G1 > Amazonas

    Em greve, professores acampam em sede do Governo do Amazonas para cobrar reajuste

    Em greve, professores acampam em sede do Governo do Amazonas para cobrar reajuste


    Categoria está em greve há mais de uma semana. Professores acampam em frente à sede do Governo do Amazonas para cobrar reajuste Samira Benoliel/Rede Amazônica Um grupo de professores está acampado em frente à sede do Governo do Amazonas, na...


    Categoria está em greve há mais de uma semana. Professores acampam em frente à sede do Governo do Amazonas para cobrar reajuste Samira Benoliel/Rede Amazônica Um grupo de professores está acampado em frente à sede do Governo do Amazonas, na Zona Oeste de Manaus, para cobrar aumento salarial de 15%. A Secretaria de Educação ofereceu, até então, contraproposta de 3,89%. A categoria está em greve há mais de uma semana. São duas frentes, da mesma classe, que batalham pelo reajuste. O Sinteam, Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas, e a Asprom Sindical, que é o Sindicato dos Professores e Pedagogos de Manaus. Ambos pedem o mesmo valor de reajuste. A Justiça do Amazonas decretou que a greve é ilegal e estipulou para cada dia de paralisação uma multa de R$ 20 mil. O que diz a Seduc? Em nota oficial, a Secretaria de Educação reafirma que se mantém aberta ao diálogo com a classe e reforça o respeito à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que impede a oferta de um percentual que ultrapasse a data-base. Leia na íntegra: "A decisão da Justiça, que atende um pedido da Procuradoria Geral do Estado (PGE) em relação ao indicativo de greve dos sindicatos, tem como objetivo assegurar o funcionamento da rede estadual de ensino e não prejudicar os 420 mil alunos que hoje são atendidos pela rede. Vale ressaltar que Governo do Amazonas, que em janeiro honrou o pagamento 9,38% da data-base de 2016, tem se mantido aberto ao diálogo com os representantes das categorias para apresentar as propostas e possibilidades do Estado em relação às reivindicações dos trabalhadores da educação e já assegurou o pagamento da data-base em percentual de 3,93%, como fez com a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e delegados de Polícia Civil. Todas essas categorias receberão em relação a 2019 a reposição salarial, uma vez que a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) impede a oferta de percentuais maiores na data-base. Para os trabalhadores da educação, além do cumprimento da data-base, o Estado apresentou a proposta de pagamento das progressões horizontais por tempo de serviço, garantindo mais 2% de reajuste para 22 mil profissionais da educação. Além disso, propôs o pagamento das progressões verticais por qualificação que podem representar ganhos de 12%, 50% e 55%. As duas propostas foram apresentadas como uma alternativa para garantir ganhos reais aos servidores da educação."

    MPF-AM denuncia militar que disparou arma de fogo em frente à escola na eleição suplementar de 2017


    Fato ocorreu enquanto militar fazia segurança de urnas eletrônicas. O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas denunciou à Justiça um militar do Exército Brasileiro por ter disparado arma de fogo em via pública, na direção do pneu de um...

    Fato ocorreu enquanto militar fazia segurança de urnas eletrônicas. O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas denunciou à Justiça um militar do Exército Brasileiro por ter disparado arma de fogo em via pública, na direção do pneu de um veículo que circulava em frente à Escola Estadual Arthur Virgílio Filho, localizada no bairro Santa Etelvina, zona norte de Manaus. Segundo o MPF, o crime ocorreu em 2017, enquanto o militar fazia a segurança de urnas eletrônicas utilizadas na Eleição Suplementar do Amazonas. De acordo com a denúncia, no dia 6 de agosto de 2017, a guarnição comandada pelo militar estava posicionada na entrada principal da Escola Estadual Arthur Virgílio Filho quando um veículo comum passou em frente à referida escola, sendo observado pelo militar. Pouco depois, ao perceber que o veículo passava novamente, o militar apontou a arma de fogo que portava para cabeça do motorista, aproximou-se do veículo e, segurando a gola da camisa dele, ordenou que descesse do veículo. No documento apresentado à Justiça, o MPF relata que a "violenta e descabida abordagem do militar" fez com que o motorista arrancasse com o veículo. Na tentativa de evitar a fuga, o militar atirou em via pública, na direção do pneu do veículo, de forma consciente e voluntária, prática de crime previsto no Estatuto do Desarmamento, que dispõe sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição. A ação penal tramita na 4ª Vara Federal do Amazonas, sob o número 19596-75.2018.4.01.3200, e aguarda recebimento pela Justiça. Crime previsto em lei Disparar arma de fogo em via pública ou em direção a ela, desde que essa conduta não tenha como finalidade a prática de outro delito é crime previsto no artigo 15 da Lei n° 10.826/2003, com pena de dois a quatro anos de prisão e multa. Segundo o artigo 20 da mesma lei, a pena é aumentada da metade quando o crime é praticado por integrantes das Forças Armadas.
    Exposição sobre imigrantes em Manaus é inaugurada no dia 30

    Exposição sobre imigrantes em Manaus é inaugurada no dia 30


    Unidade do Senac no bairro Cidade Nova recebe mostra de fotos. Exposição tem fotos de imigrantes em Manaus Divulgação A exposição fotográfica “Imigrantes: Poderia ser você” será aberta ao público a partir da próxima terça-feira (30),...


    Unidade do Senac no bairro Cidade Nova recebe mostra de fotos. Exposição tem fotos de imigrantes em Manaus Divulgação A exposição fotográfica “Imigrantes: Poderia ser você” será aberta ao público a partir da próxima terça-feira (30), às 19h, na unidade do Senac no bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus. Os registros foram produzidos pelos alunos do curso de técnicas de fotografia da instituição e buscam sensibilizar a população sobre o tema. As imagens abordam imigração na capital amazonense. Desde o ano de 2017, a cidade tem recebido um fluxo grande de estrangeiros, principalmente da Venezuela. As fotos, na sua maioria, são de imigrantes venezuelanos no ambiente trabalho e também há registros de imigrantes haitianos, peruanos, chilenos e colombianos.
    VÍDEOS: BDA de sexta-feira, 26 de abril de 2019

    VÍDEOS: BDA de sexta-feira, 26 de abril de 2019


    Assista ao telejornal com notícias do Amazonas. Assista ao telejornal com notícias do...


    Assista ao telejornal com notícias do Amazonas. Assista ao telejornal com notícias do Amazonas.

    Wilson sanciona leis que instituem dias do Veterinário e da Advocacia, no AM


    Dias 11 de agosto e 9 de setembro celebrarão profissionais da advocacia e medicina veterinária no Estado, respectivamente. O governador Wilson Lima sancionou as leis que instituem 9 de setembro como o Dia Estadual do Médico Veterinário e 11 de...

    Dias 11 de agosto e 9 de setembro celebrarão profissionais da advocacia e medicina veterinária no Estado, respectivamente. O governador Wilson Lima sancionou as leis que instituem 9 de setembro como o Dia Estadual do Médico Veterinário e 11 de agosto como Dia Estadual da Advocacia no Amazonas. Os projetos são da deputada estadual Joana D'Arc (PR). A Lei nº 4.798, sancionada nesta quinta-feira, estabelece o Dia Estadual do Médico Veterinário no Estado do Amazonas. Já a Lei nº 4.797 institui o Dia Estadual da Advocacia no âmbito do Estado do Amazonas, celebrado, anualmente, também no dia 11 de agosto.
    Homem é encontrado morto em igarapé após dois dias desaparecido, em Manaus

    Homem é encontrado morto em igarapé após dois dias desaparecido, em Manaus


    Causa da morte não foi descoberta; Bombeiros retiraram cadáver. Corpo foi encontrado em igarapé no bairro Santo Antônio Eliana Nascimento/G1 AM O corpo de um autônomo de 38 anos foi encontrado na manhã desta sexta-feira (26) dentro de um...


    Causa da morte não foi descoberta; Bombeiros retiraram cadáver. Corpo foi encontrado em igarapé no bairro Santo Antônio Eliana Nascimento/G1 AM O corpo de um autônomo de 38 anos foi encontrado na manhã desta sexta-feira (26) dentro de um igarapé no bairro Santo Antônio, na Zona Oeste de Manaus. Familiares de David Campos Limeira relataram que a vítima estava desaparecida há dois dias. De acordo com os policiais militares da 5ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), por volta das 8h, moradores que trafegavam a sobre a ponte que liga os bairros Santo Antônio e São Jorge, viram parte do corpo dentro do igarapé que fica ao lado do Centro de Convivência Margarida Arce Daou. Por conta da correnteza, o corpo teve que ser amarrado em uma corda até a chegada do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM). A área foi isolada pelos policiais. A idosa Salete Limeira, de 64 anos, esteve no local e reconheceu o corpo do filho. Ela contou que o ele estava desaparecido há dois dias. "Ele sempre desaparecia mas nunca passou de dois dias. Bebia muito e usava drogas também. Me falaram que ele costumava ficar na ponte do Santo Antônio. Hoje de manha eu fui ao supermercado mas pressenti algo. Quando cheguei em casa, liguei o rádio e ouvi sobre o encontro de um corpo perto de casa", disse. Uma equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) esteve no local. No entanto, a causa da morte só poderá ser constatado pelo Departamento de Polícia Técnica Científica (DPTC), que não compareceram ao local. O corpo da vítima foi removido do igarapé pelos bombeiros e, posteriormente, entregue aos agentes do Instituto Médico Legal (IML).
    Ex-integrantes do Charlie Brown Jr. e Tihuana participam de show no Largo São Sebastião, em Manaus

    Ex-integrantes do Charlie Brown Jr. e Tihuana participam de show no Largo São Sebastião, em Manaus


    Apresentação gratuita tem participação do cantor Luso Neto, e das bandas locais Bates e Jezz. Marcão Britto, ex-guitarrista do Charlie Brown Jr. Divulgação O evento "Rock Não Tem Idade" chega à sua segunda edição no próximo dia 30,...


    Apresentação gratuita tem participação do cantor Luso Neto, e das bandas locais Bates e Jezz. Marcão Britto, ex-guitarrista do Charlie Brown Jr. Divulgação O evento "Rock Não Tem Idade" chega à sua segunda edição no próximo dia 30, véspera de feriado, a partir das 18h, no Largo São Sebastião. Desta vez, o evento promete reunir um encontro entre as gerações do final dos anos 1990 e início dos anos 2000 com sucessos atuais, com a participação dos convidados Marcão Britto, guitarrista do grupo Charlie Brown Jr.; Egypcio, ex-vocalista do Tihuana; e Luso Neto, além das bandas locais Bates e Jezz. A entrada é gratuita. Segundo os organizadores, o evento é voltado tanto para os amantes do bom e velho rock’n’roll quanto para os curiosos. O ‘Rock Não Tem Idade’ surgiu a partir do primeiro encontro, que reuniu o cantor Luso Neto, com Reges Bolo, líder e vocalista da banda O Surto, e Kiko Zambianchi, em 2018. “ A ideia é tornar o ‘Rock Não Tem Idade’ algo necessário para a cidade e atrair também a atenção do grande centro para o nosso mercado de rock’n’roll, que é farto e muito rico de talentos que precisam ser despertados. ‘Rock Não Tem Idade’ é um evento para todos lembrarem que Manaus tem muito espaço e gente sedenta de boa música, das que passaram e das que ainda nem nasceram!”, afirmou o curador e uma das atrações do evento, Luso Neto.
    Homem é morto com mais de 20 tiros na Zona Leste de Manaus

    Homem é morto com mais de 20 tiros na Zona Leste de Manaus


    Crime ocorreu por volta das 20h15 de quinta-feira (25). Caso será investigado pela DEHS Suelen Gonçalves/ G1 AM Um homem de 30 anos foi assassinado com mais de 20 tiros na noite desta quinta-feira (25), no bairro São José I, na Zona Leste de...


    Crime ocorreu por volta das 20h15 de quinta-feira (25). Caso será investigado pela DEHS Suelen Gonçalves/ G1 AM Um homem de 30 anos foi assassinado com mais de 20 tiros na noite desta quinta-feira (25), no bairro São José I, na Zona Leste de Manaus. Segundo a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros, a vítima possuía envolvimento com o tráfico de drogas. Ninguém foi preso até o momento. O crime ocorreu por volta das 20h15, em um rip rap da rua Tarumã, no mesmo bairro. Para a polícia, moradores relataram que cerca de seis homens armados abordaram a vítima e efetuaram tiros contra o homem, que morreu no local. Após a ação, os criminosos fugiram pela rua Rio Âncora. Neste local, tinha um veículo a espera deles. Ninguém foi identificado. Pelas circunstâncias do crime, a DEHS trabalha com a investigação de que a motivação tenha relação com o tráfico de drogas.
    Ambulante venezuelano é morto a tiros na Praça da Saudade, em Manaus

    Ambulante venezuelano é morto a tiros na Praça da Saudade, em Manaus


    Suspeito de participar de homicídio foi preso. Crime ocorreu na Praça da Saudade, Centro de Manaus Eliana Nascimento/G1 AM Um vendedor ambulante venezuelano de 36 anos foi morto a tiros na noite desta quinta-feira (25), no bairro Centro de Manaus....


    Suspeito de participar de homicídio foi preso. Crime ocorreu na Praça da Saudade, Centro de Manaus Eliana Nascimento/G1 AM Um vendedor ambulante venezuelano de 36 anos foi morto a tiros na noite desta quinta-feira (25), no bairro Centro de Manaus. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investigará se o caso possui relação com o tráfico de drogas. Um homem foi preso suspeito de participação no homicídio. O crime ocorreu por volta das 22h40, na banca que a vítima vendia bombons, em frente a um bar na Praça da Saudade, situado na Rua Simón Bolívar. Na ocasião, o venezuelano foi surpreendido por uma dupla de homens armados que atiraram contra ele. Após a ação criminosa, os suspeitos tentaram fugir. No entanto, uma equipe da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) ouviu um disparo de arma de fogo nas proximidades e, ao realizarem buscas, localizaram um dos suspeitos tentando entrar em um veículo de modelo Siena. Ele caiu e foi agredido por um grupo de pessoas. O suspeito, de 21 anos, foi preso em flagrante em posse de uma arma de fogo calibre 380, dois carregadores, além de 25 munições, R$ 542 em espécie e uma trouxinha de maconha. Por conta dos ferimentos ocasionados pela agressão física, o homem foi encaminhado ao Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul da capital. Para a equipe da DEHS, o suspeito alegou que o outro homem que estava com ele o convidou para consumirem bebida alcoólica em um bar na Praça da Saudade, mas alertou para irem armados pois recebeu ameaça de morte. "O suspeito alega que esse amigo convidou ele para beber em frente a Praça da Saudade mas relatou para irem armados pois um homem fez uma ameaça de morte por uma rede social. Ele falou ainda em depoimento que saiu de casa sem saber que aconteceria esse homicídio", disse um investigador da DEHS. A vítima foi baleada com um tiro no rosto e morreu no local. A Polícia Civil investigará se a vítima também utilizava o ponto comercial para realizar a venda de drogas.
    Prefeitura lança novo prazo para escolha de identidade visual do sauim-de-coleira, em Manaus

    Prefeitura lança novo prazo para escolha de identidade visual do sauim-de-coleira, em Manaus


    Prêmio de edital anterior está mantido; concurso novo foi lançado por conta da falta de ganhador de processo feito no ano passado. Sauim-de-coleira é símbolo de Manaus Diogo Lagroteria/ Divulgação A Prefeitura de Manaus lançou um novo prazo...


    Prêmio de edital anterior está mantido; concurso novo foi lançado por conta da falta de ganhador de processo feito no ano passado. Sauim-de-coleira é símbolo de Manaus Diogo Lagroteria/ Divulgação A Prefeitura de Manaus lançou um novo prazo para as inscrições ao concurso-prêmio para a escolha da identidade visual da mascote sauim-de-Manaus. A seleção será feita a partir do envio de propostas, que serão avaliadas por uma comissão técnica formada por especialistas. A nova seleção ocorre em virtude de ausência de ganhador no processo de habilitação dos participantes, ocorrido em dezembro do ano passado. O prêmio, no valor de R$ 10 mil, está mantido e os interessados já podem procurar pelo novo edital no site da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), clicando no banner do concurso-prêmio. O novo edital, de número 001/2019, foi publicado na edição da última quarta-feira, 24/4, do Diário Oficial do Município (DOM). Os candidatos que participaram anteriormente, por ocasião do primeiro e do segundo editais, poderão se inscrever novamente apresentando novas propostas. As inscrições poderão ser feitas até o dia 10 de junho. Desta vez, o concurso escolherá apenas a identidade visual da mascote da cidade, o sauim-de-Manaus. A realização do concurso atende a recomendação de Termo de Ajustamento de Conduta firmado entre a Prefeitura de Manaus e o Ministério Público Federal (MPF-AM), visando contribuir para a preservação da espécie, criticamente ameaçada de extinção. Este é o terceiro edital lançado pela Semmas, tendo em vista que nos dois primeiros as propostas apresentadas não foram consideradas aptas tecnicamente pela comissão de seleção do concurso. Desde 2005, o sauim-de-coleira é a mascote do município de Manaus. O objetivo do concurso é incentivar ações voltadas à educação ambiental e à conscientização quanto à necessidade de preservação da espécie, que só ocorre em Manaus e entorno. Podem participar do concurso pessoas físicas ou jurídicas. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas na sede da Semmas, situada na rua Rubídio, 288, Vila da Prata, zona Oeste.
    Apenas 7,5% de detentos do AM estão no mercado de trabalho, aponta estudo

    Apenas 7,5% de detentos do AM estão no mercado de trabalho, aponta estudo


    Dados no AM foram levantados pelo projeto Monitor da Violência. Vista aérea do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus Luana Borba/Rede Amazônica No Amazonas, apenas 7,5% de um total de 9.682 presos estão inseridos no mercado de...


    Dados no AM foram levantados pelo projeto Monitor da Violência. Vista aérea do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus Luana Borba/Rede Amazônica No Amazonas, apenas 7,5% de um total de 9.682 presos estão inseridos no mercado de trabalho, de acordo com dados divulgados pelo projeto Monitor da Violência. A quantidade dos detentos que estudam é ainda menor ainda, com 3,8%. Nas duas análises, o Amazonas ficou entre os sete estados do País com o pior desempenho. De acordo com o levantamento, dos presos que compõem o sistema prisional do Amazonas, apenas 729 desempenham alguma atividade relacionada ao trabalho. A estatística deixa o Estado na sétima posição no ranking nacional. As seis piores posições estão com os estados do Ceará, com 1,4%, Rio de Janeiro, com 1,7%, Goiás (2,3%), Rio Grande do Norte (3,5%), Pernambuco (6,0%) e Paraíba (6,3%). Estados com maior quantidade de detentos no mercado de trabalho Entre os estados com a melhor colocação, estão Sergipe que possui 5.460 presos, dos quais 37,2% trabalham. Na segunda posição, está o Mato Grosso do Sul, com 35,4% dos 16.522 presos também no mercado de trabalho. Números do Monitor da Violência no Amazonas Arte/G1 AM Estudos Quando se trata do incentivo à vida acadêmica dos presos, o Amazonas ocupa a segunda pior colocação do país - ficando à frente do Acre, apenas. Segundo o levantamento, dos 9.682 presos, apenas 369 estudam. No Acre, são 7.915 presos - dos quais apenas 180 frequentam a sala de aula, o que corresponde a 2,3%. Estados com maior quantidade de presos na sala de aula Entre os Estados com maior quantidade de presos que estudam, em primeira posição está o Piauí, que possui ao todo 4.811 presos no sistema - menos da metade dos presos do Amazonas. Deste total, 1.924 frequentam a sala de aula. A quantidade significa 40% dos presos. Em segunda posição, está Paraná, com 36,3% dos 21. 507 presos envolvidos com estudos. O Estado do Mato Grosso fica na terceira posição, com 11.800 presos, sendo que 24,6% estudam. Monitor da violência O projeto é desenvolvido por profissionais do G1 junto ao Núcleo de Estudos da Violência da USP e ao Fórum Brasileiro de Segurança Pública. A ação busca discutir a questão da violência no país e apontar caminhos para combatê-la. O primeiro projeto estreou em setembro de 2017.
    Quadrilha é presa com aproximadamente 60 kg de drogas e armas em Manaus

    Quadrilha é presa com aproximadamente 60 kg de drogas e armas em Manaus


    Prisões foram realizadas no bairro Alvorada, na Zona Centro-Oeste de Manaus. Material foi apreendido durante operação deflagrada pela Rocam, no bairro Alvorada em Manaus Divulgação/PM Cinco homens foram presos e aproximadamente 60 quilos de droga...


    Prisões foram realizadas no bairro Alvorada, na Zona Centro-Oeste de Manaus. Material foi apreendido durante operação deflagrada pela Rocam, no bairro Alvorada em Manaus Divulgação/PM Cinco homens foram presos e aproximadamente 60 quilos de droga foram apreendidas em operação realizada pelos policiais militares nesta quinta-feira (25) em Manaus. Sete armas, sendo uma submetralhadora, também foram apreendidas durante ação que ocorreu no bairro Alvorada, na Zona Centro-Oeste de Manaus. A operação teve início na tarde desta quinta-feira (25) e finalizou por volta das 22h. Denúncias anônimas apontaram para a polícia que um grupo estaria vendendo drogas no Beco da Caixa D'água, que fica no bairro Alvorada. “Prendemos criminosos com forte poder de fogo, várias armas apreendidas e material entorpecente. Os elementos são ligados a uma facção criminosa. Segundo denúncia de populares, eles estariam aterrorizando a região”, apontou o tenente Mascarenhas, da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam). Em via pública, foram presos cinco homens, sendo três de 21 anos, outros dois com 20 e 30 anos de idade. Com eles, foram encontradas algumas armas de fogo e entorpecentes. Armamento tem impresso sigla de facção criminosa que atua no Amazonas, apontou a polícia Divulgação/PM Após interrogatório, os suspeitos informaram que guardavam mais drogas e armas em uma casa no bairro Planalto, na Zona Centro-Oeste de Manaus. “Descobrimos o local onde guardavam o resto do material. Lá, havia um laboratório de drogas e mais armas, que eles utilizavam para guarnecer bocas de fumo e rivalizar com facções criminosas”, disse o tenente. Na submetralhadora apreendida com a quadrilha, havia uma pintura das iniciais de uma facção criminosa que briga pelo comando do tráfico de drogas no Estado. Cerca de 60 kg de drogas do tipo Oxi e Skunk foram apreendidas, além de 750 pinos de cocaína e três balanças de precisão. Ao todo, 12 policiais militares da Rocam participaram da operação. Os suspeitos e o material foram encaminhados ao 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Flores, na Zona Centro-Sul.
    Homem morre após ser atingido por cerca de 10 tiros na Zona Leste de Manaus

    Homem morre após ser atingido por cerca de 10 tiros na Zona Leste de Manaus


    Crime ocorreu no bairro São José, na Zona Leste. Dupla que efetuou disparos fugiu. Vítima foi atingida por cerca de 10 disparos de arma de fogo, na Zona Leste de Manaus Ive Rylo/ G1 AM Um homem de 29 anos foi assassinado na noite desta quinta-feira...


    Crime ocorreu no bairro São José, na Zona Leste. Dupla que efetuou disparos fugiu. Vítima foi atingida por cerca de 10 disparos de arma de fogo, na Zona Leste de Manaus Ive Rylo/ G1 AM Um homem de 29 anos foi assassinado na noite desta quinta-feira (25) após ser atingido por aproximadamente dez disparos de arma de fogo. O crime ocorreu no bairro São José 1, na Zona Leste de Manaus. Ele chegou a ser perseguido por dois suspeitos que estavam a pé, de acordo com a polícia. O caso ocorreu por volta das 20h. De acordo com testemunhas, o homem caminhava pela Rua Tarumã quando percebeu a aproximação de dois homens armados. Ele foi abordado em uma ponte de madeira pela dupla. Assim que foi atingida, a vítima ainda correu dos suspeitos e tentou entrar na residência em que morava para se esconder, mas não conseguiu. Moradores informaram que ouviram muitos disparos e se assustaram com a situação. O homem morreu na frente da casa dele. A dupla fugiu a pé e ainda não foi identificada. Os policiais da 9ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) atenderam a ocorrência. O corpo foi removido do local pelos funcionários do Instituto Médico Legal (IML), na Zona Norte de Manaus. O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).
    Quadrilha suspeita de cometer homicídio é presa em Coari, no interior do AM

    Quadrilha suspeita de cometer homicídio é presa em Coari, no interior do AM


    Prisão foi feita por policiais militares do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Grupo suspeito de participar de homicídio é preso em Coari Divulgação/PM Um homem de 23 anos foi preso nesta quinta-feira (25) com uma arma de fogo no município...


    Prisão foi feita por policiais militares do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Grupo suspeito de participar de homicídio é preso em Coari Divulgação/PM Um homem de 23 anos foi preso nesta quinta-feira (25) com uma arma de fogo no município de Coari, a 444 quilômetros da capital. Ele é suspeito de participar de um homicídio na noite desta quarta-feira (24). Outros cinco suspeitos de auxiliar no crime também foram presos. O suspeito foi encontrado dentro da casa em que morava. Com ele, foi apreendido um revólver calibre 38, que teria sido utilizado no crime, e dez munições. A vítima, um jovem de 23 anos, foi assassinado por volta das 21h30 desta quarta-feira (24) no município. De acordo com informações repassadas pela polícia, durante a abordagem, o suspeito tentou fugir mas foi detido. Ele ainda tentou esconder a arma no fundo da residência, mas ela foi encontrada pelos policiais. No quarto do acusado, foram encontradas ainda cinco munições intactas de calibre 38. Além do suspeito, foram presos outros homens de 19, 21, 18, 42 e 52 anos. Outro suspeito de participar do crime conseguiu fugir. O grupo foi encaminhado à 10ª Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos legais.
    PF prende 26 pessoas em Manaus durante operação contra desmatamento ilegal na Amazônia

    PF prende 26 pessoas em Manaus durante operação contra desmatamento ilegal na Amazônia


    Operação aconteceu em oito estados e DF simultaneamente. Ex-dirigente do Ibama é preso em ação contra venda ilegal de madeira A Operação Arquimedes prendeu nesta quinta-feira (25) 26 pessoas em Manaus. A ação, deflagrada pela Polícia...


    Operação aconteceu em oito estados e DF simultaneamente. Ex-dirigente do Ibama é preso em ação contra venda ilegal de madeira A Operação Arquimedes prendeu nesta quinta-feira (25) 26 pessoas em Manaus. A ação, deflagrada pela Polícia Federal, busca desarticular uma quadrilha responsável por extrair madeira da Amazônia de forma ilegal. Há ainda três pessoas foragidas. A operação ocorreu em outros oito Estados, além do Distrito Federal. Entre os presos, há um ex-superintendente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), José Leland. Segundo informações da Rede Amazônica, ele era alvo de um mandado de busca e apreensão e acabou preso em flagrante por ter uma arma de fogo sem autorização. A defesa de Leland informou que ainda não teve acesso ao inquérito da investigação. Entretanto, ele prestou esclarecimentos na sede da Polícia Federal. Os policiais federais encontraram com o diretor financeiro do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Fábio Rodrigues, R$ 205 mil em espécie. Ele foi preso em casa e é suspeito de emitir 35 autorizações para exploração ilegal de madeira no Amazonas. A reportagem não conseguiu contato com a defesa de Fábio Rodrigues. Operação Arquidmedes foi deflagrada nesta quinta-feira (25) Divulgação/ Rede Amazônica A operação investiga possíveis casos de corrupção entre servidores, engenheiros florestais, detentores de planos de manejo do Ipaam e do Ibama e proprietários de empresas madeireiras. Em coletiva de imprensa, a PF informou que a corrupção ocorria entre servidores e engenheiros e madeireiros, com o objetivo de obter celeridade dentro do órgão, "passar fila", e obter também informações sobre fiscalização nos locais de mata. Alguns pagamentos eram feitos diretamente entre servidores e madeireiros, com transação bancária direta ou quantias em espécie. Em nota, o Ipaam informou que colabora com a polícia e que a investigação é relativa a ações ocorridas em administrações passadas. Já o Ibama não respondeu aos questionamentos enviados pela reportagem. Operação Nacional Foram expedidos 23 mandados de prisão preventiva, seis de prisão temporária, 109 mandados de busca e apreensão cumpridos no Amazonas, Acre, Paraná, Mato Grosso, Minas Gerais, Rondônia, Roraima, São Paulo e Distrito Federal. Operação nacional foi deflagrada pela Polícia Federal Divulgação/ Rede Amazônica Além disso, foram autorizados bloqueios de mais de R$ 50 milhões nos CNPJs das empresas investigadas e outras 18 medidas cautelares. Os investigados responderão, dentro das suas condutas, pelos crimes de falsidade ideológica no sistema DOF, falsidade documental nos processos de concessão e fiscalização de PMFS (Plano de Manejo Florestal Sustentável), extração e comércio ilegal de madeira, lavagem de bens, direitos e valores, corrupção ativa e passiva e de constituição de organização criminosa. A operação já apreendeu em dezembro de 2017 mais de 400 contêineres no porto em Manaus, contendo aproximadamente 8.000 m³ de madeira em tora com documentação irregular.
    Apresentações teatrais encerram Semana do Livro 2019 no Centro Histórico de Manaus

    Apresentações teatrais encerram Semana do Livro 2019 no Centro Histórico de Manaus


    Esta é a terceira edição do projeto. Programação teve início nesta segunda-feira (22) Divulgação A Semana do Livro será encerrada em Manaus nesta sexta-feira (26) com duas apresentações teatrais, além de roda de conversa com atores e...


    Esta é a terceira edição do projeto. Programação teve início nesta segunda-feira (22) Divulgação A Semana do Livro será encerrada em Manaus nesta sexta-feira (26) com duas apresentações teatrais, além de roda de conversa com atores e professores. Nesta edição, o escritor homenageado é Guimarães Rosa. No último dia do evento, a peça “Sorôco, sua mãe, sua filha” - do livro “Primeiras Estórias” - será interpretada pelo grupo do curso de Teatro da Universidade do Estado do Amazonas (TEU) e Quarteto de Trombones (Curso de Música da UEA), às 15h, na escadaria do Museu da Cidade, localizado na Rua Gabriel Salgado, no Centro Histórico de Manaus. Já às 16h, os atores seguirão em cortejo para o Les Artistes Café Teatro, onde acontecerá uma roda de conversa mediada pelos professores Jhon Wayner de Castro, José Seráfico e Jamerson Eduardo Reis. Ainda nesta sexta-feira, na Universidade Federal do Amazonas (Ufam), será exibido o filme “Meus Dois Amores”, de Luiz Henrique Rios (2012), com comentários do professor Carlos Guedelha, no Cine Vídeo da Ufam. Às 19h, o Casarão de Ideias, localizado na Rua Barroso, 279, Centro, promoverá a abertura da exposição de desenhos “Guimarães: Rosa e Epsinho”, do Ateliê e Escola “House 137”, sob curadoria do artista Oscar Ramos e coordenação de João Fernandes. Na oportunidade, os artistas da House 137, professores e o público em geral são convidados a falar de suas inspirações nas artes visuais e do universo de Guimarães Rosas. Semana do Livro Em sua terceira edição, a Semana do Livro promoveu seminários, oficinas, debates, apresentações teatrais, exibição de filmes e lançamento de livros, em quatro locais distintos, com programação simultânea na Ufam, UEA, Uninorte e Casarão de Ideias. As atividades foram planejadas em alusão ao Dia Mundial do Livro (23 de abril).
    Homem é preso no interior do AM com camas elásticas, cadeiras e mesas furtadas em Manaus

    Homem é preso no interior do AM com camas elásticas, cadeiras e mesas furtadas em Manaus


    Material seria utilizado em evento. Segundo polícia, 48 cadeiras e 12 mesas foram encontradas na casa dele. Cama elástica seria utilizada em evento, segundo polícia Divulgação Um homem de 32 anos foi preso suspeito de furtar mais de 50 mesas e...


    Material seria utilizado em evento. Segundo polícia, 48 cadeiras e 12 mesas foram encontradas na casa dele. Cama elástica seria utilizada em evento, segundo polícia Divulgação Um homem de 32 anos foi preso suspeito de furtar mais de 50 mesas e cadeiras no município de Urucurituba, a 207 km de Manaus, nesta quinta-feira (25). A polícia encontrou 48 cadeiras e 12 mesas na casa dele. Os objetos teriam sido furtados no dia 16 de abril, em Manaus. Conforme o delegado da 41ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Urucurituba, Mário Melo, um homem teria realizado o furto no Conjunto Campos Sales, bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus. “Esse indivíduo furtou 48 cadeiras, 12 mesas, duas camas elásticas, um castelo inflável, uma casa de bolinha, além de sete panos de mesa. O suspeito preso teria comprado as mesas e as cadeiras oriundos desse furto”, explicou o delegado. Os proprietários do materiais furtados localizaram os brinquedos instalados no bosque de Urucurituba, situado na Avenida Castelo Branco, bairro Centro, de acordo com Melo. “As equipes policiais iniciaram diligências em torno do caso e conseguiram recuperar os brinquedos furtados. O homem que é o autor do furto estava com os brinquedos subtraídos. Entretanto, no momento da chegada da polícia, o infrator conseguiu fugir do lugar”, disse. Ainda conforme o delegado, o homem foi preso na casa dele, situada na Rua São Sebastião, Centro de Urucurituba. Parte do material furtado foi encontrado no local. O delegado informou que o material furtado seria utilizado durante uma festa naquele município. Melo destacou, ainda, que os objetos recuperados durante a ação policial já foram devolvidos para os donos em Manaus. O suspeito foi autuado em flagrante por receptação. Por ser um crime afiançável, foi arbitrada fiança no valor de cinco salários mínimos. O delegado ressaltou que, até o término dos procedimentos cabíveis, o servidor municipal não realizou o pagamento da fiança e, por conta disso, será mantido na carceragem da 41ª DIP, que funciona como unidade prisional.
    Suspeito de se passar por dono de construtora e vender falsos imóveis a mais de 40 pessoas é preso no AM

    Suspeito de se passar por dono de construtora e vender falsos imóveis a mais de 40 pessoas é preso no AM


    Ele cobrava R$ 3 mil de entrada para vítimas e, após pagamento, desaparecia. Crime foi denunciado e polícia conseguiu chegar até suspeito. Homem teria feito mais de 40 vítimas com crime de estelionato. Patrick Marques/G1 AM Um homem de 43 anos...


    Ele cobrava R$ 3 mil de entrada para vítimas e, após pagamento, desaparecia. Crime foi denunciado e polícia conseguiu chegar até suspeito. Homem teria feito mais de 40 vítimas com crime de estelionato. Patrick Marques/G1 AM Um homem de 43 anos foi preso quarta-feira (24) suspeito de se passar por dono de uma construtora e enganar mais de 40 vítimas com venda de casas, no bairro Lírio do Vale, Zona Oeste de Manaus. Ele cobrava R$ 3 mil de entrada para as vítimas e, após o pagamento, desaparecia. O crime foi denunciado e a polícia conseguiu chegar até o suspeito. Estima-se que mais de 40 pessoas tenham sido vítimas do crime. De acordo com o titular do 26º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Bruno Fraga, o homem foi denunciado por pessoas que haviam sido vítimas do crime. Eles contaram que o suspeito se passava por um dono de uma construtora. “Ele oferecia uma entrada de R$ 3 mil e mais parcelas entre R$ 70 e R$ 100 a serem pagas em 10 anos. Ele se aproximou de uma vítima que o apresentou outros membros de uma igreja que ela participava e também viraram vítimas dele", disse o delegado. Fraga explicou ainda que nove vítimas fizeram o pagamento dos R$ 3 mil em outubro de 2018. Em fevereiro, elas ainda não haviam recebido uma resposta concreta do suspeito e decidiram denunciá-lo. "Ele dizia que as obras ainda iam ter inícioue faltava repasse de dinheiro. Em razão de um tempo chuvoso, as obras atrasavam, até que conseguiu trocar de telefone e não tinha mais contato com as vítimas. Viram que ele estava os enrolando e vieram até a delegacia", explicou Fraga. A polícia então passou a investigar e identificou o homem como Márcio José dos Santos Fontenelle. O homem foi encontrado escondido na casa de um amigo, no bairro Lírio do Vale, na Zona Oeste de Manaus. Dentro do carro do homem, a polícia ainda encontrou documentos de cerca de 20 pessoas que seriam novas vítimas dele. Segundo polícia, outras 20 pessoas seriam novas vítimas do crime Patrick Marques/G1 AM Em testemunha para a polícia, o homem confessou o crime e disse que havia feito mais de 40 vítimas com o crime. "Solicitamos que quem foi vítima dele compareça até a delegacia para que também seja denunciado", afirmou o delegado. Apresentado em uma coletiva de imprensa no 26º DIP, na tarde de quinta-feira (25), Fontenelle preferiu não comentar sobre o crime. Fontenelle deve responder pelo crime estelionato. Após os procedimentos cabíveis na delegacia, ele deve ser encaminhado para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).
    Quatro pessoas são presas com drogas e armas no interior do AM

    Quatro pessoas são presas com drogas e armas no interior do AM


    Grupo era investigado pela Polícia Civil. Drogas apreendidas com suspeitos Divulgação Três homens e uma mulher foram presos na quarta-feira (24) com armas e drogas no município de Barreirinha,a 331 km de Manaus. Segundo a polícia, o grupo é...


    Grupo era investigado pela Polícia Civil. Drogas apreendidas com suspeitos Divulgação Três homens e uma mulher foram presos na quarta-feira (24) com armas e drogas no município de Barreirinha,a 331 km de Manaus. Segundo a polícia, o grupo é suspeito de atuar na venda e distribuição de substâncias entorpecentes no município. De acordo com a escrivã e gestora da 42ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), Girlane Vasconcelos, a polícia investigou o grupo e conseguiu identificar onde estariam com uma quantidade de drogas. Os policiais então foram até o local em que o grupo estaria e os encontrou. Segundo a escrivã, eles atuavam na venda e distribuição de substâncias entorpecentes em Barreirinha. “As equipes policiais se deslocaram até o bairro Nova Conquista e, por volta das 21h30, prendemos os quatro com mais de 300 porções de substâncias entorpecentes dentre maconha, oxi, pasta base de cocaína, além de uma arma caseira, uma espingarda calibre 16, um simulacro de arma de fogo, balança de precisão, aparelhos celulares, comprovantes de depósitos bancários e de anotações das vendas de droga no município”, disse a escrivã. Ela informou ainda que a droga apreendida era oriunda de uma comunidade rural próxima ao município, e que já estavam embalada para ser distribuída. O grupo foi autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo de uso permitido. Após os procedimentos cabíveis na 42ª DIP, eles devem permanecer na carceragem da delegacia, à disposição da Justiça.

    STF permite crédito de IPI na compra de insumos da Zona Franca de Manaus


    Com decisão, contribuinte que comprar produtos da Zona Franca poderá aproveitar crédito proveniente do IPI para quitar outros tributos, mesmo tendo adquirido insumos isentos. O Supremo Tribunal Federal decidiu nesta quarta-feira (24), por 6 votos a 4,...

    Com decisão, contribuinte que comprar produtos da Zona Franca poderá aproveitar crédito proveniente do IPI para quitar outros tributos, mesmo tendo adquirido insumos isentos. O Supremo Tribunal Federal decidiu nesta quarta-feira (24), por 6 votos a 4, reconhecer o direito de contribuintes aos créditos do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) na compra de insumos produzidos na Zona Franca de Manaus. O crédito gerado na venda de insumos pode ser usado pelo contribuinte para abater outros tributos, como o Imposto de Renda, por exemplo. Pela decisão do Supremo, o contribuinte que comprar produtos da Zona Franca poderá aproveitar o crédito proveniente do IPI para quitar outros tributos mesmo tendo adquirido insumos isentos do imposto. A Corte julgou dois recursos, um deles cuja análise foi suspensa em 2016 por pedido de vista do ministro Teori Zavaski. Naquela ação, a relatora, ministra Rosa Weber, admitiu a utilização dos créditos, acompanhada pelos ministros Edson Fachin e Luís Roberto Barroso. Na sessão desta quinta (25), a maioria acompanhou esse entendimento. Votaram nesse sentido os ministros Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Ricardo Lewandowski, Celso de Mello e Dias Toffoli. A decisão tem repercussão geral, ou seja, deve ser seguida por todas as instâncias da Justiça. A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), que se posicionou contra a possibilidade, calcula em cerca de R$ 16 bilhões por ano o impacto fiscal com a decisão. A autora dos recursos era a União. Em seu voto, Rosa Weber afirmou que a utilização de créditos relativos às mercadorias da Zona Franca é exceção à regra geral estabelecida pela jurisprudência do STF. “É preciso tratar os iguais de forma igual e os desiguais de forma desigual”, disse. Ela já havia votado nesse sentido em 2016. Relator do outro recurso, o ministro Marco Aurélio, por sua vez, votou contra o "creditamento". Ele citou precedentes do Supremo de que o direito ao crédito de IPI pressupõe a existência de imposto devido na etapa anterior, “para evitar a tributação em cascata, ou seja, a cumulação, que é excluída pelo texto constitucional que disciplina esse tributo”. Segundo o ministro, o crédito não está previsto na Constituição. “A regra geral é voltada ao não 'creditamento', devendo as exceções, mesmo quando envolvida a Zona Franca de Manaus, estarem previstas expressamente em lei”, completou. Votaram contra o "creditamento" os ministros Alexandre de Moraes, Luiz Fux e Cármen Lúcia. “É algo que se desvirtuou, porque não gerou mais emprego, mais renda”, afirmou o ministro Alexandre de Moraes. O ministro Luiz Fux afirmou que a jurisprudência do STF é clara ao afirmar que, se não há pagamento, não há "creditamento". “Os benefícios vazarão para todo o país [caso seja feito o 'creditamento' do IPI]. Ou seja, perdem todos”, criticou.
    Postos do Sine abrem 28 vagas de emprego nesta sexta-feira em Manaus

    Postos do Sine abrem 28 vagas de emprego nesta sexta-feira em Manaus


    Há vagas para auxiliar de limpeza, entre outras. Há vagas para auxiliar de limpeza, entre outras. Aline Rickly / G1 Postos do Sine Manaus selecionam nesta sexta-feira (26), candidatos para 28 vagas de emprego nos postos da avenida Constantino...


    Há vagas para auxiliar de limpeza, entre outras. Há vagas para auxiliar de limpeza, entre outras. Aline Rickly / G1 Postos do Sine Manaus selecionam nesta sexta-feira (26), candidatos para 28 vagas de emprego nos postos da avenida Constantino Nery, 1.272, no São Geraldo, e o Shopping Phelippe Daou, na avenida Camapuã, 2.985, no Jorge Teixeira, a partir das 8h. Os candidatos interessados nas vagas devem comparecer a um dos postos, coordenados pela Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), portando documentos básicos, como RG, CPF, PIS, Carteira de Trabalho, comprovante de escolaridade, comprovante de residência e certificado de reservista (para homens). Se a vaga exigir habilidades específicas, é necessário apresentar comprovação, como certificados, ou outros documentos. Confira as vagas e o posto onde estão sendo oferecidas: POSTO SINE MANAUS – CONSTANTINO Avenida Constantino Nery, 1.272, São Geraldo (próximo à sorveteria Glacial) VAGA: AUXILIAR DE LIMPEZA – VAGA EXCLUSIVA PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA (PCD) ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: seis meses na carteira. VAGA: ASSISTENTE FINANCEIRO ESCOLARIDADE: Ensino Superior Completo; EXPERIÊNCIA: seis meses na carteira; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: Experiência em rotinas na área financeira. Obrigatório ser usuário do Sistema Whinthor e disponibilidade de horário. VAGA: ANALISTA FISCAL ESCOLARIDADE: Ensino Superior Completo ou cursando Ciências Contábeis; EXPERIÊNCIA: comprovada em carteira; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: Ter experiência em análise e apuração de impostos (ISS, PIS, COFINS, IRPJ, CSLL), acompanhar processos, conciliação de contas, atualização e emissão de guia de recolhimento previdenciário entre outros. VAGA: COZINHEIRO ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: comprovada em carteira; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: Experiência em preparos de café da manhã, almoço e café da tarde. VAGAS: CONFERENTE ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: seis meses na carteira; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: O candidato precisa ter experiência com estoque na área de distribuição. Conferência de peças de motos, armazenagem, estocagem e embalagens de materiais. VAGAS: OPERADOR DE MÁQUINA CORTE E SOLDA / SACOLEIRA ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: comprovada em carteira; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: O candidato precisa ter experiência com operação de máquinas de solda, corte e sacoleira. VAGA: ENCARREGADO DE LIMPEZA ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: seis meses na carteira; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: Experiência em preparos de café da manhã, almoço e café da tarde. POSTO SINE MANAUS – SHOPPING PHELIPPE DAOU Avenida Camapuã, Jorge Teixeira, no Shopping Phelippe Daou, em frente ao T4 VAGA: TÉCNICO EM INFORMÁTICA ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: seis meses na carteira; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: Saber monitorar sistemas de computadores e microcomputadores, recursos de entrada e saída de dados, recursos de armazenamento de dados, registros de erros, consumo da unidade central de processamento, recursos de rede e disponibilidade dos aplicativos, assegurar o funcionamento de hardware e do software. Obrigatório ter “CNH B”. VAGA: AUXILIAR DE MANUTENÇÃO PREDIAL ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: seis meses na carteira; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: Executar serviços de manutenção, dar apoio as rotinas de manutenção, cuidando preventivamente da conservação predial. Ter curso de manutenção predial atualizado, disponibilidade de horário, ter boa comunicação. VAGAS: VENDEDOR EXTERNO ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: Não é necessário; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: Vender serviços de TV, internet e telefone. Ter disponibilidade de horário. VAGA: AUXILIAR DE COZINHA ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: seis meses na carteira; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: Responsável pelo pré-preparo, higienização. Organização e pequenas produções de alimentos dos vários setores de cozinha. VAGAS: RECEPCIONISTA DE HOTEL ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: comprovada em carteira; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: Ter disponibilidade para dormir no local de trabalho (hotel de selva) e ter inglês fluente. VAGA: AGENTE DE OPERAÇÕES TURÍSTICAS ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: comprovada em carteira; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: Ter disponibilidade para dormir no local de trabalho (hotel de selva) e ter inglês fluente. VAGA: CHURRASQUEIRO ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: seis meses na carteira; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: Preparar, cortar e assar carnes bovinas, suínas e aves, realizar manutenção da churrasqueira e organizar o local de trabalho. Acompanhar a evolução dos auxiliares. VAGA: ASSISTENTE DE VENDAS ESCOLARIDADE: Ensino Superior Completo ou Cursando qualquer área; EXPERIÊNCIA: seis meses na carteira; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: Ter experiência na indústria voltada para cabos e chicotes. Ter boa comunicação, agilidade, raciocínio rápido e visão de projeto. Diferencial: inglês. VAGAS: TÉCNICO ELETRÔNICA HOSPITALAR ESCOLARIDADE: Ensino Técnico Completo em Eletrônica ou Automação Industrial; EXPERIÊNCIA: seis meses na carteira; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: Ter experiência com manutenção preventiva e corretiva de equipamentos médico-hospitalares de baixa, média e alta complexidade. VAGA: OPERADOR DE PRÉ - EXPANSOR ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: comprovada em carteira; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: Ter experiência no Segmento de EPS, NR-12, NR-11, NR-35 e curso de Operador de Empilhadeira. 4 VAGAS: CONSULTOR COMERCIAL ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: seis meses na carteira; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: Ter “CNH B”, informática básica e experiência em vendas nas áreas: telefonia móvel, plano de saúde ou funerário, serviços de telecomunicações, internet ou vendas externas com telemarketing e visita ao cliente. Ter disponibilidade de horário e fins de semana.
    Peritos paralisam atividades para cobrar melhores condições de trabalho em Manaus

    Peritos paralisam atividades para cobrar melhores condições de trabalho em Manaus


    Serviços como necropsia estão parados. Peritos paralisaram atividades em Manaus Meike Farias/Rede Amazônica Peritos do Amazonas paralisaram as atividades, nesta quinta-feira (25), em frente à sede do Instituto Médico Legal, Zona Norte de Manaus,...


    Serviços como necropsia estão parados. Peritos paralisaram atividades em Manaus Meike Farias/Rede Amazônica Peritos do Amazonas paralisaram as atividades, nesta quinta-feira (25), em frente à sede do Instituto Médico Legal, Zona Norte de Manaus, para cobrar melhores condições de trabalho. Serviços como perícia e necropsia estão parados. É o segundo protesto da categoria realizado nesta semana. O G1 aguarda posicionamento do governo. "Não tem perícia saindo. Não tá se fazendo necropsia. Têm uns 12 cadáveres. Estamos parados. Não tem estrutura para armazenar e vai começar a apodrecer", disse Ilton Soares, vice-presidente do Sindicato dos Peritos do Amazonas. Eles cobram melhorias trabalhistas. "O que nós temos aqui na perícia é um descaso de 30 anos", disse. Segundo Soares, faltam insumos de trabalho. Atualmente, são 170 peritos para atender as demandas do estado, conforme o sindicato. Viviany Pinto, presidente do Sinpeam, disse que a paralisação afeta, principalmente, a criminalidade, já que locais de crimes são violados e ficam sem perícia. "Isso vai impactar em achar suspeito e nos inquéritos policiais. Infelizmente, quem sofre é a população, declarou Viviany. "Só vamos atender aos chamados, as perícias, se houve condições mínimas de segurança de trabalho para que o perito exerça sua atividade", acrescentou a presidente do Sinpeam. Principais reivindicações da categoria Pagamento das data bases atrasadas de 2015 a 2019 Reforma emergencial dos prédios e fornecimento de viaturas Criação de força tarefa para ajudar a diminuir o passivo de laudos Redistribuição e promoção Criação do complexo de perícias O que diz o governo O governo afirma que a greve é ilegal e que a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) que está adotando as medidas judiciais quanto ao movimento paredista iniciado por servidores do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC). "A paralisação é ilegal, pois fere decisões de cortes superiores de que serviços essenciais à manutenção da ordem pública, como a segurança, não podem ser interrompidos. O secretário de Segurança, coronel Louismar Bonates, determinou a adoção de uma série de medidas para não prejudicar o funcionamento dos serviços e atendimento à população. "Diante das denúncias da falta de atuação de servidores, a Corregedoria Geral de Segurança Pública está apurando os casos e abrindo os devidos procedimentos administrativos de responsabilização". O comunicado diz, ainda, que médicos da Polícia Militar estão sendo convocados para atuar como peritos AD HOC. "A partir da tarde de hoje, foi feita a transferência temporária dos veículos e servidores responsáveis pela remoção de cadáver de crimes violentos para saída simultânea com as equipes da Polícia Civil, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS)". Com relação às fiscalizações realizadas, por órgãos técnicos, à pedido do SINPOEAM, no Instituto de Criminalista e no Instituto Médio Legal (IML), a Secretaria de Segurança ressalta que, assim que a nova gestão assumiu, em janeiro de 2019, iniciou projetos para a resolução de diversos problemas estruturais que foram herdados de gestões passadas e se arrastam há mais de três décadas. Esses problemas não impediram, até o início da semana, que os profissionais do DPTC continuassem exercendo suas funções. "Em 2019, mais de R$ 1 milhão serão destinados a equipamentos e insumos para os órgãos que compõem o DPTC. O recurso é do orçamento próprio da SSP-AM e os itens serão adquiridos por meio de processo licitatório já em curso". A SSP-AM afirma, ainda, que "mantém o abastecimento regular de insumos e produtos dos institutos e vai fazer a compra emergencial, para renovação de estoque, de itens de insumos e equipamentos de proteção individual, assim como a manutenção e/ou substituição de equipamentos que apresentaram problemas na última semana, no IML". O governo comunicou que "diversas medidas de melhorias na área foram adotadas, como reparos nos telhados e na subestação elétrica do IML e inclusão de novos veículos para o trabalho de remoção de cadáver, por exemplo. Há outras ações em execução e planejamento. O Governo do Estado só retomará o diálogo com a categoria após a normalização integral dos serviços periciais de atendimento à população amazonense". (*Meike Farias, Rede Amazônica)
    Codam aprova 20 projetos com investimentos de R$ 250 milhões no Polo Industrial de Manaus

    Codam aprova 20 projetos com investimentos de R$ 250 milhões no Polo Industrial de Manaus


    Meta é gerar mais de 200 empregos. Polo Industrial de Manaus Reprodução TV Amazonas Até o fim deste ano, duas fábricas nacionais devem investir mais de R$ 100 milhões na produção de patinetes elétricos e de cartão de memória aqui em Manaus....


    Meta é gerar mais de 200 empregos. Polo Industrial de Manaus Reprodução TV Amazonas Até o fim deste ano, duas fábricas nacionais devem investir mais de R$ 100 milhões na produção de patinetes elétricos e de cartão de memória aqui em Manaus. Os projetos foram aprovados nesta quinta-feira (25) na segunda reunião do ano do Conselho de Desenvolvimento do Amazonas (Codam). Devem ser gerados mais de 200 empregos diretos - número considerado baixo, mas que promete ajudar a equilibrar as estatísticas do Polo Industrial. Nessa segunda reunião do ano, 20 projetos foram aprovados. Juntos, eles somam mais de R$ 250 milhões em investimentos. Apesar o menor número de projetos em relação a reuniões anteriores, o vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas, Nelson Azevendo, o setor está otimista. Dos projetos que passaram pelo crivo do conselho, dois se destacam: um de patinetes elétricos e outro para a produção de cartão de memória. Nos dois, mais de 200 empregos diretos devem ser gerados. O secretário de planejamento do Estado, Jório Veiga, disse que as fábricas trabalham com automação por isso, o número de empregos não é alto. A partir de agora, o Conselho espera que a chegada dessas produções possa atrair novos fabricantes. O economista José Laredo, que analisa o Polo Industrial de Manaus, acredita que a indústria ainda sente os impactos da crise econômica de 2014. Para ele, além do governo continuar garantindo incentivos, é preciso investir mais em propaganda para promover as vantagens da Zona Franca. (*Samira Benoliel, Rede Amamazônica)

    Frentista de posto é morto a tiros enquanto trabalhava em Manaus


    Dois criminosos chegaram de moto e atiraram contra ele. Nada foi levado. Um frentista de um posto de combustíveis na Zona Norte de Manaus foi morto a tiros , nesta quinta-feira (25), enquanto trabalhava. Dois criminosos chegaram de moto e atiraram...

    Dois criminosos chegaram de moto e atiraram contra ele. Nada foi levado. Um frentista de um posto de combustíveis na Zona Norte de Manaus foi morto a tiros , nesta quinta-feira (25), enquanto trabalhava. Dois criminosos chegaram de moto e atiraram contra ele. Nada foi levado. Uma câmera de segurança do posto, situado na Avenida Max Teixeira, flagrou a ação da dupla. O frentista aparece andando no vídeo. Do outro lado, um carro é abastecido. Minutos depois, dois homens em uma moto aparecem. Eles param na frente da bomba de gasolina que estava desocupada, e um deles sai armado e atira. Funcionários que estavam perto correram. A dupla fugiu sem levar nada. Por isso, a polícia acredita que o crime tenha sido motivado por acerto de contas. O frentista foi morto com pelo menos quatro tiros. (*Samira Benoliel, Rede Amazônica)
    Acidente entre 11 veículos deixa feridos em avenida de Manaus

    Acidente entre 11 veículos deixa feridos em avenida de Manaus


    Acidente ocorreu na Av. Umberto Calderaro Filho próximo à Rua Belo Horizonte. Acidente envolveu vários veículos em Manaus Rickardo Marques/G1 AM Um acidente de trânsito envolvendo 11 veículos deixou duas pessoas feridas no fim da manhã desta...


    Acidente ocorreu na Av. Umberto Calderaro Filho próximo à Rua Belo Horizonte. Acidente envolveu vários veículos em Manaus Rickardo Marques/G1 AM Um acidente de trânsito envolvendo 11 veículos deixou duas pessoas feridas no fim da manhã desta quinta-feira (25) na Av. Umberto Calderaro Filho próximo à Rua Belo Horizonte, em Manaus. O trânsito no local ficou afetado. A batida ocorreu entre oito carros, duas motos e um caminhão. De acordo com testemunhas, a moto bateu contra a lateral de um carro de passeio. Em seguida, outros veículos, que cruzavam a Paraíba, foram atingidos pelo caminhão que descia a via e não conseguiu frear. Agentes do Manaustrans desviaram o trânsito da Avenida Humberto Calderaro em frente ao Fórum Henock Reis. O acidente engarrafou toda a extensão da Avenida André Araújo. O tráfego na Efigênio Sales (V8) também teve reflexos. Cerca de 1h30 após o acidente, uma viatura do Corpo de Bombeiros despejou água para limpar o local da batida. O motociclista envolvido em um dos acidentes foi removido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) com ferimentos na cabeça. Acidente ocorreu na Av. Umberto Calderaro Filho próximo a Rua Belo Horizonte. Rickardo Marques/G1 AM Acidente gerou reflexo no trânsito da capital Harley Santos/Rede Amazônica
    Aprenda fazer 'Bolinho de arroz de tucupi', concorrente do Comida di Buteco 2019 em Manaus

    Aprenda fazer 'Bolinho de arroz de tucupi', concorrente do Comida di Buteco 2019 em Manaus


    Prato foi inspirado no Tacacá, iguaria típica da região. Bolinho de arroz de tucupi, do Comida di Buteco 2019 Divulgação O "Bolinho de arroz de tucupi" é um dos 16 pratos concorrentes ao Comida di Buteco 2019, em Manaus. O petisco, servido...


    Prato foi inspirado no Tacacá, iguaria típica da região. Bolinho de arroz de tucupi, do Comida di Buteco 2019 Divulgação O "Bolinho de arroz de tucupi" é um dos 16 pratos concorrentes ao Comida di Buteco 2019, em Manaus. O petisco, servido Borogodó Restaurante, é recheado com queijo coalho e empanado na farinha do Uarini. Além disso, acompanha molho de pimenta murupi. O G1 lista, abaixo, os ingredientes. Ingredientes (quantidade e tipo): 500g de arroz 02L de tucupi 01L de água 01 maço de jambu 12 dentes de alho 1 ½ cebola ½ maço de coentro ½ maço de cebolinha 5 folhas de chicória 200g de queijo coalho 200g de farinha do Uarini 01L de óleo de soja 5 pimentas murupi Sal a gosto Modo de Preparo (atividade e tempo): Arroz de tucupi: Lave o jambu separando a folhas do talo. Ferva o tucupi com 1 cebola, 10 dentes de alho, o coentro, a cebolinha, a chicória, os talos de jambu e sal a gosto. Depois de ferver, coe este caldo e reserve uma parte para usar no molho de pimenta. Refogue meia cebola picada e dois dentes de alho picados até dourar. Adicione o caldo coado, as folhas do jambu, o arroz e a água. Deixe cozinhar bem, até passar do ponto, e depois reserve para esfriar. Molho de pimenta murupi: Ferva o caldo de tucupi temperado que foi reservado com 5 pimentas murupi cortadas no meio. Bolinho: Corte o queijo coalho em pedaços pequenos para rechear o bolinho. Com o arroz frio, modele os bolinhos, recheie com o queijo coalho e empane na farinha do Uarini. Agora é só fritar com o óleo a 190 o C.
    Suspeito de matar soldado durante assalto em banda de carnaval é preso em Manaus

    Suspeito de matar soldado durante assalto em banda de carnaval é preso em Manaus


    Homem estava em clínica de reabilitação para dependentes químicos. William da Silva Batista suspeito de matar soldado em Manaus Eliana Nascimento/G1 AM Um homem de 26 anos foi preso, nesta quarta-feira (24), suspeito de envolvimento no...


    Homem estava em clínica de reabilitação para dependentes químicos. William da Silva Batista suspeito de matar soldado em Manaus Eliana Nascimento/G1 AM Um homem de 26 anos foi preso, nesta quarta-feira (24), suspeito de envolvimento no latrocínio – roubo seguido de morte - que teve como vítima um soldado da Aeronáutica, de 20 anos. O crime ocorreu em março deste ano em uma banda de carnaval na Zona Centro-Sul da capital. O suspeito, William da Silva Batista, foi localizado em um sítio na Rodovia Estadual AM-010 (Manaus-Itacoatiara). De acordo com o delegado titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Deufraudações (Derfd), Guilherme Torres, Batista é o segundo suspeito envolvido a ser preso. No dia 15 deste mês, Arley Rodrigues Monteiro foi localizado e, segundo o delegado, afirmou para a polícia participação no caso. "Inicialmente, o Arley afirmou que foi ele quem esfaqueou a vítima. Já para a imprensa, ele alegou que foi outra pessoa. Ontem, então, fizemos a prisão do 'Acerola', por toda a dinâmica e circunstâncias objetivas do caso. Pelo depoimento do William, a gente confirma a autoria que foi o Arley, que desferiu, realmente, as facadas, mas o William tava junto no momento do roubo. Ele ajudou a segurar a vítima", explicou Torres. William Batista foi preso em uma clínica de reabilitação para dependentes químicos, no Km 50 da AM-010. Segundo o delegado, o suspeito estava no local com o intuito de se esconder e dificultar a ação policial. Questionado sobre o crime, o suspeito alegou que Arley estaria brigando com a vítima e mais dois outros homens. "Eu fui atrás de um deles sem a faca. Quem tava com a faca era o Arley, e não eu. Não segurei a vítima. Eu conheço o Arley, pois a gente era amigo de infância e quase não tenho nenhuma ligação com ele", disse. O suspeito será indiciado por latrocínio consumado. O homem será levado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), localizado no Km 8, da BR-174, onde ficará à disposição da Justiça.
    Fiscalização detecta más condições de trabalho e laboratório clandestino no Instituto de Criminalística em Manaus

    Fiscalização detecta más condições de trabalho e laboratório clandestino no Instituto de Criminalística em Manaus


    Ação foi realizada pelo CRF-AM em conjunto com outros Conselhos da área de saúde. Fiscalização aconteceu nesta quinta-feira (24) Divulgação O Instituto de Criminalística (IC) e o Instituto Médico Legal (IML) do Amazonas foram alvos de...


    Ação foi realizada pelo CRF-AM em conjunto com outros Conselhos da área de saúde. Fiscalização aconteceu nesta quinta-feira (24) Divulgação O Instituto de Criminalística (IC) e o Instituto Médico Legal (IML) do Amazonas foram alvos de fiscalizações do Conselho Regional de Engenharia (CREA-AM), de Farmácia (CRF-AM), de Biologia (CRBio) e de Química (CRQ). Os órgãos identificaram irregularidades na estrutura dos prédios que compõem o sistema de Perícia do Estado, e que afetam diretamente as condições de trabalho dos peritos criminais. A ação fez parte do primeiro dia da Operação Cumpra-se a Lei, convocada pelo Sindicato dos Peritos Oficiais do Amazonas (SINPOEAM) para cobrar melhorias nas condições de trabalho. O G1 aguarda posicionamento do Governo sobre as irregularidades encontradas. A visita aos institutos foi solicitada pelo SINPOEAM junto aos conselhos. De acordo com o presidente do CRF-AM, Jardel Inácio, a fiscalização foi realizada principalmente nos laboratórios do IC e IML, onde foram identificadas diversas irregularidades. “Estes laboratórios não deveriam funcionar, porque não há o mínimo de condições de trabalho. Os Peritos trabalham em condições insalubres. Se estas situações que identificamos aqui forem levadas aos órgãos de vigilância sanitária, estes laboratórios seriam interditados imediatamente”, afirmou ele. Jardel explicou que os laboratórios não possuem registro junto ao CRF, o que é o suficiente para inviabilizar o funcionamento. Ele informou que todos os problemas levantados serão levados em forma de denúncia para o Departamento de Vigilância Sanitária de Manaus  e ao Ministério Público do Estado (MPE). O próprio CRF, no entanto, já gerou um auto de infração para as direções dos institutos exigindo que os problemas sejam resolvidos em até cinco dias. Caso não seja acatado, uma multa pode ser cobrada. As fiscais farmacêuticas do CRF-AM Inez Barancelli e Glauciane Silveira participaram da fiscalização.  Segundo Inez, além da clandestinidade dos laboratórios, que ficam no Instituto de Criminalística e não tinham registro e nem responsável técnico, várias outras irregularidades foram detectadas.   "Há muitos problemas na estrutura física, laboratórios muito pequenos, o acondicionamento dos produtos é inadequado. Sem os equipamentos e condições necessárias, muitas vezes os farmacêuticos liberam laudos sem a precisão real de contaminação", afirmou ela, ressaltando que o ambiente tem forte odor de substâncias tóxicas e os farmacêuticos trabalham sem os equipamentos de proteção necessários. Quem também identificou irregularidade na infraestrutura dos institutos foi o CREA-AM. Segundo o Superintendente Adjunto de Fiscalização do conselho, Swami Augusto, os fiscais que participaram da visita na manhã desta quarta observaram que os prédios possuem fissuras nas paredes e tetos, infiltrações, fios expostos e área inadequada para a realização dos serviços. “Recebemos o ofício do SINPOEAM e viemos fazer essa fiscalização. Notamos uma série de situações que inviabilizam o trabalho dos Peritos, e oficializaremos estas questões em forma de denúncia”, informou.
    Suspeito de integrar facção é preso com armas de fogo na Zona Norte de Manaus

    Suspeito de integrar facção é preso com armas de fogo na Zona Norte de Manaus


    Homem foi preso em um condomínio na Avenida Torquato Tapajós. Armas de fogo foram apreendidas com homem Divulgação/PM Um homem de 27 anos foi preso na madrugada desta quinta-feira (25), no bairro Colônia Terra Nova, na Zona Norte de Manaus....


    Homem foi preso em um condomínio na Avenida Torquato Tapajós. Armas de fogo foram apreendidas com homem Divulgação/PM Um homem de 27 anos foi preso na madrugada desta quinta-feira (25), no bairro Colônia Terra Nova, na Zona Norte de Manaus. Segundo policiais da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam), o jovem é suspeito de atuar na liderança de uma organização criminosa do Amazonas. Com ele, a polícia apreendeu armamentos que seriam utilizados para cometer homicídios naquela região. A prisão do suspeito ocorreu por volta das 4h, na residência dele, situada em um condomínio na Avenida Torquato Tapajós. De acordo com o capitão da Rocam Ricardo Lasmar, a equipe policial recebeu uma denúncia anônima relatando a localização do suspeito. "Recebemos a denúncia de que ele estava residindo em um condomínio na Avenida Torquato Tapajós. Foi deslocada uma equipe até o local e constatamos que o suspeito se encontrava no apartamento. Ele não esboçou nenhum tipo de reação. Durante buscas na residência, encontramos três armamentos", explicou Lasmar. A polícia apreendeu dois revólveres, sendo um calibre 380 e outro 22, além de um rifle 44 e 18 Munições de 380. Questionado sobre o objetivo do material ilícito, o suspeito alegou para a Rocam que seria utilizado em algumas execuções na Zona Norte da cidade. "Acreditamos que possa ter relação também com alguns homicídios nessa região. Além disso, alguns levantamentos apontam que ele é um dos braços direito de um traficante que está preso. Agora, o suspeito atua no controle do tráfico na Zona Norte", completou. O homem foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. O suspeito possui passagem por tráfico de drogas. Ele foi encaminhado ao 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP). Após os procedimentos na unidade policial, ele será levado para audiência de custódia, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, na Zona Sul de Manaus.
    Maia anuncia deputados de PR e PSDB para presidência e relatoria da comissão especial

    Maia anuncia deputados de PR e PSDB para presidência e relatoria da comissão especial


    Presidente da Câmara informou que deputado Marcelos Ramos (PR-AM) presidirá o colegiado responsável por analisar a PEC da Previdência, e Samuel Moreira (PSDB-SP) vai ser o relator. Câmara instala comissão especial para discutir a reforma da...


    Presidente da Câmara informou que deputado Marcelos Ramos (PR-AM) presidirá o colegiado responsável por analisar a PEC da Previdência, e Samuel Moreira (PSDB-SP) vai ser o relator. Câmara instala comissão especial para discutir a reforma da Previdência O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou na manhã desta quinta-feira (25) que o deputado Marcelo Ramos (PR-AM) vai presidir a comissão especial que será instalada no final da manhã para analisar a proposta de reforma da Previdência. Maia também informou que o deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) vai ser o relator do texto. Reforma da Previdência: entenda a proposta ponto a ponto O deputado Marcelo Ramos (PR-AM), indicado para o cargo de presidente da comissão especial da PEC da Previdência Pablo Valadares/Câmara dos Deputados Advogado e deputado de primeiro mandato, Marcelo Ramos é vice-líder do PR, um dos partidos que integram o Centrão, bloco de legendas conservadoras de centro-direita do Congresso Nacional. O Centrão não apoia formalmente o governo Jair Bolsonaro, mas também não é oposição. Mineiro de Governador Valadares, Samuel Moreira é engenheiro. Eleito por São Paulo, o tucano está no segundo mandato de deputado federal. O novo relator da proposta de emenda à Constituição (PEC) da Previdência foi secretário da Casa Civil do estado de São Paulo entre 2016 e 2018, na última gestão de Geraldo Alckmin como governador. O parlamentar do PSDB também comandou em duas ocasiões a prefeitura de Registro (SP) e foi deputado estadual por dois mandatos. Indicado para a relatoria da PEC da Previdência na comissão especial, Samuel Moreira foi chefe da Casa Civil do governo Geraldo Alckmin, em São Paulo Alexandre Carvalho/Governo de SP O anúncio do presidente e do relator do colegiado ocorreu ao final de um café da manhã na residência oficial da presidência da Câmara. Rodrigo Maia recebeu líderes partidários e o secretário de Previdência do Ministério da Economia, Rogério Marinho, para definirem os nomes dos responsáveis por conduzir os trabalhos da comissão especial. O ato de instalação do colegiado, que terá 49 deputados titulares e o mesmo número de suplentes, está marcado para as 11h desta quinta-feira na Câmara. Até a última atualização desta reportagem, os partidos já haviam indicado 43 deputados titulares e 42 suplentes. A instalação da comissão especial se resume à eleição do presidente do colegiado. Como foi costurado um acordo com siglas que juntas formam maioria na Casa, Marcelo Ramos deve ser eleito por maioria. Assim que for concluído o processo de eleição do presidente da comissão especial, será anunciado oficialmente o nome do relator escolhido por acordo entre partidos governistas, o Centrão e o PSDB. Na comissão especial será analisado o conteúdo da PEC da Previdência. Na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), os parlamentares avaliaram apenas se a proposta de reforma das regras de aposentadoria é constitucional.
    Adolescente morre em hospital após ser baleado em rua de Manaus

    Adolescente morre em hospital após ser baleado em rua de Manaus


    Ninguém foi preso crime até o momento, segundo polícia. Hospital João Lúcio e Pronto-Socorro da Criança da Zona Leste de Manaus Divulgação/Susam Um estudante de 16 anos morreu nesta quarta-feira (24) após ser baleado no bairro Coroado, na...


    Ninguém foi preso crime até o momento, segundo polícia. Hospital João Lúcio e Pronto-Socorro da Criança da Zona Leste de Manaus Divulgação/Susam Um estudante de 16 anos morreu nesta quarta-feira (24) após ser baleado no bairro Coroado, na Zona Leste de Manaus. De acordo com a Polícia Civil, ele foi atingido com um tiro no rosto. Ninguém foi preso crime até o momento. O caso ocorreu por volta de 1h30 na Rua São Pedro, no mesmo bairro. Conforme o Boletim de Ocorrência (B.O), registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a mãe da vítima relatou à polícia que o filho foi abordado por criminosos em via pública e, posteriormente, um dos homens atirou contra o adolescente. A mulher disse desconhecer a motivação do crime. Após a ação criminosa, o jovem foi socorrido por moradores até o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Coroado. Em seguida, ele foi transferido para o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, na Zona Leste da capital. No fim da tarde desta quarta-feira (24), a vítima não resistiu aos ferimentos. A causa da morte foi constatada como traumatismo craniano encefálico por projétil de arma de fogo. Agentes do Instituto Médico Legal (IML) realizaram a remoção do corpo da vítima do local para os procedimentos cabíveis. A Polícia Civil investigará o caso.

    Curso de Licenciatura em Pedagogia do Campo da UEA tem inscrições abertas até sexta (26)


    Aulas devem começar no segundo semestre deste ano. Estão abertas até esta sexta-feira (26) as inscrições para o Curso de Licenciatura em Pedagogia do Campo da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). O curso será voltado às Comunidades...

    Aulas devem começar no segundo semestre deste ano. Estão abertas até esta sexta-feira (26) as inscrições para o Curso de Licenciatura em Pedagogia do Campo da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). O curso será voltado às Comunidades Tradicionais das Unidades de Conservação no Município de Carauari: A Reserva Extrativista (Resex) do Médio Juruá, e a Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) de Uacari. As aulas têm previsão de início para o segundo semestre de 2019 e serão ofertadas 52 vagas para a modalidade de graduação. O Curso de Licenciatura em Pedagogia do Campo tem o objetivo de formar, por intermédio da graduação, profissionais capacitados para atuar na educação infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, e ainda auxiliar no processo de organização do trabalho pedagógico na escola, visando contribuir para uma educação contextualizada as realidades de suas populações. As inscrições e a entrega de documentos serão realizadas no 'Núcleo de Conservação e Sustentabilidade Padre João Derick', localizado na Comunidade Bauana, no Município de Carauari. Os editais podem ser conferidos pelo portal da UEA na aba Seleções e Concursos/ Graduação/Inscrições Abertas.
    Morador de rua é morto com tiro na cabeça no bairro São José, na Zona Leste de Manaus

    Morador de rua é morto com tiro na cabeça no bairro São José, na Zona Leste de Manaus


    Crime ocorreu por volta das 20h desta quarta-feira (24). Suspeitos fugiram em uma moto. Homem caminhava pela rua quando foi abordado por suspeitos armados no bairro São José, Zona Leste de Manaus Ive Rylo/ G1 AM Um morador de rua ainda não...


    Crime ocorreu por volta das 20h desta quarta-feira (24). Suspeitos fugiram em uma moto. Homem caminhava pela rua quando foi abordado por suspeitos armados no bairro São José, Zona Leste de Manaus Ive Rylo/ G1 AM Um morador de rua ainda não identificado foi atingido na noite desta quarta-feira (24) por dois disparos de arma de fogo na cabeça. O crime ocorreu no bairro São José, na Zona Leste de Manaus. Apesar da gravidade, a vítima ainda foi socorrida, mas morreu em um hospital da capital amazonense. De acordo com informações repassadas por testemunhas, o homem caminhava próximo à esquina da rua 1 com a rua Carauari quando foi abordado por dois suspeitos em uma motocicleta. O atirador, que estava sentado no carona, efetuou diversos disparos contra a vítima. Dois projéteis atingiram a cabeça do pedestre. Moradores acionaram o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), que realizou os primeiros socorros e encaminhou a vítima para o Pronto Socorro João Lúcio na Zona Leste de Manaus. A vítima foi submetida a uma cirurgia dentro da unidade, mas não resistiu aos ferimentos.
    PF deflagra operação em 8 estados e DF contra desmatamento ilegal na Amazônia

    PF deflagra operação em 8 estados e DF contra desmatamento ilegal na Amazônia


    AM teve 19 pessoas presas; ex-superintendente do Ibama está em grupo. PF e MP faz operação contra a venda ilegal de madeira na floresta amazônica A Polícia Federal, com apoio do Ministério Público Federal, deflagra na manhã desta quinta-feira...


    AM teve 19 pessoas presas; ex-superintendente do Ibama está em grupo. PF e MP faz operação contra a venda ilegal de madeira na floresta amazônica A Polícia Federal, com apoio do Ministério Público Federal, deflagra na manhã desta quinta-feira (25) a operação Arquimedes com objetivo de desarticular esquema de corrupção responsável por extração ilegal de madeira na floresta amazônica. Um ex-superintendente do Ibama foi preso durante a ação. Outras 18 pessoas foram presas no Estado. Equipes da PF ainda estão nas ruas de outros sete Estados, além do Distrito Federal. Foram expedidos 23 mandados de prisão preventiva, seis de prisão temporária, 109 mandados de busca e apreensão cumpridos no Amazonas, Acre, Paraná, Mato Grosso, Minas Gerais, Rondônia, Roraima, São Paulo e Distrito Federal. Além disso, foram autorizados bloqueios de mais de R$ 50 milhões nos CNPJs das empresas investigadas e outras 18 medidas cautelares. Com um servidor do Ipaam, foram encontrados R$ 205 mil em espécie. Em coletiva de imprensa, a PF disse que corrupção ocorria entre servidores e engenheiros e madeireiros tinha o objetivo de obter celeridade dentro do órgão, passar fila, e obter também informações sobre fiscalização nos locais de mata. Alguns pagamentos eram feitos diretamente entre servidores e madeireiros, com transação bancária direto ou quantias em espécie. O ex-superintendente do Ibama José Leland foi um dos presos na operação. Segundo informações da Rede Amazônica, ele era alvo de um mandado de busca e apreensão e acabou preso em flagrante por ter uma arma de fogo sem autorização. Movimentação na sede da Polícia Federal, em Manaus, na manhã desta quinta-feira (25) Leandro Guedes/Rede Amazônica A operação investiga a corrupção entre servidores de um órgão ambiental estadual, engenheiros florestais, detentores de planos de manejo e proprietários de empresas madeireiras. A PF atua em duas principais frentes de investigação criminal por meio de dois inquéritos policiais: a primeira, sobre a extração, exploração e comércio ilegais de madeira, e a segunda, sobre a corrupção entre servidores de órgão ambiental estadual, engenheiros ambientais, detentores de planos de manejo e proprietários de empresas madeireiras. A operação já apreendeu em dezembro de 2017 mais de 400 contêineres no porto em Manaus, contendo aproximadamente 8.000 m³ de madeira em tora com documentação irregular. Os investigados responderão, dentro das suas condutas, pelos crimes de falsidade ideológica no sistema DOF, falsidade documental nos processos de concessão e fiscalização de PMFS (Plano de Manejo Florestal Sustentável), extração e comércio ilegal de madeira, lavagem de bens, direitos e valores, corrupção ativa e passiva e de constituição de organização criminosa. (*colaboraram Luciano Abreu, Cesar Nunes e Alexandre Hisayasu, da Rede Amazônica)
    Codajás, no AM, recebe 32ª Festa do Açaí a partir desta quinta (25)

    Codajás, no AM, recebe 32ª Festa do Açaí a partir desta quinta (25)


    Evento será marcado por atividades culturais, concurso de beleza e shows Wanderley Andrade Divulgação O município de Codajás, localizado a 363 Km de Manaus, recebe a partir desta quinta-feira (25) a 32ª edição da Festa do Açaí. O evento...


    Evento será marcado por atividades culturais, concurso de beleza e shows Wanderley Andrade Divulgação O município de Codajás, localizado a 363 Km de Manaus, recebe a partir desta quinta-feira (25) a 32ª edição da Festa do Açaí. O evento será marcado por atividades culturais, concurso de beleza e shows. A festa segue até o sábado (27). Os shows ocorrerão durante a noite. No segundo dia, a programação tem apresentações de Wanderley Andrade e a dupla João Victor e Rodrigo. Já a apresentação do cantor sertanejo Zé Felipe promete animar a noite de encerramento. Além de shows, haverá a escolha da Rainha do Açaí. Neste ano, a vencedora - além de ganhar a tradicional moto - conquistará uma bolsa de estudos para um curso superior.
    Dupla é morta a tiros após tentativa de assalto a churrascaria em Manaus, diz PM

    Dupla é morta a tiros após tentativa de assalto a churrascaria em Manaus, diz PM


    Crime ocorreu na noite desta quarta-feira (24). Crime ocorreu na Rua 1º de Abril, por volta das 21h Ive Rylo/G1 AM Um segurança de 21 anos e um mototaxista ainda não identificado foram assassinados na noite desta quarta-feira (24) no bairro...


    Crime ocorreu na noite desta quarta-feira (24). Crime ocorreu na Rua 1º de Abril, por volta das 21h Ive Rylo/G1 AM Um segurança de 21 anos e um mototaxista ainda não identificado foram assassinados na noite desta quarta-feira (24) no bairro Betânia, na Zona Sul de Manaus. Segundo a Polícia Militar, testemunhas contaram que a dupla teria tentado assaltar uma churrascaria quando foi detida por um cliente do estabelecimento. De acordo com informações repassadas pela PM, as vítimas teriam invadido uma churrascaria na Rua 1º de Abril, por volta das 21h, para realizar um assalto. Eles pediram para os clientes levantarem a camisa para identificarem se havia alguém armado. Segundo testemunhas, um dos clientes estava armado e efetuou diversos disparos contra os assaltantes. Após atirar contra a dupla, o homem fugiu em uma motocicleta. A dupla tentou fugir, correndo para a rua, mas um foi atingido por quatro disparos e outro com três. Eles não resistiram aos ferimentos e morreram no local. De acordo com informações repassadas por conhecidos, os homens eram vizinhos e moravam na Colônia Antônio Aleixo. Os corpos foram enviados para o Instituto Médico Legal (IML) na Zona Norte de Manaus. O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

    Sobe para 1.203 número de casos de síndrome respiratória aguda grave no AM


    Dado foi divulgado na 25ª edição do Boletim Epidemiológico da FVS-AM. A 25ª edição do Boletim Epidemiológico da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), divulgada nesta quarta-feira (24), afirma que subiu para para 1.203 número de casos da...

    Dado foi divulgado na 25ª edição do Boletim Epidemiológico da FVS-AM. A 25ª edição do Boletim Epidemiológico da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), divulgada nesta quarta-feira (24), afirma que subiu para para 1.203 número de casos da síndrome. A informação foi confirmada pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM). Segundo o documento, não houve alteração no número de casos de gripe pelo vírus Influenza A (H1N1). Continuam os 120 casos positivos do boletim de segunda-feira (22). Também não houve alteração no número de óbitos por Influenza A. Dos 120 casos confirmados de H1N1 até o momento, 34 evoluíram para óbito, 26 na capital e três casos em Manacapuru, além de Parintins, Itacoatiara, Japurá, Urucurituba e Maués, com um caso cada. O Boletim dessa quarta-feira trouxe 257 casos para Vírus Sincicial Respiratório (SRV). Já o número de óbitos permanece o mesmo da semana passada – 26, sendo 24 em Manaus e dois no interior - um em Borba e outro em Manacapuru. Outros tipos de vírus causaram cinco mortes no Estado por SRAG. Segundo a atualização do boletim, dos 63 pacientes com SRAG que evoluíram para óbitos, entre fevereiro a abril de 2019, 57 deles faziam parte de grupo de risco mais suscetíveis, o que corresponde a 90%, com destaque para crianças menores de 5 anos, idosos, pessoas com diabetes, pneumopatas, pessoas com obesidade e neuropatas.
    Mototaxista é morto a tiros na Zona Norte de Manaus

    Mototaxista é morto a tiros na Zona Norte de Manaus


    Vítima foi alvejada com cinco disparos. Suspeitos fugiram sem serem identificados. Crime ocorreu às 20h50 nesta quarta-feira (24) Ive Rylo/G1 AM Um mototaxista de 31 anos foi executado na noite desta quarta-feira (24) no ponto onde aguardava...


    Vítima foi alvejada com cinco disparos. Suspeitos fugiram sem serem identificados. Crime ocorreu às 20h50 nesta quarta-feira (24) Ive Rylo/G1 AM Um mototaxista de 31 anos foi executado na noite desta quarta-feira (24) no ponto onde aguardava clientes no bairro Cidade Nova, na Zona Norte de Manaus. O crime ocorreu por volta das 20h50, no canteiro central, em frente à rotatória na Avenida Noel Nutles. De acordo com informações repassadas pela polícia, a vítima foi surpreendida por três homens em um veículo preto de placa não identificada. "O cidadão estava trabalhando no ponto e um veículo parou ao lado dele. Um homem desceu do carro e efetuou diversos disparos", disse o tenente Luciano Marques, da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). Após atirar, os suspeitos fugiram. A vítima foi atingida por cerca de cinco disparos em todo o corpo. Segundo informações preliminares levantadas pela polícia, o homem vinha sendo ameaçado. Um veículo modelo Gol de cor branca - que estava estacionado em frente a uma drogaria - foi atingido do outro lado da avenida. Profundamente emocionados, familiares acompanharam a remoção do cadáver e não quiseram falar com a imprensa. Investigadores da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) estiveram no local e iniciaram a colheita de informações. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) na Zona Norte de Manaus.