo feito em parceria com a UFRN. “Já havia um projeto na Secretaria e pedimos modificações nesta nova gestão”, conta. Segundo ela, o projeto estava previsto para ser a realizado em 12 meses e foi pedido que o tempo de execução seja reduzido para 6 meses. Além disso, anteriormente o mapeamento abrangeria somente a Região Metropolitana, e foi solicitado que o trabalho se estenda para todo o estado potiguar. “Queremos regionalizar os serviços para população de rua e, para isso, precisamos saber o perfil dessa população, para poder direcionar as políticas”, justifica Janine Baltazar.

    MP e PM realizam operação de combate à criminalidade e cumprem 15 mandados em Pau dos Ferros, RN


    Operação Dessulfuração cumpriu 15 mandados de busca e apreensão em residências e estabelecimentos comerciais no município. Uma ação conjunta do Ministério Público do Rio Grande do Norte e da Polícia Militar, com o apoio da Polícia...

    Operação Dessulfuração cumpriu 15 mandados de busca e apreensão em residências e estabelecimentos comerciais no município. Uma ação conjunta do Ministério Público do Rio Grande do Norte e da Polícia Militar, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal, foi deflagrada na manhã desta terça-feira (15) em Pau dos Ferros, na região do alto Oeste potiguar. Denominada 'Dessulfuração', a operação tem o objetivo de combater a criminalidade no município. Três pessoas foram presas em flagrante. A operação cumpriu 15 mandados de busca e apreensão em residências e estabelecimentos comerciais na região. As três pessoas detidas foram presas em flagrante por posse de arma de fogo, dinheiro fracionado, além de munições e diversos itens relacionados ao tráfico de drogas, como lâminas para corte de entorpecentes e material para embalagem. As investigações do MP concluíram que os locais serviam para armazenar drogas e armas utilizadas na atividade criminosa. Dessulfuração O nome da operação é uma referência ao processo químico de eliminação de resíduos tóxicos da liga de ferro, em alusão ao necessário combate à criminalidade na região de Pau dos Ferros. A ação resulta de uma investigação das Promotorias de Justiça Criminais de Pau dos Ferros, com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco/MPRN). As investigações prosseguirão para fins de individualização das condutas.

    Em operação conjunta, MPF, Polícia Federal e Receita combatem fraudes de R$ 3,5 bilhões no RN


    Operação 'Grandes Rios' investiga grupo criminoso suspeito de abrir fábricas de cigarros em nome de 'laranjas' e enriquecer com impostos sonegados e dinheiro lavado. Uma atuação conjunta do Ministério Público Federal, Polícia Federal e Receita...

    Operação 'Grandes Rios' investiga grupo criminoso suspeito de abrir fábricas de cigarros em nome de 'laranjas' e enriquecer com impostos sonegados e dinheiro lavado. Uma atuação conjunta do Ministério Público Federal, Polícia Federal e Receita Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (16) uma operação denominada 'Grandes Rios' - que investiga um grupo criminoso suspeito de abrir fábricas de cigarros em nome de 'laranjas' e enriquecer com impostos sonegados e dinheiro lavado. Estima-se que a fraude tenha alcançado R$ 3,5 bilhões. A operação busca executar 21 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal do Rio Grande do Norte. Os mandados estão sendo executados no RN, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Pernambuco. Participam da operação 110 servidores da Polícia Federal e 65 da Receita Federal. O nome da operação é uma alusão aos principais estados envolvidos: Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro. As investigações identificaram a existência de um grupo criminoso, formado pela associação de pessoas e empresas, visando à prática de diversos crimes, especialmente os de pertinência a organização criminosa, uso indevido de selos fiscais verdadeiros, evasão de divisas e lavagem de dinheiro, além de sonegação de tributos federais. Ainda de acordo com as investigações, as condutas criminosas permitiam a concorrência desleal com as demais empresas que atuam no setor de cigarros, e um forte impacto negativo na economia, devido aos valores sonegados. "Uma das fraudes promovidas pela organização é a exploração, em nome de 'laranjas', de fábricas de cigarros que geram um grande passivo tributário (em impostos nunca pagos à Receita) e ainda lucro, que é convertido em bens e valores acumulados no Brasil e no exterior através de procedimentos de lavagem de dinheiro", ressaltou o MPF. Autorização Para produzir cigarros no Brasil, as indústrias necessitam de um Registro Especial fornecido pela Receita Federal, além da autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Um dos requisitos para a manutenção desse registro é a regularidade fiscal da empresa. A partir do momento em que a Receita Federal identifica a sonegação e cobra os impostos, caso não haja o seu pagamento, o Registro Especial é cancelado, o que ocorreu com indústrias já operadas de forma oculta pela organização criminosa. "Ao longo das apurações, constatou-se que, ao ter o documento de uma das empresas cancelado, os integrantes passam a operar uma nova indústria, também em nome de 'laranjas'. Esse ciclo fraudulento impossibilita a cobrança dos impostos sonegados, visto que os sócios e as empresas não possuem patrimônio para pagá-los, enquanto o patrimônio da organização, principalmente de seu líder, aumenta", acrescentou o MPF.
    Investimento que dá resultado

    Investimento que dá resultado


    Pesquisa da Fecomércio/RN aponta que Carnaval deste ano fez circular R$ 71 milhões em Natal. Levantamento registrou ainda crescimento do público. O sucesso do Carnaval indica a viabilidade do Turismo de eventos em Natal, avalia o prefeito Álvaro...


    Pesquisa da Fecomércio/RN aponta que Carnaval deste ano fez circular R$ 71 milhões em Natal. Levantamento registrou ainda crescimento do público. O sucesso do Carnaval indica a viabilidade do Turismo de eventos em Natal, avalia o prefeito Álvaro Dias: “Já pensamos em potencializar nosso São João e o Natal em Natal Alex Régis/PMN Se a olho nu o Carnaval deste ano em Natal reforçou a percepção de sucesso, a pesquisa realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do RN (Fecomercio/RN) traduziu o êxito em números. De acordo com o estudo, quase 600 mil pessoas participaram da festa, sendo responsável pela movimentação de mais de R$ 71 milhões na economia natalense durante o evento. O número de presentes no Carnaval natalense aumentou 4% em relação a 2018 e os valores em circulação cresceram 16%. Em uma escala de 0 a 10, de acordo com os entrevistados para o levantamento, a festa recebeu uma nota 8,81. O resultado supera 2018, cuja nota foi de 8,65. Coordenada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio (IPDC), órgão vinculado à Fecomércio/RN, a consulta foi feita junto a 800 pessoas no período de 15 de fevereiro a 5 de março, incluindo os eventos de Pré-Carnaval. Cerca de 80% dos foliões eram natalenses e 20%, turistas. De acordo com a pesquisa, a cidade não foi avaliada com nenhuma nota inferior a 8,00 em itens como hospedagem, receptividade e qualidade das atrações. A pesquisa aponta ainda que 75,7% dos entrevistados pretendem participar de uma próxima edição da festa. “Nada mais claro que uma pesquisa como essa para mostrar os excelentes resultados do evento. Investimos R$ 6 milhões e houve um retorno quase 12 vezes maior aos cofres públicos do município. É um dado pujante que demonstra o acerto da gestão em promover o evento. Os números também apontam que precisamos investir cada vez mais na área de eventos e, por isso, estamos planejando o São João e vamos incrementar o Natal em Natal”, comentou Álvaro Dias, prefeito de Natal. Para o prefeito, os resultados da pesquisa indicam a necessidade de planejar novos investimentos na realização de eventos populares, como parte de uma estratégia para atração de turistas em períodos fora da alta estação. “O Turismo de eventos é muito importante porque as pessoas vêm para um encontro profissional e acabam conhecendo as belezas naturais de Natal. Algumas retornam e trazem familiares. A economia de Natal depende muito do Turismo. É a nossa essência e temos que investir nisso. Daí nossos planos de fazer um São João maior este ano e potencializar o Natal em Natal com ideias novas”, revela Álvaro Dias. O presidente da Fecomércio/RN, Marcelo Queiroz, entrega oficialmente os dados da pesquisa sobre o Carnaval ao prefeito Álvaro Dias. Alex Régis/PMN A Fecomercio aponta o aumento da relevância do Carnaval na economia criativa da cidade. “Antes, a cidade não ganhava nada com o Carnaval. Natal ficava um deserto no período. Agora, a situação é outra e os números mostram o crescimento do Carnaval na economia da capital. Isso é importante porque gera emprego e renda para toda a sociedade”, explica Marcelo Queiroz, presidente da entidade. “Essa pesquisa é um balizador importante para os setores público e privado para que possamos fazer um evento cada vez melhor. O deste ano foi aprovado e trouxe muitos ganhos para o comércio em geral”. Os resultados apontados na pesquisa da Fecomercio também geram interpretações positivas que apontam para o crescimento do evento. Este ano, houve um aumento do público com faixa etária entre 45 a 59 anos e acima de 60 anos. “Este é um público estável, com poder aquisitivo maior, o que pode fazer com que a circulação de recursos cresça ano a ano”, destaca Queiroz. A fidelização também é importante. Segundo a consulta, 71% das pessoas que estiveram na festa de 2018 retornaram este ano. Entre os que vieram pela primeira vez a Natal, para o Carnaval, foram 29%. A maioria dos turistas que visitaram nossa cidade no período momesco veio de Pernambuco. Além disso, em relação a 2018, houve um salto de 4,4% para 8% na presença de pernambucanos na festa. Outro Estado que também tem um Carnaval consolidado há décadas e que registrou um acréscimo de público enviado para Natal no Carnaval foi a Bahia, saindo de 0,7% para 1,4%. O Rio de Janeiro, também famoso por sua festa, foi o segundo Estado que mais enviou turistas para Natal durante a folia. Comércio Entre os comerciantes, três em cada dez (29,7%) dos entrevistados que se beneficiaram diretamente com o Carnaval de Natal afirmaram que as vendas ficaram acima do esperado; 46,3% confirmaram que as vendas ficaram dentro do esperado; enquanto que somente 23,7% acharam que as vendas ficaram abaixo ou muito abaixo do esperado pelos comerciantes. Com relação ao fluxo de pessoas nas ruas no período de festas do Carnaval, 80,3% dos comerciantes consideraram o movimento de público como bom ou muito bom. Uma questão relevante para compreender o impacto da festa na percepção dos comerciantes de Natal é analisar o faturamento dos negócios durante os dias do evento. Dessa forma, baseado nas informações colhidas na pesquisa, calculou-se que cada comerciante faturou diariamente, em média, R$ 1.504,16, no período do Carnaval de Natal.
    Jornalista potiguar relata comoção em Paris com incêndio na Catedral de Notre-Dame: 'dia trágico'

    Jornalista potiguar relata comoção em Paris com incêndio na Catedral de Notre-Dame: 'dia trágico'


    Em vídeo, Ciro Marques relata o que viu da movimentação da polícia e dos bombeiros, além da cobertura da imprensa francesa nesta segunda-feira (15). Jornalista potiguar relata incêndio na Catedral de Notre-Dame Em viagem a Paris, o jornalista...


    Em vídeo, Ciro Marques relata o que viu da movimentação da polícia e dos bombeiros, além da cobertura da imprensa francesa nesta segunda-feira (15). Jornalista potiguar relata incêndio na Catedral de Notre-Dame Em viagem a Paris, o jornalista potiguar Ciro Marques foi uma das milhares de testemunhas do incêndio que atingiu a Catedral de Notre-Dame, um dos principais pontos turísticos e símbolos da capital francesa, nesta segunda-feira (15). O jornalista enviou um relato em vídeo ao G1, em que conta o momento em que presenciou o incêndio. Veja acima. "Eu estava passando bem perto do local, estava na verdade saindo do (museu) Louvre, quando a gente viu uma fumaça - a gente estava dentro do ônibus, eu e minha esposa - e vimos muita fumaça na região. E quando passamos mais, que chegamos perto da Notre-Dame, foi que vimos que o incêndio estava saindo de lá", relata o potiguar, que classificou toda a situação como um "dia trágico". Ciro Marques ainda relatou a mobilização da polícia e dos bombeiros na região, além da comoção da população parisiense diante da destruição do prédio histórico e da cobertura dos jornais da França. Jornalista potiguar, Ciro Marques passava próximo a catedral de Notre-Dame, quando presenciou incêndio Ciro Marques Um grande incêndio atingiu a catedral de Notre-Dame, em Paris, nesta segunda-feira (15), um importante símbolo da cidade. A "flecha", a torre mais alta da catedral, desmoronou, mas a estrutura do prédio foi salva. A catedral tem mais de 800 anos e recebe milhões de turistas anualmente. O fogo foi relatado primeiro por usuários em redes sociais. Não está claro ainda o que o causou, mas pode estar relacionado a uma obra que vinha sendo feita no telhado da catedral. A emissora France 2 disse que a polícia está tratando o caso como um acidente. Não há feridos, de acordo com Laurent Nunez, secretário de Estado no Ministério do Interior. "Um incêndio terrível está acontecendo na Catedral de Notre-Dame. Os bombeiros de Paris estão tentando dominar as chamas (...) Peço a todos que respeitem o perímetro de segurança", escreveu a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, no Twitter. A polícia isolou a área e retirou os turistas que estavam dentro da catedral. O acesso à Île de la Cité foi completamente fechado. Pouco mais de uma hora depois do início do fogo, procuradoria de Paris abriu uma investigação para averiguar as causas do incêndio, informou o jornal "Le Figaro".
    PM prende suspeitos com equipamento que bloqueia travamento de carros em shopping de Natal

    PM prende suspeitos com equipamento que bloqueia travamento de carros em shopping de Natal


    Caso aconteceu na tarde desta segunda-feira (15) no estacionamento de estabelecimento na Zona Norte da capital. Homens estavam com carro roubado. Polícia Militar prendeu suspeitos de furtos em estacionamento de shopping na Zona Norte da...


    Caso aconteceu na tarde desta segunda-feira (15) no estacionamento de estabelecimento na Zona Norte da capital. Homens estavam com carro roubado. Polícia Militar prendeu suspeitos de furtos em estacionamento de shopping na Zona Norte da capital Reprodução Dois homens suspeitos de realizar furtos foram presos pela Polícia Militar na tarde desta segunda-feira (15) no estacionamento de um shopping na Zona Norte de Natal. Eles foram flagrados com um equipamento capaz de inibir o travamento e o acionamento do sistema de alarme em veículos. De acordo com a PM, a prisão aconteceu após uma denúncia. Ao identificar os suspeitos no local, os militares os abordaram. Com eles, foi encontrado o equipamento conhecido como "chapolin". O inibidor de frequência é usado pelos criminosos logo após os proprietários saírem do carro e apertarem o controle para travar as portas do veículo. Quando é ativado, o equipamento trabalha na mesma frequência que o controle de travamento das portas dos carros, causando uma interferência no sinal eletrônico, o que impossibilita que as portas se travem. De acordo com a PM, os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Plantão da Zona Norte de Natal, mas ao se constatar que o carro usado por eles era roubado, o caso passou para a Delegacia Especializada em Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov). A Deprov informou que vai investigar se eles têm relação com o furto de cinco carros que foram registrados desde o início do ano no mesmo shopping. Dentro do carro em que eles estavam, roubado em março, estava o documento de outro veículo roubado em outro estabelecimento da região. Em Natal, suspeitos usavam equipamento que impedia travamento de veículos, segundo a PM Reprodução